segunda-feira, 22 de agosto de 2016

NEYMAR JR. - É O "HERÓI" QUE TEMOS PARA O MOMENTO ?

Nascido numa cidade do interior de São Paulo,aquele menino franzino se destacou desde logo cedo através do futebol...
E já na adolescência era considerado um craque nesse esporte bretão, que é a paixão de milhões de brasileiros.
Demorou pouco tempo para ser titular do Santos Futebol Clube,da cidade de igual nome,onde conseguiu a maioria dos títulos disputados,junto com seus companheiros. 
Nesse tempo ele ainda era humilde .
Para chegar na Seleção Brasileira de Futebol durou pouco tempo. Não sem antes tentar desmoralizar o técnico de futebol da Equipe praiana, o bom Dorival Júnior,que não aceitou a desobediência dele e o chamou de "moleque sem educação",à beira do gramado,cujas palavras foram ouvidas e vistas ao vivo na TV,por milhões de pessoas.
No início, ele se mostrou ser um bom moço,de origem evangélica (pelo menos era,por influência da mãe) com direito a frase religiosa em fitinha na cabeça (100% JESUS),que de vez em quando ele usa. 
Contudo, veio a fama e o dinheiro e ele mudou. 
-Mudou muito.
E foi exatamente o dinheiro,em grandes quantidades, que o colocou nos noticiários mundiais,além da fama de ser nosso maior craque ,a partir de 2010.
A partir daí também ganhou milhões com propagandas,comerciais para a TV,revistas, etc.Dizem que ganha em média 7 milhões de Reais por mês.
E passou a "se achar"...Ficou excessivamente vaidoso e um pouco arrogante.
Comprou helicópteros,barcos,apartamentos,carrões e até um Iate. Fez até ponta em novela global.
Ainda no Santos,já era considerado o "herói" do futebol brasileiro,o salvador da pátria,mas que não foi para seleção do Dunga, que perdeu a Copa na África do Sul, em 2010. 
-Era muito jovem.
-Escapou desse nosso vexame !
E depois,quando o Santos foi Campeão Brasileiro, e até da Libertadores, em 2011/2012,foi vendido a peso de ouro para o Barcelona,da Espanha. E foi nesta transação de milhões de Euros que a apareceu a figura de seu pai, o Neymar senior,um ex jogador que não deu certo,de conduta duvidosa,mas que era entrevistado sempre,como "o pai do Neymar Jr." 
-Só isso já lhe dava fama. E virou empresário (?) 
Este,que antes era considerado o melhor dos pais,passou a ser visto como desonesto,ao tentar fraudar o fisco brasileiro e espanhol. Pelo menos o Santos Futebol Clube ele "passou para trás",em termos de dinheiro. 
-Ganhou mais dinheiro na transação do filho do que o próprio clube praiano...O Santos Futebol Clube,claro !
É o que dizem muitos jornais e revistas até hoje...
E daí surgiram processos,no Brasil e na Espanha. A ponto de serem bloqueados 180 milhões de reais do Neymar Jr, pelo fisco do Brasil,por sonegação de impostos. 
Essa transação do Santos com o Barcelona foi tão ilegal e cheia de dúvidas, que derrubou até o Presidente do Barcelona,da Espanha.
Intermediando a venda do passe do filho, o Neymar pai embolsou milhões, que talvez não fosse correto embolsar. Mesmo sendo representante legal do filho Neymar Jr. 
-Mas isso quem vai decidir é a Justiça.
Com tanto dinheiro,o Neymar Jr. que era visto como o "Namoradinho do Brasil", o "Herói" do Brasil, e de nosso futebol,começou a mostrar suas garras,e isso já veio à tona na época da copa de 2014.
Na época era muito bonito ver ele de namorada a tiracolo (a Bruna Marquesine, jovem e bela atriz da Globo), como se fizessem o "Par Perfeito" : Ele, o nosso herói do futebol. Ela a bela moça da TV que poderia vir a ser a noiva e futura esposa dele. 
Mas ,essa "Cinderela" moderna e esse "Príncipe" do futebol  não vingaram. O romance não vingou...
O Príncipe virou sapo e a bruxinha bonita(Bruna) saiu de cena. Chorou,resmungou,mas,caiu na real. Talvez essa separação tenha sido melhor para ela. 
-Além disso,ela já tinha lucrado em ter sido a "namorada do Neymar". Ganhou repercussão nacional,tal qual a Xuxa,quando namorou com Pelé.
- Mas no caso da Bruna,não deu muito certo. 
Assim como não deu certo a Seleção ser campeã na copa do Mundo do Brasil de 2014. E todos viram a vergonha dos 7 X 1 que tivemos da Alemanha. E  teve aquela estória da pancada nas costas que tirou o Neymar Jr. do final da Copa,levando-o para o hospital. 
Uma lesão que "sarou" rápido demais.
Na Copa América do Chile ele aprontou,não jogou nada,brigou com o Juiz da partida e foi expulso e suspenso por dois jogos oficiais. 
Voltou só depois,nas eliminatórias para a Copa de 2018,em jogos de 2015.
-Mas, não "brilhou". 
Nesse meio tempo,ele preferiu se envolver com muitas mulheres avulsas, a ficar só com uma. E a Bruna escapou de ser "corna". Talvez tenha sido melhor para ela. Ia ser traída muitas vezes se tivesse continuado com ele.
Recentemente,ao invés de se esforçar para jogar na Copa América do Centenário (EUA), o Neymar preferiu ficar em Los Angeles,juntar muitas mulheres,amigos famosos como Justin Bibber,James Fox e outros astros famosos dos EUA,  e lá , com muita champanhe entrou na farra,numa orgia disfarçada que a TV mostrou para todo mundo. 
-Isso foi o que a TV pôde mostrar,mais teve muito mais coisa,claro.
Criticado,ele chamou jornalistas de "babacas" e alegou que estava em férias,por isso não quis jogar na Copa América, nos EUA. 
E sem ele,o Brasil foi desclassificado na fase inicial,no começo do mês de junho de 2016. Um vexame que derrubou até o "Dunga",o técnico da Seleção Brasileira que deveria ser chamado de "Zangado".
-Uma vergonha para nós.
Esse nosso "herói" do futebol,o Neymar, faz um trabalho social muito bom,ajudando pessoas,com seu Instituto em SãoPaulo, devemos ressaltar isto.
Mas, como jogador, tem caído  de rendimento últimamente.
Ficou em 19º Lugar no "ranking"mundial,em junho de 2016.
E como é jovem,tem direito de se divertir. Só que deveria ser mais discreto e não ostentar tanto. Dizem que gosta de baladas e farras com mulheres. Só que a vida desregrada e mundana que ele leva e faz questão de mostrar isso,pode "estragar"tudo. 
O comprometimento dele para com a Seleção de Futebol do Brasil (A principal),deixou a desejar, e muito.
Por quê não ser como o Messi. Este só se envolveu num escândalo até hoje,o de tentar fraudar o fisco espanhol. E está pagando caro por isso. Diz ele que foi o pai que errou (de propósito ? Talvez)
-No mais, o Messi é um bom sujeito,pacato,correto,discreto...
O Neymar Jr. foi criticado por muitos jornalistas brasileiros. E ele agrediu com palavras grosseiras a quem o chamou de omisso, covarde,de farrista,etc. Ficou meio "queimado" no mundo dos cronistas esportivos.
-Principalmente por não ter jogado na Copa américa,nos EUA.
É que,nesse mesmo tempo, outros craques que jogaram na Europa tal como ele, até finais de maio de 2016,como o Cristiano Ronaldo e Schweinsteiger,esforçaram-se em defender suas pátrias na Copa da Europa,demonstrando amor pelos seus países. 
Até o Messi,que joga com ele no Barcelona da Espanha,estava nos EUA,em junho de 2016, defendendo a Argentina na Copa América do Centenário...
-Que o Chile ganhou !
Parece que esse nosso "herói de barro" chamado de Neymar Jr. gosta mesmo é de muita fama, de dinheiro e de aparecer na mídia. 
-Aliás,como muitos.
-Ele poderia ter mais caráter e respeitar mais os seus compatriotas do Brasil, já que tempos atrás era o "Salvador da Pátria",em termos de Seleção Brasileira de Futebol.
Na última semana de julho de 2016 estava peitando os jornalista de Rádio e TV,em São Paulo. Ele não mais é humilde. Tenta ainda passar uma imagem de bom moço,mas não está convencendo !
Era o "Herói do Brasil", do nosso "País do Futebol" ...Hoje,nem tanto.
Hoje, ao meu ver, ele é apenas um heroi de mentira, que a TV Globo gosta de "endeusar", mas o povo está com um pé atrás com ele. De qualquer forma, a Mídia em geral dá espaço demais para ele,embora não como antes.
Aliás,em cada fracasso da Seleção Brasileira de Futebol,quando ele joga pouco ou não faz gol, a mesma Rede Globo o critica demais. Sem falar que agora o que ele faz fora do campo é comentado,como motivo para a "decadência" desse nosso ídolo,que agora dizem ser "de barro"
Afinal de contas, o Neymar é um falso ídolo,ou foi a fama e o dinheiro demais que o modificou para pior ?
É isso aí. !... 
-Já não se fazem heróis como antigamente !
Agora,nestes últimos dias,começou mal jogando nas Olimpíadas que se realizaram no Rio de Janeiro,com jogos por várias capitais do Brasil,neste mês de agosto de 2016.
Depois,melhorou um pouco e ajudou a nossa Seleção Sub-23 a ganhar a medalha Olímpica, de ouro.
Mas não deixou de mostrar sua faceta ao término do jogo,neste último domingo dia 21 de agosto,em ir bater boca e xingar torcedores que também o xingaram.

Ele disse que tinha ido cumprimentar a ex, a Bruna Marquezine,que estava na arquibancada do Estádio do Maracanã. Mas, não"colou "muito essa versão dele, pois câmeras e celulares filmaram ele xingando claramente com palavras de baixo calão.
É  ele agora um "herói" rebelde ? 
De qualquer forma é ele o"heroi" que temos para o momento,já que somos o País de Futebol, a  chamada "Pátria de Chuteiras".
Vamos torcer para que ele continue jogando bem e ajude a Seleção principal a se classificar para a Copa do Mundo de 2018,na Rússia.
-Vamos aguardar !

Texto original : Antônio Gomes
Edição : 22 de agosto de 2016.

"Loucas Pra Casar" -Filme Brasileiro (COMÉDIA) -Completo -Idioma Original: Português brasileiro.

sábado, 20 de agosto de 2016

" LITERATURA DE CORDEL"- Uma Forma de Cultura Popular Nordestina Com Raízes em Portugal .

A Chamada "Literatura de Cordel" é uma espécie de poesia popular utilizada para contar estórias e reproduzir fatos acontecidos,muitas vezes de forma rimada e sempre em estrofes de versos normalmente em sequência, cujos textos são impressos, em folhetos pequenos,ilustrados com processo de "xilogravura". Muitas vezes se utilizam ,também,  de desenhos e clichês zincografados,num processo bem artesanal.
Este tipo de produção e divulgação literária ganhou este nome ainda em Portugal,onde se originou,pois tais folhetos eram expostos nas bancas das feiras, ou simplesmente nas bancas que ficavam expostas nas ruas, com os folhetos amarrados ou pendurados em cordões. 
Tal forma de literatura chegou ao Brasil no século XVIII,obviamente através dos Portugueses que vieram para cá,principalmente os que se radicaram na Região Nordeste . Ainda nos dias de hoje podemos encontrar esta forma de literatura popular sendo vendida nas feiras no Nordeste, principalmente em Pernambuco,Ceará,Alagoas Bahia e Paraíba. 
 São vendidos estes livrinhos, tanto pendurados nos cordões(daí o nome Cordel),ou simplesmente em cima de malas e nas lonas estendidas no chão mesmo.O importante é expor o material e tentar vendê-lo. Nesta "propaganda" ao vivo , tanto os vendedores comuns, como até mesmo os autores ou repentistas,cantam ou lêem os versos contidos no "livrinho".
De custo muito baixo,estes pequenos livros são vendidos ,muitas vezes,pelos próprios autores,que os confecciona em casa mesmo,de forma bem rústica. Mas esse é o "charme" do livrinho de cordel...
E o  cordel ,no qual  se penduram os livretos ,é um cordão comum,ou barbante,como se chama em alguns locais.
Muitas destas histórias contidas nos livretos,ou folhetos de cordel, retratam fatos do cotidiano,ou fatos passados, casos ocorridos na região,do presente e do passado,sempre narrados de forma engraçada e com o "linguajar" regional do Nordeste.
 Os títulos são diversos e entre os mais conhecidos dos antigos temos : "A Entrada de Lampião no Céu"; "Alzira -A  Morta  Virgem"; " A Chegada de Lampião no Inferno";  "Encontro de Lampião com Dioguinho" ;" As Aventuras de Pedro Malazarte" ; " Estórias de Trancoso"; " O Pavão Misterioso" ; "As Aventuras de Cancão de Fogo"'; " O Coronel e o Lobisomen " (este ,um resumo do Livro famoso do  Escritor José Cândido de Carvalho), entre muitos outros.
Recentemente  (2011) a  TV Globo exibiu uma novela, às 6:00 da tarde,chamada de "Cordel Encantado",que embora não tivesse uma estória toda fundada no Cordel, trazia alguma coisa deste tipo de literatura e na sua abertura trazia uma capa típica de um folheto de Literatura de Cordel.
Os principais assuntos retratados nos livretos são : festas,política,secas,disputas,brigas,milagres,vida dos cangaceiros,atos de heroísmo, morte de personalidades, charges com políticos ,etc.
Ainda hoje,nas feiras, em algumas situações,estes poemas contidos na Literatura de Cordel são acompanhados de violas, e recitados pelos violeiros ou repentistas, em praças públicas,com a presença de público,das pessoas que estão nas feiras,nas ruas,e que param para ouvir,apreciar e comprar.
Entre os poetas de Literatura de Cordel,  o que fez mais sucesso até hoje chamava-se Leandro Gomes de Barros,que viveu entre 1865 a 1918.  Entre os mais recentes podemos citar,entre outros : José Alves Sobrinho;Homero do Rego Barros; Patativa do Assaré,que era o pseudônimo de Antônio Gonçalves da Silva; Téo Azevedo; Zé Melancia; Zé Vicente ; José Pacheco  da Rosa; Gonçalo Ferreira da Silva; Rodolfo Coelho Cavalcante; Francisco Gomes de Paiva Silva(Chico Gomes) : Chico Traira; João de Cristo Rei e Ignácio da Catingueira,...
- Mas há  muitos outros,não tão conhecidos hoje em dia.. .
Muitos escritores brasileiros, nordestinos ou não, que ficaram conhecidos,foram influenciados pela literatura de Cordel. Dentre eles podemos citar :  Ascenso Ferreira; João Cabral de Melo Neto; Ariano Suassuna:;José Lins do Rego e Guimarães Rosa.
A "Poética" do Cordel era e ainda é, formada sempre de :
"Quadra" ,que são estrofes de quatro versos;
"Sextilha" , que são estrofes de seis versos;
"Septilha",que seria a mais rara de todas,pois é formada por sete versos;
"Oitava", formada por estrofes de oito versos;
"Quadrão". Neste caso,os três primeiros versos rimam entre si, e o quarto com o oitavo, o sexto com o sétimo,também entre si;
"Décima", que é forma por estrofes de dez versos;
E finalmente, o  "Martelo",que estrofes formadas por decassílabos(comuns em desafios,emboladas,repentes e versos heróicos).
Ressalto aqui que,como originário do nordeste que sou,assim que vim morar em Goiânia,Goiás, e por ordem de meu pai, que era feirante,passei a vender estes folhetos de literatura de cordel e outros com letras de músicas sertanejas, na feira, principalmente na feira do bairro chamado Vila Nova,de Goiânia,para onde vieram morar muitos nordestinos.
- Me lembro até que a maioria destes livrinhos eram da Editora do José Louzeiro , outros da editora Prelúdio.....
Ainda tenho alguns remanescentes aqui em casa!!!
Nesta época eu tinha entre 09 e 11 anos de idade.
.................................................................................
Pesquisa, Compilação e Texto:  A.G. Reedição : 20 de agosto de 2016





quinta-feira, 18 de agosto de 2016

"O Poder do elogio com Kadmous Alassal

LIÇÃO DE CRIANÇA

Certa vez duas crianças estavam patinando num lago congelado.
Era uma tarde nublada e fria, e estas crianças brincavam felizes,despreocupadas!
De repente,o gelo quebrou e uma delas caiu,ficando presa na fenda que se formou.
A outra criança,vendo seu amiguinho preso e congelado,tirou um dos patins que usava e começou a golpear o gelo com todas as suas forças,conseguindo,por fim,quebrar o gelo e libertar seu amiguinho que caíra...
Quando a equipe de salvamento dos bombeiros chegou e viram o que tinha acontecido,um deles perguntou ao menino que havia salvado o coleguinha : 
-"Como você conseguiu isso?" E ,antes dele responder,completou o"chefe" da equipe de Bombeiros: 
-"É impossível que tenha conseguido quebrar o gelo sozinho, sendo tão pequeno e com mãos tão frágeis! "
Neste instante,um ancião que passava pelo local,comentou :
-" Eu sei como ele conseguiu !"
Todos os bombeiros presentes perguntaram :
- "O Sr. pode nos dizer como ?!! "
-" É simples"...respondeu o velho....e completou: "Não havia ninguém  ao redor dele, para lhe dizer que não seria capaz !!!!". 

Texto original : ALBERT EINSTEIN-O Cientista. 
Compilação/Reedição: A.G.- 18 de agosto de 2016

domingo, 14 de agosto de 2016

HOMENAGEM AO MEU PAI


Meu pai (foto) partiu antes do combinado, quando eu ainda era bem jovem e tinha acabado de passar no vestibular para o curso  de Direito na U.F.G. E quando eu ia começar o segundo semestre do curso, exatamente no dia 04 de agosto, foi o dia em que ele faleceu.
E foi por esse e  por outros motivos que não pude estudar desta vez, já que no sistema de créditos que vigorava na época,eu teria de estudar cedo e à tarde, sem tempo para trabalhar. E eu não podia ficar só estudando. 
Além disso, com a morte de meu pai, a situação mudou. E para minha família era mais importante eu trabalhar do que ficar só estudando.  
Assim, dei um tempo...
Um ano depois,fiz outro vestibular ,passei e pude estudar o mesmo Curso de Direito  numa Universidade particular, à noite, podendo conciliar os estudos com o trabalho diário... 
-Mas esta é uma outra estória.
Quando falo de meu pai,estou falando de Manoel Luiz Gomes,que nasceu na cidade de São Bento do Una, no Estado de Pernambuco,Brasil,num dia 16 de dezembro conforme consta de sua Carteira de Motorista,que guardo comigo até hoje.
Ele era filho de José Luiz Gomes e de Generosa Joaquina do Espírito Santo, que eram filhos de portugueses que para aqui vieram no final do século 19.
-Isto conforme ele mesmo me disse,quando  ainda era vivo. Segundo ele,seus pais  vieram da Região do Algarve,Portugal.
E era verdade esta sua informação, pois, sabedor disso, depois pesquisei o ramo original da família e realmente descendiam dos Portugueses,sendo o meu avô da família Luiz Gomes de lá da " boa terrinha". E a minha avó, obviamente descendente da família Espírito Santo,de Portugal.
Depois eu soube,também,que tenho xarás, de origens portuguesas que são homônimos.
Outros Antônios ,alguns brasileiros, outros portugueses, com o mesmo sobrenome,mas que não são meus parentes.
Inclusive um que foi jurista e político e que foi homenageado com o nome de uma Rua,na Cidade de Porto ,Portugal.
E há outros "Manoéis" por ai, jovens,velhos ou até mesmo falecidos,como ele. 
E pode ser até  que alguns destes podem ser brasileiros, pernambucanos ou não, mas só o da foto acima é o meu pai.
Depois,quando morávamos na Cidade de Vitória da Conquista,na Bahia,meu pai foi sócio de um tio meu em uma loja, cujo nome era "A LUSITÂNIA", o que explica bem sua origem. Acho que de meu tio também,mas este era irmão de minha mãe.
Não tive a sorte de conviver muito com ele,pois ele "partiu muito antes do combinado",ou seja,deixou este mundo dos vivos, como já citei, antes de completar 56 anos de idade.
Quando ele faleceu,  já morávamos em Goiânia,GO.
Ele queria, ou pelo menos desejava, que eu fosse militar,pois achava bonito me ver de verde oliva, com farda (uniforme), quando eu estava no Exército, mas foi só esse o meu tempo de "caserna".
No entanto eu, que inicialmente,pensava em ser médico, segui outro rumo e me formei em Direito.
Infelizmente ele não pôde me ver formado, ou conhecer meus três filhos,sendo que a minha filha Ana Luíza também se formou em Direito. Já minha outra filha, a Débora, já terminou o curso de Direito em 2015.
O meu filho mais novo, o Luis Antônio, já terminou o 2º grau. Porém gosta mesmo é da área de computação e trabalha neste ramo de atividade.
Eu vivi com meu pai o tempo suficiente para aprender muitas coisas,de profissões e da vida. Ele era multiprofissional .
Na época das "vacas gordas", meu pai foi comerciante, fazendeiro e festeiro. Na época das "vacas magras" foi vendedor , carpinteiro, ourives, pedreiro,sapateiro e feirante,sendo que trabalhou também como motorista e conhecia muito de eletricidade.
Construiu casas,fazendo ele mesmo muitos desses serviços,nos quais o ajudei quando ainda era menino e até a adolescência. Ele defendia a ideia de que um homem tem que possuir uma casa. Entretanto vendeu quase todas que fez. Mas, ao morrer, deixou uma para a gente morar.
-Ou melhor,quando partiu para a "pátria espiritual".
Não nos deixou muitos bens, mas deixou exemplos de honestidade e dignidade.Não deixou dívidas para que pagássemos. Era um homem sério, e às vezes, engraçado. Era amigo dos amigos.Fez muitas amizades em Goiânia,inclusive com sírios e libaneses,que trabalhavam na feira. 
Ele se dava bem com outros comerciantes, fossem eles, goianos,baianos, pernambucanos, italianos ou portugueses,e estes eram seus maiores amigos por perto, os vizinhos  do comércio que possuiu em Campinas (Bairro de Goiânia,GO),no início dos anos 60' e 70'
 Era muito simpático com seus olhos azuis. Gostava de contar piadas de português... Nestas, nem sempre os patrícios se "saíam bem".
Meu pai me disse uma vez para não confiar muito nos políticos,nos pastores, nas prostitutas,e na polícia.
-E evitar amizades maiores  com eles.
 - Por quê será que ele pensava assim ?
Ele não frequentou as  escolas formais, mas era sábio. Tinha inteligência e conhecimentos diversos sobre muitas coisas, inclusive sobre música, história,comércio,e pessoas.
Não gostava de Religião e nem de casamento,tanto que morreu solteiro: Nunca se casou com minha mãe,mas viveu 35 anos com ela.
E foi de sua união com ela que nossa família cresceu, e hoje já há netos e até bisnetos deles espalhados, inclusive morando fora do Brasil.
E até com sobrenomes diferentes, devido ao casamento de uma irmã e uma sobrinha minha com pessoas de origem da Lituânia e da Itália .Dai vieram os sobrenomes Ivanovas e Mancini, que entraram na família. Há uma bisneta dele morando na Bélgica (Maynara Gomes,filha do Renato). Há também outros descendentes dele em outras cidades do Brasil ,tais como o Renato e a filhinha Victória, em Catalão. E os filhos da Nita, em número de cinco(Beth,Rafael,Elenice,Maurício e Luiz Eduardo) e até um bisneto, chamado Henrique (filho da Beth), que moram em Guarulhos,São Paulo. A família aumentou muito, e continua aumentando,tanto que no ano de 2014 uma sobrinha minha (Sandra) teve as gêmeas Heloísa e Bárbara.
Assim,lembrando dele, neste dia, estou aqui prestando esta homenagem a quem me orientou nos primeiros passos e me ensinou os princípios básicos da vida.
Ele era um "general" quando precisava e era tranquilo e brincalhão,quando queria. Seu "hobby" era pescar e caçar . Mas sabia bem a importância do trabalho para o homem. E era enérgico com o comportamento dos filhos. Sério mesmo !
 Devia ser assim com todos os pais em relação aos filhos. Alguns pais deixam a desejar...
Porém,muitos pais realizam esta tarefa muito bem. Parabéns para estes!
O meu pai cumpriu a sua "tarefa" enquanto esteve aqui na terra.
Que a sua alma esteja bem, onde ela estiver...

Antonio Gomes - (Reedição) 04 de agosto de 2016.



quinta-feira, 11 de agosto de 2016

CUIDADO ! RIR DE DEFUNTO PODE DAR CADEIA.

Em Goiânia, Capital do Estado de Goiás, aconteceu, hà alguns dias, um caso inusitado. Dia 21 de julho de 2016,um motoqueiro estava numa determinada avenida da Capital quando,de repente, se deparou com uma cena curiosa: Um veículo pequeno de uma funerária estava "carregando" um caixão de defunto, na Avenida Castelo Branco,quando as portas do fundo do veículo se abriram e o caixão caiu em plena avenida,enquanto o carro da funerária seguia seu destino. 
Porém, alguém avisou o motorista e este veio,de ré,ao encontro do caixão. Nesse interim, num prazo de minutos,este motoqueiro curioso desceu da moto e foi até o caixão,para se certificar se realmente havia uma pessoa morta dentro dele. 
Outros motoristas pararam na avenida,enquanto o caixão era colocado de volta no carro da funerária.
Como sabemos,muitos destes caixões de defunto têm uma abertura com vidro,onde se pode ver o rosto do defunto. E assim que o motoqueiro viu que havia um defunto dentro do mesmo, e não apenas um caixão vazio,voltou sorrindo para sua moto. Um riso escandaloso,sem lógica ! 
O problema ou falta de sorte desse motoqueiro curioso é que tal imagem foi filmada por alguém,com um destes telefones de what sapp. E foi esta filmagem que deu origem à reportagem que passou em todas as emissoras  de TV de Goiânia,nesta semana.
Seria mais uma reportagem comum,engraçada como, às vezes, a TV mostra. 
Contudo um fato novo surgiu daí: o proprietário da moto não era este que sorriu ao ver o defunto,mas sim uma outra pessoa que estava no seus horário de folga e viu a reportagem pela TV. Na filmagem que se mostrou na TV deu para ele verificar claramente o número da placa da moto. E essa moto era de propriedade dele e tinha sido roubada, um dia antes,exatamente pelo sujeito que sorriu ao ver o defunto.
Então esse proprietário da moto procurou uma Delegacia de Polícia no mesmo dia 21,e informou que, dias atrás, ele tinha posto um anúncio em um jornal da Capital objetivando vender esta sua moto. E foi exatamente no dia 20, um dia antes desse fato do defunto ter caído do carro,que esse proprietário da moto foi roubado. 
O ladrão,de nome Efraim,ao ver o anúncio do jornal,tinha ido à casa do vendedor da moto no dia 20 de julho, e com uma arma em punho,roubou essa moto. E foi por causa da cena do defunto caído mostrada na TV que tudo veio à tona.
A Polícia agiu rápido e descobriu que o ladrão tinha abandonado a moto numa rua de um outro bairro na periferia de Goiânia,(Parque Oeste) no dia  seguinte ao do acontecido (dia 22).
Procurado na casa de parentes, a Poícia soube que o ladrão da moto tinha fugido para o Estado de Mato Grosso. 
Com a ajuda da Polícia de lá,ele foi preso e recambiado para Goiânia ontem, dia 26 de julho,cinco dias após a "palhaçada fatal"  dele ao descer da moto que havia roubado e ido ver o defunto. Ter sido filmado é que foi a "falha" dele. Além disso,sabendo que estva sendo "filmado" por alguém abriu um sorriso sarcástico...
Este seu sorriso,meio macabro,foi mostrado na TV, e todos puderam ver. 
Seria cômico se não fosse trágico ! Mas, a "vingança" do defunto foi terrível. Agora o Efraim, o ladrão que vilipendiou o falecido, foi preso por roubo. Na prisão,tentou enganar o Delegado,dizendo que havia comprado a moto,mas era mentira.
E descobriu-se também que ele já tinha outras passagens pela Polícia.
E o rapaz sortudo, o proprietário da moto, um trabalhador,ficou contente por ter recuperado seu veículo.
Só não sei se ele foi agradecer ao defunto...
............................................................
( OBS.: Fato real acontecido em Goiânia,GO).
Não coloquei o nome do defunto por respeito aos familiares. Nem o nome do propretário da moto,pois ele foi apenas uma vítima ,no caso.
Do ladrão que riu do defunto e foi preso por roubo(Art. 157 do Código Penal),e não pelo Vilipendio a Cadáver (Art. 212 do Código Penal)eu pus aqui no texto o seu nome, dito na reportagem até mesmo pelo Delegado,pois todos viram e ouviram na TV,e não é mais segredo.

Texto original  de : Antônio Gomes
Reedição : dia 11 de agosto de 2016.