terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

SUPERMERCADO "CARREFOUR",FILIAL DE GOIÂNIA GO,DIFICULTA ENTRADA DE CADEIRANTES.



Há quatro anos atrás me mudei para um outro setor de Goiânia. E desde esta mesma época, por causa de um problema de saúde,dependo de uma cadeira de rodas para me locomover. E como tem uma filial deste grande Supermercado Carrefour próximo de onde moro,invariavelmente vou ao mesmo,tanto para fazer algumas compras,como para utilizar os caixas eletrônicos que lá existem. E também para pagar contas na Casa Lotérica, que funciona dentro do mesmo prédio do Carrefour. 
Eu e minha família temos até um “Cartão Carrefour” deste Supermercado, onde sempre fazemos nossas compras mensais. Ou seja, somos eu e minha família, fregueses assíduos do mesmo. Vou lá duas a três vezes por semana,no mínimo.
Muitas das vezes eu vou sozinho mesmo, me locomovendo em minha cadeira de rodas. E antes eu adentrava ao Supermercado por uma entrada específica ,que era destinada às pessoas em cadeiras de rodas, como eu.E também para que por ali pudessem entrar outros cadeirantes e algumas senhoras com carrinhos com crianças. E também para algumas pessoas passarem com carrinhos de compras ,para poder colocar estas compras nos seus carros,que estavam estacionados ao lado do Supermercado.
Esta entrada fica do lado direito,levando em conta que a frente do Carrefour é a Avenida T-9.Ela fica junto às grades que circundam este comércio,na Avenida Flemington. Avenida esta que em outros locais,seu prolongamento é denominado de Av. C-8. 
O Supermercado é conhecido como o "Carrefour Sudoeste",mas em documentos emitidos no mesmo consta como  situado na Vila Bela. São setores anexos,bem perto da Vila União, em Goiânia, GO. Esta entrada de acesso ao Supermercado fica bem ao lado da entrada de pedestres e da saída dos carros. Existe ainda o portão,mas este atualmente se encontra sempre fechado. E antes,nos meses de novembro de 2015 a janeiro de 2016,estava fechado até mesmo com corrente e cadeado.
Desde o começo do mês de novembro de 2015, o tal portão por onde eu e outras pessoas passavam, estragou e o Carrefour não arrumou. Passou a ficar sempre fechado.Isto fez com que as pessoas com deficiência,os idosos e demais cadeirantes não mais pudessem entrar por esta entrada.
Reclamei verbalmente com alguns funcionários,por duas vezes,mas estes ignoraram minhas reclamações.
Em meados de novembro de 2015 fiz uma reclamação diretamente ao Ministério Público de Goiás,cujo protocolo é de nº M.P. 2015 0045 1564 - através do Assessor da Dra. Promotora,da 39ª Promotoria, que trata dos Direitos dos Cidadãos. Fiz a reclamação por telefone,me identifiquei e inicialmente fui bem atendido. Segundo o assessor da Promotora, o MP enviou notificação ao Carrefour em 03 de dezembro de 2015, e deu prazo de 20 dias  para eles solucionarem o problema ou respondessem a esta notificação sobre os motivos de estar o portão fechado. Como este prazo venceu em 23 de dezembro, véspera de Natal ,nada foi feito.
Então entrei em contato de novo com o Ministério Público, no começo deste ano de 2016, e me disseram que o Carrefour respondeu à notificação. E me disseram ainda que o MP tinha requerido ao CREA que um fiscal fosse até o local fazer uma vistoria, para saber se havia local próprio para essa acessibilidade. E de novo informei ao MP que o lugar já existia ,faltava apenas abrir o portão ou trocar o motor do portãozinho que lá existe.  
Contudo,este local,por onde eu deveria passar,e também outros cadeirantes,continuava fechado até finais de janeiro deste ano de 2016. Inclusive com uma corrente e com cadeado. 
E esperei mais tempo,para ver se eles solucionavam o problema. 
Agora, logo após o carnaval,exatamente no dia 10/02/2016,pude ver que trocaram o motor e tiraram a corrente do portão,mas o mesmo continua estragado, Não abre. Ou seja, não funciona. E isto impede a minha entrada como cadeirante que sou e de outros como eu. Assim como impede a entrada de senhoras com crianças em carrinhos de bebê. 
Na verdade eles não cumpriram até hoje (19/02/2016) a determinação do Ministério Público e continuam impedindo a entrada de cadeirantes e de outras pessoas, pelo local que deveria estar aberto, ou com o portão eletrônico funcionado. Com tal atitude o Carrefour está claramente infringindo o disposto no Artigo 3º Incisos I e IV da Lei 13.146 de 2015 .
Eles não respeitam as pessoas,não respeitam nem os clientes,como eu. E nem respeitaram à determinação do Ministério Público de Goiás,pelo menos até agora...
Eu e outros cadeirantes nos sentimos humilhados ao ter de passar por lá,tendo de se levantar,(quem pode ),pôr as compras no chão ,ou depender da ajuda de outras pessoas para poder sair por uma entrada bem estreita destinada a pedestres, e por onde não cabe a cadeira de rodas,nem carrinhos com crianças, e nem passa pessoas gordas(obesas). 
Certa vez me disseram que eles fecharam este portão de acesso a cadeirantes porque algumas pessoas estavam saindo por ali e roubando os carrinhos vazios que são do Supermercado. Este argumento não se sustenta,pois eles podem muito bem pôr fiscais ou vigias. E há outras entradas e saídas ,e não só aquela,para pessoas normais,que podem andar,ou que estão de carro ,etc...
Afinal de contas esta Empresa "Carrefour",de origem francesa, ganha muito dinheiro.
Resolvi postar esta minha Opinião-Denúncia aqui para que todos saibam como agem estas Empresas Grandes que não respeitam as pessoas,mesmo as que são seus clientes como eu e minha família. 
E nem respeitam as leis brasileiras ,pois até o presente momento, mesmo com a interferência do MP, nada fizeram para abrir o local de acesso aos cadeirantes.
Espero que eles vejam este meu texto, e possam tomar as providências para abrir o acesso a cadeirantes  que fica no Carrefour da T-9, Setor Sudoeste.
Enquanto isto vou continuar tentando e à espera de que o Ministério Público de Goiás faça valer a sua força, obrigando o Carrefour a cumprir a nova Lei de Inclusão,de nº 13.146 de 06 de julho de 2015,que entrou em vigência exatamente no dia 06 de fevereiro deste ano de 2016. (Lei de Inclusão, Acessibilidade,etc.).
Minha próxima ação é levar este caso para a Justiça e para a Televisão.
Vou continuar lutando por este direito,que é meu, e de outras pessoas.Pois, como diz  Rudolf Von Ihering  em sua obra "A Luta pelo Direito" : "Quem não luta pelos seus direitos,não é digno deles" .

OBSERVAÇÃO :
Depois de muitas ligações que fiz e da notificação do Ministério Público, este Supermercado arrumou o portão.Porém nunca tem ninguém para abri-lo eletronicamente,dentro do Supermercado. Continuam dificultando a entrada e saída de cadeirantes,de mulheres com crianças em carrinhos,etc.
Estes dez primeiros dias úteis de julho de 2016,continuei passando por humilhações,ao entrar e sair do supermercado,pois não abrem o portão eletrõnico que citei nesta crônica-verdade. 
É um verdadeiro desrespeito para com o ser humano,sejam adultos como eu,ou para com as crianças nos carrinhos de bebês.
Contudo,o dinheiro dos fregueses que,como eu,compram lá todos os dias. eles não dispensam !

NOTA :
Pensei em não mais postar esta crônica-denúncia no meu Blog,se eles arrumassem a entrada para cadeirantes ,da qual falo aqui neste meu texto. Porém,passados muitos meses,somente umas duas semanas o portão do qual falo "funcionou" . E de novo tudo voltou como era antes. Eles não se importam mesmo com os cadeirantes e com as mulheres com carrinhos de crianças. 
-Querem apenas o dinheiro dos clientes.
Por isso reeditei este texto e vou sempre postá-lo por aqui,até que eles arrumem o tal portão ou liberam de uma vez a passagem para cadeirantes.

E agora,em finais de novembro de 2016 tudo continua como antes.São várias as vezes em que fui lá e não pude passar nesta "passagem",exatamente porque eles não abrem. Mesmo pedindo alguém da gerência para abrir,não abrem.É um total descaso desse povo do Carrefour para com os fregueses deste supermercado,nesta região da cidade de Goiânia,Go,onde moro. 
Até quando ?

P.S. Em fevereiro do ano passado pedi para um Jornal de Goiânia,GO, o "DIÁRIO DA MANHÃ",para publicar este texto,num espaço destinado à "OPINIÂO DE LEITORES ",mas eles se recusaram. E isto se explica: Este é um jornal vendido aos políticos também e que ,decerto,ficou com medo de perder patrocínio ou publicidade deste Supermercado.

E agora, em fevereiro de 2017, posto de novo este mesmo texto-denúncia,porque até hoje o problema continua. Sempre que vou lá nunca abrem o portão na hora que preciso entrar . Inventam histórias ,dizem que não ouviram a campainha, ou que não tem funcionário para tal. E com isso a minha entrada neste estabelecimento comercial,assim como a entrada de outras pessoas,continua prejudicada. É humilhante,principalmente.

Goiânia,GO, - Reedição 28 de fevereiro de 2017 
Antônio Luiz  Gomes ( Escritor- Autor do Livro "As Vítimas da Sociedade" - Editora Clube de Autores -SC/SP -2015)

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

VÍDEO -GOIÁS NO CARNAVAL : Caprichosos de Pilares- Carnaval 2001 - SAMBA -ENREDO : "Goiás: Um Sonho de Amor no Coração do Brasil"...

HISTÓRIA DO CARNAVAL -GOIÁS NO CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO - "GOIÁS ,UM SONHO DE AMOR NO CORAÇÃO DO BRASIL"

Não sei se já escrevi sobre este tema nestes anos que tenho este blog. Acho que não. Mas, posso afirmar com certeza de que não é uma festa que me atraia. Me lembro que fui em festas de carnaval em duas ocasiões, e nas duas teve bagunça,problemas sérios.
 -Não fui mais.
Quando era bem jovem,menino ainda,me lembro do meu pai "brincando" o carnaval,em duas ocasiões,lá no Nordeste.
Nas duas vezes vi ele chegar todo sujo de pó ,em casa.(Era pó, talco,não o que muitos possam pensar).
 Além disso, aqui em Goiânia não há muito clima para carnaval,e quase nem há carnaval de rua, praticamente. 
E a maioria das pessoas saem muito para cidades do interior,numa espécie de fuga e para beber,fazer arruaças,pular. A bebedeira é geral.
-Fazem muitas besteiras,das quais se arrependem depois. 
Há crimes de todos os tipos neste período. Muitos irão morrer em acidentes,de susto,de bala ou de vício.
- O que é uma pena. 
Poderiam tirar este período para descansar,para repensarem a vida. 
-Para uma introspecção.
Meditar, Ler,Fazer Retiros Espirituais,talvez....
 Se fosse para ver, visitar ou apreciar,eu iria ver o Carnaval de Olinda-PE, pelo menos é fiel às tradições e se trata mesmo de uma festa cultural. Não tem tanta bagunça como é no Rio de Janeiro ou na  Bahia. 
-Mas este ano não posso ir...
-Quem sabe no próximo!
De qualquer forma,é um bom período de uns cinco dias seguidos para descansar,fazer outras coisas.
 E é o que faço sempre e o que vou fazer neste Carnaval. 
-Talvez veja alguma coisa na TV, por curiosidade. Mas não os desfiles todos. É tudo muito igual e cansativo. viu,viu todos.
Porém, a título de curiosidade,para os meus amigos e amigas blogueiras,coloco abaixo a Letra do Samba-Enredo da Escola de Samba CAPRICHOSOS DE PILARES, do Rio de Janeiro, que em  2001  ,ou por querer homenagear Goiás,ou porque recebeu dinheiro do Governo para tal, fez esta boa letra que agora transcrevo, tal qual encontrei em um jornal da época :

Samba-Enredo :

"GOIÁS,UM SONHO DE AMOR NO CORAÇÃO DO BRASIL "
Autoria de : Jorge 101, Gule e Lequinho. Interpretada, na época, por Jackson Martins.

" No carnaval,
O cupido me flechou
Fui procurar a Bela que me conquistou
A esmeralda do teu olhar reluziu
Brilha meu conto de fadas,
No coração do Brasil.
Diabo Velho se lançou em busca do ouro,
Os Carajás não revelaram o tesouro:
Ametista,Turmalina...
A ,mão divina concebeu as riquezas naturais:
Cenário de beleza é o Araguaia,
Onde a natureza ensaia encontros de amor e paz.
Doce é repousar em Caldas Novas,
Onde a vida se renova em suas fontes termais.
Esse amor é o meu destino,
Salve a festa do Divino...
Na Cavalhada a luta do Bem contra o Mal,
Apaixonado eu brinquei seu Carnaval.

Goiás,
Dos grãos e das flores,
Poemas e Amores,
Sertaneja canção.
Paixão,seu paladar sedutor,
Me fez sonhar e acreditar que existe amor.
A Profecia amanheceu no paraíso...
Eu já tenho os 4 elementos que preciso...

( REFRÃO) 
Procurei, encontrei minha Morena
Caprichei,agora eu sei,valeu a pena,
Te quero muito amor,somos iguais,
Sou Caprichosos,sou amor e sou Goiás "
....................................................................

NOTA: Como este samba é bom e a letra bem rimada,por quê não repetir este samba-enredo nos próximos carnavais,como algumas escolas de samba já fizeram. Seria bom o Governo de Goiás,através de sua Secretaria de Turismo pensar nisso. Quem sabe,se uma parceria entre esta Secretaria e uma Escola de Samba do Rio pudesse repetir este samba enredo na Avenida Marquês de Sapucaí ?
P.S. -Segundo eu soube depois, o puxador do Samba, de nome Jacksom Martins,que aparece no vídeo,morreu,assassinado ,num suposto roubo de carro,no Rio  de  Janeiro ,infelizmente.
.................................................
VEJA E OUÇA O VÍDEO ACIMA COM A Música/Samba Enredo.

Texto Original :A.G.
Reedição 23 de fevereiro de 2017

domingo, 19 de fevereiro de 2017

A História do Livro Perdido de Nostradamus Dublado

COMENTÁRIOS SOBRE AS CENTÚRIAS DE MIGUEL DE NOSTRADAMUS !

Miquel, Michel ou Miguel de Nostradamus nasceu na França, na época,um lugarejo chamado Saint-Remy-de Provence. Isto ocorreu em 14 de dezembro de 1503.  
Há divergências entre alguns historiadores sobre o dia e o mês de seu nascimento,mas o ano é sempre o mesmo.
Segundo consta da sua biografia em algumas das mais famosas enciclopédias do mundo, ele era um Médico que praticava a "Alquimia". Aliás como era comum entre os médicos, no século XVI  de nossa era Cristã.
Mas ele ficou famoso mesmo pela sua capacidade de "VIDÊNCIA". Começou com a Astrologia e depois foi evoluindo e chegou às profecias. Ou seja,de tanto prever e escrever suas previsões,chegou ao livro famoso.
Deixou uma vasta obra escrita que alguns chamam de "As Profecias",e que é mais conhecida por nós como as "CENTÚRIAS" de Nostradamus,pois é composta de textos distribuídos em versos agrupados em quatros linhas (quadras),organizados em blocos de cem (100). 
Dai porque são chamadas de Centúrias.
Durante muito tempo foi cultuado com vidente ,por prever fatos que realmente aconteceram ao logo dos últimos 5 séculos. Ou seja,seus versos em quadras distribuídos nas Centúrias continham previsões para o futuro.
Como muitas destas previsões aconteceram e ainda estão acontecendo,ele é cultuado em vários países como um dos videntes mais acreditados.
Os Livros contendo as "Centúrias de Nostradamus" estão entre os mais vendidos do mundo.
Ele tinha inúmeros problemas pessoais,familiares e de saúde e sofria de algumas doenças como gota ,epilepsia psíquica e insuficiência cardíaca.
Miguel de Nostradamus morreu em 02 de julho de 1566, em Salon-de-Provence,França,com 63 anos de idade, por causa de um edema cardio-pulmonar.
Muitos filmes e livros mostrando sua vida e sua obra são encontrados à venda até hoje, em todo o mundo.
Há escritores que se especializaram em interpretar sua obra. Ou seja, dar  explicações mais fáceis para as suas Profecias ou suas "Centúrias".
....................................................................................
P.S.  Veja acima o Vídeo sobre a vida e obra de Nostradamus,que publicamos neste Blog (A História do Livro Perdido de Nostradamus-Canal History) .

Texto pesquisado e compilado por Antônio Gomes.
Goiânia,GO - Reedição :  19 de fevereiro de 2017.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

4 X 3 É IGUAL A 12 . E 3 X 4, É IGUAL A 11 ?

Quando eu estudava ainda no Ensino Fundamental (que na época era 5ª série do antigo Curso Ginasial) ,numa Escola denominada Escola Técnica de Comércio,em Goiânia,GO,eu tive uma turma de colegas interessantes,entre meninos e meninas.
Éramos todos adolescentes entre 11 e 14 anos de idade,(muitos de nós crianças ainda) e eu,por ter me atrasado nos estudos devido às mudanças de cidades que fiz junto com minha família,mesmo já estando prestes a completar 14 anos,eu ainda estava nesta tal 5 ª série do Ensino dito hoje fundamental. 
A maioria de meus colegas,meninos e meninas,eram mais novos que eu.
Neste determinado ano em que cursei a 5ª série do chamado 1º grau,(hoje dizem 1ª fase do ensino fundamental)foi o único ano de minha vida que eu estudei em escola particular paga. Meu pai,meio a contra-gosto,pagava as mensalidades,mas sempre me dizia que eu deveria ir para a Escola Pública. 
Nesse tempo,muitos queriam fazer o tal Exame de Admissão para um bom Colégio Estadual que tinha em Goiânia,GO,onde eu morava na época. E ele,o meu pai,me incentivava a entrar nesse Colégio,considerado "top" entre os professores e estudantes da época. 
Eram três as escolas da moda na época em Goiânia :  O Liceu de Goiânia; A Escola Técnica Federal e o Colégio Pedro Gomes,no bairro de Campinas,mais perto de onde eu morava com minha família, e onde eu viria a estudar depois.
Meu pai,mesmo sendo comerciante,não gostava de pagar mensalidade escolar para mim. Ele não deixou minhas irmãs  estudarem (uma mais velha e outra mais nova que eu). 
Ele dizia que moças eram para casar e na Escola iriam só namorar !
Mas,nesta deteminada Escola onde estudei, a Escola Técnica de Comércio de Campinas,Goiânia,GO, eu tinha umas colegas bem bonitas e interessantes. E uns colegas meninos, custosos. Me lembro da Águida,da Cristina(lourinha),da Ana, da Marlene,  da Antônia e da Cecília Chaves(que era uma moreninha bonita de uns 12 anos que quase foi minha namorada e morava bem perto de minha casa), entre outras.
E também de Colegas meninos, como o Anfilóquio, o Vagner,o Lourival...e de um colega especial,brincalhão, que era o Antônio Alberto Medrado. 
-Este era bem custoso. Magrelo,engraçado ! 
E tinha também um professor engraçado,que dava aulas até cantando, o Prof Arnóbio, que havia sido ex-seminarista e que deixou a batina,se casou e virou professor. Era um de nossos professores nesta Escola tradicional do bairro de Campinas.
Numa certa ocasião em que ele nos ensinava matemática,( naquele tempo tinha ainda as tabuadas e as provas orais) ,este professor,fazendo uma revisão de tudo que tínhamos aprendido até então,fez de supetão, numa aula normal,uma prova oral com todos os alunos.
Neste dia ele pôs os alunos a fazerem contas,equações e demais cálculos no quadro também, ou simplesmente perguntou coisas primárias da matémática, como a multiplicação,a soma, a divisão,etc. 
Era uma revisão geral,para nos ajudar a fazer o tal Exame de Admissão, que iríamos fazer para poder entrar num outro Colégio. Como eu fiz,alías. 
-Fiz e passei !
E numa destas "provas" orais, esse Prof. Arnóbio foi até o meu colega Antonio Alberto Medrado e lhe perguntou :
-"Medrado,quanto é 4 X 3 ? "
Ao que o Medrado respondeu:
-"É claro que é 12 ,professor !"
E em seguida,para testar ainda mais o meu colega de classe,o Prof. Arnóbio perguntou:
-" E 3 X 4 " ,quanto é ?"
Então,para espanto de todos na sala,o Medrado disse,em alto e bom som, que "3 X 4 era igual a 11,pois o primeiro número é menor em uma unidade e por isso o resultado da multiplicação diminuía também em uma unidade". 
-Ou seja, para o meu colega de classe,o Medrado, 4 X 3 era = 12. porém, 3X 4 era = 11 .
Todos riram.Uns fizeram o tal "bulling" com ele,chamando-o de burro,etc. Nada agressivo demais. 
E o professor Arnóbio,baiano,baixinho e engraçado,que até cantava na sala de aula para nos facilitar o entendimento da matemática,ficou louco. Gritou,berrou : 
-" Não é possível uma coisa destas Medrado ?" 
-Ele falou para todos ouvirem.
E concluiu:
 -"Será que eu ensinei errado ?"
Logo ele, que era um bom professor e achava que tinha passado bem os ensinamentos para todos nós ?
Passado esse momento de espanto e nervosismo e questionando por mais de uma vez se o aluno Medrado estava certo de suas respostas, o Prof.Arnóbio passou uma espécie de "castigo" para esse meu colega: Ele teria de escrever 2 mil vezes aquela operação matémática. Só que tinha de fazer com o resultado certo.
Ou seja,o Medrado teria de escrever,em folhas de papéis pautados ,as duas operações : 3 X 4 = a 12  E que 3 X 4 = a 12. Também. 
Pois, afinal de contas isso é o certo. Esse é o resultado certo !
E o Medrado,para não ser reprovado fez o castigo,ou seja, a "tarefa" determinada pelo Prof. Arnóbio. 
No dia em que o Medrado entregou o "trabalho" ,com tais operações matemáticas feitas à mão , e estando o Prof. Arnóbio com estas folhas  em  mãos, disse :
-"Então Medrado, agora você aprendeu  que tanto 4 X 3 ,quanto 3 X 4 , é igual a 12,não é mesmo  ?"
E o Medrado,lá do fundão da sala ainda arriscou dizer :
"O Sr que está dizendo Prof. ,mas eu tenho minhas dúvidas !"
Todos riram na sala de aula e o Prof Arnóbio, que era muito legal,foi ao encontro do Medrado com a mão levantada,como quem dizia:"Eu te mato, menino ! "
Apesar de fazer mais de 40 anos deste acontecido,eu me lembrei dessa história real hoje,pois vi falar nesta Escola onde estudei,pois lá vai haver votação nas eleições de outubro deste ano de 2016.
E,antes que me esqueça, o Antonio Medrado,depois de  uns seis ou sete anos,veio a ser meu colega no Exército,só que ele era de uma outra "Cia".  E depois, eu soube que ele entrou na Polícia Civil.
Já o Prof Arnóbio de França Campos,por uma destas coincidências da vida,uns 12 anos depois,veio a ser meu colega do Curso de Direito,na faculdade, e se lembrou de mim como seu aluno do 1º Grau e dessa história aqui contada. 
-Ficamos amigos.E, até hoje em dia, o vejo pelas ruas de Goiânia. É advogado militante no Fórum ...

Conto Original de Antônio Gomes.
(Será parte integrante de meu livro "Os Retratos da Vida II" a ser publicado em 2017).

Reedição :16 de fevereiro de 2017.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

ALGUÉM QUE ME AME DE VERDADE- (Uma história de amor e amizade)-Legendado em Português.

JOSÉ LUIZ DATENA: É O "JURISCONSULTO" E "JURISPERITO" DA TV BRASILEIRA ?

Na minha opinião, a TV brasileira tem alguns apresentadores insuportáveis. 
-Mas, são três os piores deles. 
Em primeiro lugar está a "Dona" Ana Maria Braga, no seu programa de manhã na Globo, (  o  tal de "Mais Você"), onde ela conversa com tal de "Louro José". Eu nunca vi um programa dela todo. Primeiro porque não tenho tempo. Segundo porque não gosto de sofrer tanto assim na frente da televisão. 
-Ver ela conversando com aquele "papagaio" empalhado é de matar.
Contudo,como muitas vezes vejo o telejornal da Globo,o BOM DIA BRASIL,e como assim que ele termina, ela entra no ar, sei muito bem quem é ela e como desenvolve esse seu programa "sofrível".
Já ouvi até piada nos meios policiais de que um Delegado exigiu de um presidiário,enquanto ele esteve no Distrito, no sentido de obrigar ele a assistir o programa da Ana Maria Braga todo. O réu preferiu trabalhos mais pesados, tal como limpar o pátio da Delegacia,por exemplo.
Em segundo lugar, como o apresentador de TV mais chato e insuportável do Brasil, temos o MARCELO RESENDE, da  TV Record, a  Emissora do "Bispo" Salomão da IURD(A Universal)...
(Deus que me perdoe). 
Esse Marcelo Resende é de doer, contando as histórias policiais de uma maneira que, se o sujeito não tiver um saco bem grande, não aguenta. Eu não vejo .
Às vezes ligo lá porque quero saber as notícias policiais, à tarde... 
Porém, não aguento, e logo mudo de canal.
E se estou em casa e quero ver outras notícias policiais,ligo na BAND. E então me deparo com o JOSÉ LUIS DATENA (que não sei ao certo se o Luis dele é com "S" ou com "Z"). Ai é duro ver a arrogância dele, ao criticar de forma deselegante sua equipe,exigir do diretor de TV toda hora e repetir as  palavras, quando não está gaguejando. 
-Mas,esta não é a pior parte dele.
O pior de tudo é ele se arvorar como um "conhecedor" exímio do Direito, principalmente o Penal e o Processo Penal,e questionar Delegados, Promotores e Juízes,quando os entrevista. E faz isto com mais algumas pessoas,como se ele fosse detentor de todo o saber jurídico. Quando ,na verdade, não  é.
Pelo que sei, ele nunca esteve numa faculdade, nem de Direito nem de Jornalismo..
- Pelo menos eu nunca soube disso.  
Sei que ele foi repórter esportivo há muito tempo atrás,lá em São Paulo...
Ele é da "turma" do Jorge Kajuru, do Faustão, etc. Estes caras que se sobressaíram na televisão por falarem muitas asneiras. 
-E dizerem que são corajosos !
O certo é que,quando ele está entrevistando alguém,principalmente Delegados e Delegadas de Polícia, ele coloca todo o seu "linguajar camoniônico" para fora e quer demonstrar conhecimentos do Direito Penal,e do Processo Penal até mais dos que os profissionais da área do Direito ,como são os Promotores de Justiça,os Juízes e os Delegados. 
Ele questiona algumas decisões judiciais de várias Instâncias,comenta os assuntos políticos,mas fala muita bobagem. 
Estes dias atrás ele entrou no campo da medicina legal,analisando um caso, e falou besteiras demais. Quando ele fala de perícia médica ou de atendimento médico então,Deus me livre.
Um dia destes o Samu de São Paulo estava atendendo um cidadão que foi esfaqueado na rua.  A turma do SAMU estava "empacotando" o cara   para o IML vir pegar (pois o sujeito já estava morto) e ele falava que estavam salvando a vida do cara. Como as imagens e a reportagem eram "ao vivo", ele "pagou o mico " ao vivo também. 
E muitas vezes ele fala que a vítima  tal morreu,quando na verdade a vítima está viva,e ainda aparece no mesmo dia no programa, e logo dá até entrevista, após a fala dele. 
A impressão que me dá é de que ele chega na Emissora para apresentar o programa sem nenhum conhecimento das matérias que irão para o ar...  
-E eu pergunto: 
-Por quê não colocar uma pessoa da área do Direito para comentar,por exemplo: Um advogado Criminalista. 
-E também por quê não colocarem  um Perito,( um médico-legista ou perito criminal aposentado),para assessorar ele. Para lhe dar uma assessoria técnica. -Pelo menos na hora do programa.
É difícil aguentar ele falando tantas bobagens durante mais de duas horas. 
Chamei ele de "Jurisconsulto" e "Jurisperito", pois estas eram as denominações de alguns especialistas, (palavras oriundas do Direito Romano) ,dada a notáveis conhecedores do Direito ou da Medicina Legal e da  Psiquiatria Forense,etc. 
-Obviamente que o fiz num sentido de deboche,pois o Datena está longe,muito longe de ser um destes.
Confesso que a equipe de reportagem da BAND é muito boa. Tem boas, competentes e até bonitas jornalistas,que fazem muito bem o trabalho delas. E assim o são também os jornalistas e repórteres homens da Band.
-Mas,convenhamos, ouvir o José Luis Datena é "dose para leão".
Eu, que sou um simples advogado, escritor e blogueiro nas horas vagas ,e que me formei em Direito em 1980 e de lá para cá, atuei como advogado militante por mais de trinta anos,nunca vi tanta bobagem ser dita na televisão quando se trata de assuntos Penais e de Criminologia ,como ele fala. 
Infelizmente deixo de assistir o programa exatamente por causa do apresentador. 
-Sem falar que é difícil de aguentar ver ele  naquela posse de chefe mafioso, devidamente engravatado e com seus ternos pretos,  limpando o nariz de cinco em cinco minutos .
-Acho que é tique ou mania mesmo.
Quando é o Joel (filho dele) ou outro apresentador  da BAND ,mais "light" ,dá para ver o programa Brasil Urgente. 
-Com ele é difícil.
É a minha opinião.
..............................

A.L.G. 
Reedição : 10 de fevereiro de 2017.

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

"A Vida Tem Dessas Coisas" (Versão de 2.009)- RITCHIE -(Gravação de Estúdio).

A FARSA

Esta história inusitada aconteceu no interior do Estado da Bahia, Brasil. 
-O nome da Cidade ? Pindobaçu,a quase 400 quilômetros de Salvador.
O fato se deu em  24 de junho de 2011,mas ficou conhecido em todo o Brasil,mesmo depois disso, por causa das peculiaridades do "crime".
Saiu em sites da internet e em Jornais de todo o Brasil e até de fora de nosso País.
Aqui os personagens principais são :
O Carlos Roberto (um ex-presidiário).
A Lupita (cujo nome verdadeiros é Erenildes). 
E ainda a Maria Nilza. 
Além do "Dom Juan" baiano de nome Edson. 
Que não apareceu muito na história. Ficou queto, como se fosse um"mineirinho come quieto" ,embora também fosse baiano... 
-Este Edson, claro, era disputado pela Maria Nilza,mas morava ou namorava com a Lupita. Hoje se confunde muito a figura do amante com a de namorado!  Ou com outras uniões estáveis e não-estáveis, fora do casamento !
E,claro, este triangulo amoroso interiorano ,agora já com quatro pessoas, estava fadado a não dar certo. 
No nosso caso,a primeira personagem era a  Maria Nilza. Esta tinha um caso com um trabalhador rural esperto,o Edson ,bem mais jovem do que ela. Este,por sua vez,ao mesmo tempo namorava ou morava com uma outra mulher, de nome Eronildes,mas que tinha o apelido de Lupita. 
E não me perguntem porquê ela tinha esse nome...
Então,se sentindo traída, a Maria Nilza contrata o ex-presidiário, de nome Carlos Roberto,(e que estava há poucos dias na cidade),para dar fim à "Lupita". 
Ou seja,em palavras mais simples e compreensivas: matar a sua concorrente. 
-Pois,assim, ela teria o Edson só para ela. 
E para isso marcou um encontro com o  Carlos Roberto ("matador") perto do banco onde ela retirou de sua conta, R$ 1000,00 (Mil Reais) para que ele fizesse o "serviço". 
Em outras palavras; contratou o Carlos Roberto por R$ 1.000,00 para que esse matasse a Lupita. 
E ele se vangloriou:
-"Pode deixar  D.Maria.... Matar é comigo mesmo" ! 
-Acho que já tinha feito isto antes,com outras pessoas,claro.
E assim a Maria Nilza foi até perto da casa da Lupita e a mostrou para o "matador",para que ele soubesse quem era a pessoa que ele deveria matar.
E foi para casa,para ficar à espera do acontecimento.
Só que teve um problema: 
-Assim que se aproximou da Lupita, o "matador" a reconheceu. Ele iria matá-la com uma faca, pois, recém saído do presídio da Capital,não tinha nem uma arma de fogo com ele. 
Mas ao reconhecer Lupita, ele certificou-se que eram amigos desde infância,pois ele era oriundo dessa região. 
E assim que conversou melhor com essa mulher, que era mais nova do que a Maria Nilza,começou a "se interessar" por ela e contou-lhe que  iria receber R$ 1000,00 para matá-la. 
E que eles iriam forjar o crime e ele daria a metade do valor a receber ( ou seja ,R$ 500,00) para ela,com o que ela concordou.
-Ele só não contou para a Lupita que já tinha recebido este valor...
Esta ,que não era mulher de um só homem,contou o fato para o Edson,que era o gostosão rural,que namorava,ou morava com ela, (Lupita)... 
-E nas horas vagas namorava com a Maria Nilza.
E assim, Carlos Roberto, a Lupita  e o Edson, pensaram em enganar a Maria Nilza.
Planejaram um crime forjado. Foram para um determinado lugar no quintal da casa da própria Lupita, que  convidara o amante Edson para participar do engôdo.E este levou uma máquina fotográfica para registrar a morte da amante Lupita. 
Esta ,por sua vez teve o cuidado de comprar um recipiente com catchup (molho de tomate) para poder dar mais realismo ao fato. 
E assim,forjaram a cena do "crime": Ela deitada no chão,suja de catchup e com a faca enfiada perto do coração (na verdade entre o peito e o braço esquerdo dela). 
E o Edson tirou as fotos ,para  que o "matador" pudesse demonstrar para a Maria Nilza "que realmente tinha feito o serviço". 
Esta, vendo as fotos da Lupita ensanguentada,com uma faca no peito, ficou contente.E agora esperava que o Edson ,o gostosão trabalhador rural,voltasse e ficasse só com ela. 
Embora este soubesse do plano macabro e tivesse participado do mesmo. 
-O que ela não sabia.
E ele, ficou quieto, calado e não a procurou mais.
Porém,passados uns dias a Maria Nilza ficou preocupada,pois o Edson não voltava para ela.E ela passou a procurar o cidadão. Foi à festas nas redondezas procurá-lo.  Não achou. Foi então na feira . 
E lá, a Maria encontrou foi o Carlos Roberto (o "matador") nos braços da Lupita, todo animado, agarrado e aos beijos com a Lupita, que para ela deveria  estar morta. 
Assim ela descobriu a farsa.
E este "provável" crime que não aconteceu,virou caso de polícia. Não por que a Lupita tivesse morrido,mas por falsa comunicação de crime,pois a Maria Nilza  havia ido até a delegacia denunciar o Carlos Roberto por roubo. Mas, o que o Delegado entendeu como Extorsão... 
E ela denunciou o "matador" ,querendo os R$ 1,000,00 de volta, sem  contudo ,dizer que tinha sido ela que contratara ele para matar alguém..
E o matador,por sua vez, que dessa vez não tinha matado ninguém,enganou também a Lupita, pois ao invés de lhe dar os R$ 500,00 prometido,mentiu para ela e disse que só tinha recebido a metade dos R$ 1000,00 ( Mil Reais) e assim só poderia dar 240,00 para a Lupita, que aceitou. 
No final das contas, esse seu amigo bandido,além de não tê-la matado,ainda namorou com ela e lhe pagou R$ 240,00,com o dinheiro recebido da Maria Nilza...
E a Lupita ainda pôde continuar namorando também o Edson,que não mais quis saber da Maria Nilza...
E dizem que ela era a melhor amiga da Lupita,antes desse fato !
-Entenderam ?
E a Lupita ainda disse na Polícia que poderia devolver os R$ 240,000 se fosse obrigada a isso.
E o esperto "matador", que pensou ter enganado a Maria Nilza,ficou amigo do Edson e ainda ganhou  os R$760,00 pelo engôdo aprontado,pois não matou ninguém.
O caso foi apurado em Inquérito na Delegacia de Pindobaçu, onde o Delegado falou que o "caso" virou um "causo". Ele ouviu o Carlos Roberto que disse que aceitou o dinheiro pois estava sem trabalho,desempregado.Mas não matara ninguém. Foi liberado inicialmente,porém depois o Delegado decretou a prisão do Carlos Roberto por extorsão,só que ele fugiu da Cidade. 
E a Maria Nilza,que denunciou o matador,queria epenas reaver os R$ 1000,00 que havia pago para ele cometer o crime contra a Lupita. Mas, a bem da verdade, este fato não está previsto no Código Penal e o Delegado da época, Dr. Marcondes Lima, riu da situação. Disse que o fato virou motivo de gozações na região. 
Um grupo de "músicos" da cidade fez até uma Música ,como título de "Lupita Catchup".... 
E este fato inusitado foi parar nas emissoras de TV e de jornais,inclusive de fora do Brasil. 
Inclusive no jornal "The Guardian",em Londres.
Procurado na cidade para dar explicações a uma reportagem da TV, o "matador" não foi encontrado. O pai dele deu entrevistas e disse que tinha vergonha dele,pois era um bandido, e sabia que o mesmo tinha ido morar em São Paulo. 
Em 2013 foi preso de novo,em Salvador,mas acho que por pouco tempo. 
Hoje em dia os presos são soltos rapidamente,principalmente quando já passou do prazo do flagrante.
A Lupita deu entrevistas  para a TV e ainda tirou um sarro na Maria Nilza : disse que ela era fraca,velha, e que não era mulher para o Edson... e que esse gostava mesmo era dela,Lupita.
O Edson não quis gravar entrevistas para a TV ,pois,como pivô de um crime que não aconteceu,ele se sentia meio culpado pelas fotos que tirara ,e era cúmplice dessa farsa. 
-Além do que,traiu a Lupita, e foi corneado pelo "matador" .
-Entenderam de novo ?
A Maria,que perdeu R$1.000,00 e o namorado Edson, ainda ficou sendo motivo de chacota da concorrente Lupita. E não quis mais conversa com ninguém,nem com seu antigo amante Edson. 
Ela agora queria apenas receber os R$ 1000,00 de volta. O que não aconteceu até agora...
Assim,esse triângulo amoroso que acabou virando um "causo" de quatro envolvidos,virou piada na cidade e todos agora conhecem a história de um crime encomendado que não aconteceu.
Ao serem perguntados,dizem eles :  "Ah é aquele "causo" da Lupita Catchup" ?
O Inquérito não vai ter segmento como um crime de tentativa ou de morte. Pois isto não aconteceu.  O Delegado não vai poder punir ninguém,por isso. Mesmo assim indiciou a Maria Nilza como mandante do crime de morte, que não aconteceu. 
Já o "matador" Carlos Roberto não está sendo procurador por este fato,pois o seu crime simulado não deixou nem marcas.... 
Ele ficou indiciado por extorsão. 
E a Lupita por co-participação nesta trama. 
Afinal,depois de tomar um banho ,o catchup desapareceu. 
Assim como a faca, a arma de um crime não cometido.
Hoje em dia,se falam do assunto, ela ri dessa história e da concorrente Maria Nilza.
O que ficou mesmo foi este causo para ser contado, e a certeza de que nem mais se pode confiar, hoje em dia, nos matadores de aluguel.
E um bom roteirista pode fazer aqui o enredo de um filme ...
Já a cidade baiana que muitos não conheciam,agora é conhecida: Pindobaçu,cujo nome saiu até nos jornais da Inglaterra.
E sabemos que,quando se trata de triângulos amorosos,é preciso ter cuidado,pois estes podem ter quatro participantes,contrariando até mesmo a Matemática...
-Ou é a Trigonometria ?
...........................................................

Texto Original de : Antônio L. Gomes -(para a 2ªEdição do livro "Os Retratos da Vida", a ser publicado em 2017.
Reedição : em 08 de fevereiro de 2017.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

ONTEM,HOJE E AMANHÂ - Filme Original -Com: Sofia Loren & Marcello Mastroianni - (Ieri, oggi, domani- Ano 1963) Filme completo-Som e Idioma Originais.

"ENCONTROS CLANDESTINOS " (Conto ).

O Sr. João Silva, que tinha apelido de "baiano",já era aposentado, mas não gostava de ficar muito tempo parado. E para completar a renda,arrumou uma atividade extra: vender água de coco num determinado "ponto" no centro da Cidade. 
E todos os dias de semana ele saía lá pelas 9:00 do barraco onde morava, na periferia, e ia de ônibus até seu "ponto",onde ele já tinha sua banquinha,com um "carrinho geladeira", e,obviamente os cocos, que ele guardava numa garagem vizinha. 
Depois, era só arrumar o carrinho, limpar o "equipamento" e começar a vender a água de coco,para os fregueses que por ali passavam. Ele vendia copos pequenos a  R$ 1,00 e os maiores a R$ 2,00. Dava para ganhar uns trocados diários. Dava para comprar comida e pagar suas contas, já que ele era sozinho...
Ele era bem organizado e tinha no seu "carrinho" os copos plásticos e cesto de lixo, como é recomendando pelos ficais. 
-Tudo bem limpo !
Esta sua atividade lhe dava uma boa renda extra,de mais ou menos uns R$1.500,00 mensais,além da aposentadoria de um salário mínimo que ele tinha,uma vez que normalmente é esse o valor que recebem as pessoas mais simples,após terem trabalhado durante muito tempo.
Esse nosso personagem era um homem forte,apesar de seus quase 60 anos de idade. Ele tinha sido casado,mas já tinha se separado da esposa há mais de 10 anos, e morava sozinho,num barracão que alugava do Sr. Alcides, situado no fundo da casa deste senhor. Tinha uma entrada própria, com um portãozinho estreito,por  onde o baiano entrava e saia sem atrapalhar ninguém, E nem o proprietário da casa via a hora que ele saia ou chegava.
Ele tinha filhos adultos,mas nenhum deles morava na mesma cidade que ele.Tinham ficado com sua ex-esposa,na Bahia.
E como seu casamento não dera certo,não queria se casar de novo. Assim,ele já estava acostumado e era solitário mesmo. 
Mas,nem tanto...
E, de vez em quando, ele arrumava umas "namoradas".Destas que a pessoa namora com elas,paga e depois ela vai embora. Ou seja, ele namorava por minutos,com certas mulheres "avulsas" que se prestam a esses serviços sexuais em troca de dinheiro mesmo...
-As prostitutas,por assim dizer ! 
Mas, o Sr. João, o "baiano", nunca as levava para o barracão onde morava. Ele as encontrava no lugar onde elas prestavam tais serviços. 
Além disso,ele tinha a mania de guardar dinheiro em casa, debaixo do colchão. E,logicamente, tinha medo de ser roubado por alguma destas mulheres livres,com as quais ele "transava" de vez em quando. 
-Mulheres estas que ele mal conhecia...
Mas,um belo dia,no terminal onde os ônibus fazem a integração,de um bairro para outro,o "baiano" conheceu a Maria, uma mulher de uns 40 anos,morena,forte e bonita, que sempre ele via por ali e que,invariavelmente,conversava com ele. 
Ele sempre conversava com ela enquanto esperavam o ônibus chegar. Conversavam durante muito tempo .Só que ela morava em outro bairro,bem longe de onde o Sr. João morava.A Maria era bem simples.Porém, sempre andava bem vestida, perfumada,apesar de trabalhar como diarista em casas de grã-finos, nos condomínios horizontais de luxo que cercam a cidade. 
-Hoje isto é muito comum...
E ,conversa vai,conversa vem, o baiano se "engraçou" da Maria, a diarista. A ponto de um determinado dia,à tardinha,convidá-la para irem tomar um café no seu cafofo. Ou seja, acompanhá-lo até o barracão onde ele morava. 
E lá chegando, ficaram mais à vontade,mais íntimos e ela acabou dizendo que estava gostando dele, que poderiam namorar e até, quem sabe,virem a morar juntos. 
Para ele, a Maria disse que era sozinha e que estava mesmo precisando de um companheiro. 
Então, pensou o João baiano:
-"É juntar a fome,com a vontade de comer". 
-Embora ele não pensasse em casamento.
E desse dia em diante ,outras  tantas vezes eles se encontraram no mesmo ponto,dentro do mesmo terminal de ônibus. 
-Mas nem sempre a Maria ia no seu barraco. 
Então eles combinaram fazer isto apenas nas sextas-feiras,que era um dos dias que em ela ir fazer faxinas nas casas das "madames". 
Logo, como tinha a folga do sábado,ela podia ir com ele até o barracão onde ele morava e namorar um pouco mais... 
Contudo, ela nunca ficava para dormir. 
Dizia que tinha de cuidar da mãe dela, já de idade...
E disse também para o baiano que os filhos  que ela tivera de seu casamento moravam com o pai em outra cidade. Era uma história parecida com a dele. Embora ela fosse uns 20 anos mais nova que ele. 
-E,segundo ela, era livre também!
E o baiano foi contando para ela seus segredos,suas manias e toda sua vida.Falou até que tinha uns "trocados" na poupança e que guardava dinheiro em casa. Aliás, sempre ele dava uns presentes para a Maria. E também dinheiro. E, às vezes,após ela lhe contar que tinha uma conta de água ou de energia vencida, o baiano lhe dava o dinheiro para ela pagar tais contas. 
Isto acontece muito nestas relações amorosas. É uma forma de pagamento pelos serviços sexuais desses namoros clandestinos,sem que coloque a namorada na mesma condição de prostituta. 
-Muitos homens já fizeram isto. Muitas mulheres já aceitaram isto...
E o Sr. João Silva, o baiano, sozinho e carente,foi se acostumando àqueles "encontros clandestinos" com a Maria. Ele já estava ficando acostumado. E ela, com sua experiência de mulher quarentona,morena e saudável,dava um "bom trato",por assim dizer, no "Seo" João. Ou seja fazia um bom "rala e rola" com ele,na cama de casal que ele tinha no seu barracão,apesar de viver sozinho..
Num destes encontros, no final do ano de 2014,a Maria veio de repente ao seu barracão.Não era sexta-feira como de costume, mas sim um sábado. E ela chegou no barraco de "Seo" João mais entusiasmada,mais alegre,mais fogosa... 
Chegou toda arrumada, cheirosa e com roupa mais nova e decotada.
-Estava,por assim dizer" pintada para a guerra"... 
-Ou como se diz no Nordeste : " Do jeito que o Diabo gosta ".
Estava muito bonita mesmo. Era pobre, porém bonita. As mulheres brasileiras são sempre muito bonitas. É só dar uma "arrumada" e todas ficam bonitas... mesmo as mais pobres.
-Continuam pobres,porém bonitas ! 
Aliás,como dizia um de meus irmãos, "ser pobre não é defeito,é uma infelicidade grande". 
E naquele sábado de dezembro de 2014,a Maria falou para o baiano que naquele dia iria "fazer umas posições diferentes" com ele. Trouxe até umas algemas (destas que os policias usam para prender bandidos),e disse que o Sr. "João " deveria colaborar com ela que iriam ter os maiores prazeres possíveis, nesta "relação sexual", com muita tesão e desejo de ambos...
-E ele ficou mais "animado" ainda.
Antes, conversaram um pouco e tomaram umas cervejas ,destas de latinhas,que o baiano sempre tinha em sua geladeira surrada. Ficaram meio "grogues" E ela, que bebera menos, ficou no "controle" daquela situação. 
E depois de algemá-lo,mandou que ele tirasse a roupa,deitasse e fechasse os olhos.E ela subiu literalmente em cima dele, nua como veio ao mundo,começando assim a sua "massagem" sexual.
-Ele adormeceu ! 
Para quem tem quase 60 anos de idade,bêbado e já com a pressão alta e a tensão do momento, é fácil acontecer isto. E ela dominando totalmente a situação,começou sua "sessão", para, segundo ela, proporcionar mais prazer ao amante baiano,que estava gostando mesmo daquela situação. 
E ele, por instantes delirou, sonhou,sentiu prazer,numa situação de sonolência e êxtase,como há muito tempo não sentia.
De repente a Maria, que agora tinha outros objetivos naquele dia, tampou a respiração do baiano com um travesseiro,sufocou ele até a morte. Ele já sonolento e fraco nem se debateu muito...
-Morreu mesmo!
-Pode ser até que ele tenha morrido feliz,mas não pôde dizer isto para ninguém.
E a Maria,que sabia que ele tinha um dinheiro guardado embaixo do colchão,empurrou o baiano para um lado,levantou o colchão e pegou cerca de  R$11.500,00 num pacote enrolado em jornais,junto com outros papéis que havia lá. Eram as economias do Sr. João Silva,brasileiro,aposentado,sozinho,vendedor de água de coco,que agora já não iria precisar de mais nada. 
-A não ser de um enterro digno.
E a Maria saiu sorrateiramente dali,sem chamar a atenção de ninguém. Já eram cerca de 11 horas da noite daquele sábado quente de dezembro.
Na concepção e no pensamento dela, ela "tinha feito a feira" como dizíamos no Nordeste. Estava com mais dez mil reais na bolsa, e foi embora para sua casa...
Lugar este onde ela nunca havia levado o baiano para conhecer. Só visitava ele naquele barracão de três cômodos,que ele alugava,mas nunca disse a ele onde ela morava realmente: o nome da rua,o nº de sua casa,etc..
Nos domingos de manhã,como era de costume,o Sr. João Silva,o "baiano", saía sempre para fora do barração,conversava com o proprietário e ia sempre numa igreja católica do bairro, bem perto de sua casa. E à tarde, invariavelmente,ia aos Estádios ,quando jogava seu time de futebol preferido. 
Porém,naquele domingo de dezembro, em seguida ao sábado que a Maria havia lhe roubado o dinheiro,ele não apareceu, pois estava morto. 
O dono da casa estranhou a ausência dele. E lá pelas 14:00 horas foi ver se tinha acontecido alguma coisa. E viu a porta do barracão entreaberta. Como ele era bem amigo do "baiano" e era dono do imóvel,adentrou ao barracão e foi até o quarto onde "Seo" João dormia. 
-Dormia para sempre agora...
E encontrou ele morto, com as mãos algemadas e papéis e documentos dele pelo chão,perto da cama. É que caíram do pacote que estavam junto com o dinheiro dele,que a Maria havia roubado.
Num destes papéis, junto às letras escritas pelo baiano, estava um número de um telefone celular. Era o número do telefone da Maria,cujo sobrenome  dela o baiano  nunca tinha perguntado. 
Com esse número a Polícia chegou até a Maria, que era casada,tinha filhos. 
E o pior é que o marido e filhos não sabiam de nada. Ficaram todos assustados com a notícia e ao verem ela sendo presa. Ela sempre encontrava com o baiano às sexta-feiras à tardinha e sempre chegava antes das 9:00 em casa. 
Dizia à família que "os ônibus tinham demorado demais". 
E dissera ao marido e aos filhos,que naquele dia fatídico (em que ela foi "vestida para matar"),que iria numa Igreja,à convite de uma amiga,rezar para ver se melhorava a vida dela e da família...
O Sr. Alcides,o dono da casa, deu um enterro digno ao baiano. Nem ele conhecia a família original dele. 
A Maria foi presa em 2015 e foi condenada a 18 anos de prisão. Logo ela que tinha família, nunca tinha cometido qualquer crime antes... 
E tinha marido trabalhador,os filhos ainda adolescentes e casa para morar.
-Como foi cometer um crime destes ?
Isto sem falar no adultério, pois ao se relacionar com o baiano,estava traindo o marido,que só soube disto no dia da prisão dela. 
E o Natal desta família,em 2015, foi bem diferente dos outros... Com a Maria, a diarista honesta e mãe de família, presa por crime de homicídio.
Já para o João Silva, o baiano vendedor de água de coco, nada mais aconteceu desde então... 
Pois, "os mortos são homens sem futuro",como dizia o Barão de Itararé" (Pseudônimo do jornalista paulista AparícioTorelli). ...
....................................................
 P.S. - Como a história é real,os nomes das pessoas foram trocados e omitido o nome da cidade e dos bairros onde moravam.

Que sirva de exemplo para outras pessoas.

E dai se tiram três conclusões : 
1)- Que não se pode confiar em ninguém. 
2)- Que o sexo,às vezes,pode matar...
3)- Que a cobiça ao dinheiro alheio, leva à cadeia !

-Alguém tem duvida disso ?
.............................................
Conto Original de Antônio Gomes.(Este é um dos contos que farão parte do meu livro "Os Retratos da Vida II,a ser publicado em 2017). 
Reedição e postagem : 05 de fevereiro de 2017.

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Peter Gabriel " MERCY STREET" (Música com base num texto da Escritora Anne Sexton ).

A "Mania dos Celulares" e os Problemas que isto pode causar .

Agora,além da mania de se usar o celular o dia todo, como a maioria das pessoas já faz, existe mais um motivo para aumentar ainda mais essa mania.  Criaram um mecanismo diferente para firmar o aparelho e ficar mais fácil a produção de "selfies".
É uma espécie de "pau",suporte ou cabo de metal ou plástico, que serve para firmar o aparelho para que a pessoa possa tirar as próprias fotos ou "selfies" até quando estiver no mar,na piscina,na rua,na chuva,na fazenda,ou numa casinha de sapé. 
Ou em outras situações, para depois postar nas redes sociais. 
Alguns já chamam este artefato de "pau-de selfie", e seus preços variam de R$ 30 a  R$ 200,00 .
-Dizem que tem uns especiais,para "riquinhos" metidos a besta custando até R$ 500,00 ...
-Pode uma coisa destas Arnaldo ?
Um casal que estava na praia e que foi entrevistado pela  repórter da TV Globo,num domingo  destes, disse:
-"Tiramos as fotos para postar no Facebook e mostrar para os outros a nossa felicidade "
E muitos fazem estes auto-retratos ou selfies para isto mesmo: Para causar inveja, mostrar onde estão, para que os outros vejam onde estão ou estiveram,com que roupa estavam. Estas coisas de quem quer aparecer. 
-É pura vaidade mesmo.
Só que as tais "selfies" nem sempre servem ou provam a felicidade verdadeira. E muitas  das vezes esta alegria é só na foto. 
Um dia destes,numa cidade do nordeste,um casal de namorados estava na praia todo alegre. Tiraram "selfies" contentes,abraçando-se,se beijando etc. Enviaram para amigos e parentes. Estes receberam as fotos também por celular. 
Recebem em minutos, seja pelo Whatsapp ,ou Instagram, nem sei...Coisa da Internet !
O que sei é que é através dos aparelhos celulares. 
Cinco minutos depois,ao adentrarem ao hotel onde estavam hospedados,começaram a brigar. Era por ciúme ,porque a mulher tinha olhado para outro homem que estava na praia.
A futura sogra,que tinha ido com eles falou alguma coisa e o genro deu-lhe um "sopapo" que a "velhota" caiu no chão. 
Depois foi a namorada que apanhou também, pois foi em defesa da mãe. 
Lógico que não foi o celular a causa da briga,mas sim o ciúme exagerado do namorado.Só que as postagens deles para os amigos era de uma felicidade total. O que não era verdade.
Porém,há os que brigam por causa de ligações feitas pela cara-metade no celular. Há homens e mulheres nestas situações atualmente. Se vêem um número novo no celular da parceira ou do parceiro,conforme o caso, é briga na certa.
Já deu até morte recentemente mostrada na TV.
Aliás,tem gente morrendo, caindo de pensasco, pontes e viadutos,que se distraem e caem,ao procurar fazer uma selfie.
Moral e final da estória acima contada: acabou o namoro do casal da praia ali mesmo,e foram todos parar na delegacia,onde a mulher,que antes sorria na foto, deu queixa contra o namorado nervoso, pela agressão sofrida,por ela e pela sua mãe. 
Logo, fica claro que as aparências enganam, sempre. E ainda mais quando se trata de "selfies".
Daqui uns dias,provavelmente, irão fazer um filme: "O Celular Assassino"
Ou seja: nem tudo é como parece. 
Aqui a frase antiga do Luigi Pirandello (escritor Italiano)  que dizia que " Assim é,se lhe parece" ,  não soa como verdadeira. 
-A realidade é  bem diferente da fantasia. 
O certo é que essa mania do celular no Brasil (e no mundo) chega a irritar,pois as pessoas quase nem conversam mais. Os jovens estão ficando alienados e estão perdendo a noção do diálogo com as pessoas. Com os pais,principalmente.
-Tem muita gente viciada em celular.
Alguns jovens nem mais olham uns nos outros,tal é a fixação nos aparelhos. Principalmente agora que os celulares trazem facilidades para acessar de tudo neles: desde as próprias redes sociais até as TVs. Pode se acompanhar de tudo que está nas redes sociais e na TV através dos celulares.São muitos os aplicativos pra isso.
Tem o tal de "Instagram",o Whattsap, e outros que estão surgindo.E muito mais,que toma todo o tempo da pessoa. Sem falar nos jogos,nas fotos,o outras formas de postagens...milhares delas!
Tem aplicativos para tudo.
A tal mania de ficar vidrado nos celulares já está causando até acidentes,pois a pessoa não olha onde pisa e tromba até nos postes,nos carros,e caem nas ruas,pisando em falso,pois a vista está no celular. 
E a mente,como fica ?
E se estiver dirigindo,o perigo é ainda maior.
E tem causado até mortes,pois os ladrões querem os aparelhos de todo jeito. Se a pessoa se negar entregar o aparelho celular,corre o risco de morte,como já aconteceu e continua acontecendo todos os dias. 
Eles roubam para vender barato e comprar drogas.E há todo um comércio clandestino de celulares,com receptadores e vendedores. Esse é o mundo em que vivemos,infelizmente.
É a febre do celular tirando o sossego e a vida das pessoas.
Há muitas notícias sobre mortes e agressões envolvendo pessoas jovens por causa do celular. E também o seu uso em demasia tem causado problemas de torcicolo, na coluna e até na vista,como ouvi um médico falar na TV estes dias.
É preciso ter um limite para sua utilização,senão a pessoa fica doente e alienada.
Enfim,e em última análise, o celular também tira a atenção da pessoa.Afinal de contas,tem coisa pior do que você conversar com uma pessoa e ela nem olhar nos seus olhos? 
Tem muita gente agindo assim. Não nos ouvem nem nos veem. Só têm olhos e ouvidos para o celular.
-Muitas pessoas estão assim: "vidradas" nos celulares,não mais prestam atenção nas outras. E,assim, as amizades,as conversas e a atenção às pessoas,ficam prejudicadas..
Portanto,esse objeto ou aparelho, que é de grande utilidade na comunicação moderna, tem, por outro lado, servido para causar brigas,desavenças e até términos de relacionamentos.
Sem falar que muitas pessoas estão ficando alienadas, idiotizadas,como se o mundo delas fosse o que vê  e escuta no celular.

Até as relações entre casais estão sendo prejudicadas. Um amigo meu me disse esta semana que a ulher dele está tão viciada que nem mais olha para ele. Mal responde as perguntas. Disse-me ele que nas últimas semanas ela está levando o celular para a cama e fica mexendo nele por horas,até chegar o sono. E o marido fica só, a ver navios. 
-Assim já é demais ! 
É preciso saber usar  melhor o celular, com mais racionalidade e sem excessos.  
Na verdade, o celular é apenas um objeto tecnológico e de comunicação a mais para nos servir no dia a dia. 
-E serve mesmo.
Sabendo usar,é muito útil. Senão, causa os problemas acima descritos, e outros mais que não relacionei aqui.
Pensem nisto !
.............................................................................

Texto orgiginal : A.G. -  Reedição : 03 de fevereiro de 2017.