sábado, 14 de setembro de 2013

CURIOSIDADE URBANA :UMA RUA COM DOIS NOMES ?

Estes dias estive andando por algumas ruas de um bairro que fica perto de onde moro. Eu estava procurando um certo endereço . E curiosamente encontrei e passei por uma rua diferente, bem curta ,situada no mesmo bairro, sendo que de um lado da rua ,nas placas onde constam os endereços, tem um nome...E inexplicavelmente ,do outro lado desta mesma rua, do mesmo bairro, a rua tem outro nome. 
É uma rua normal, com casas baixas (não há prédios nelas) e gente de classe média ou  os ditos emergentes. 
Muita gente boa mora nestes lugares.
Alguns destes bairros aqui em Goiânia são chamados de "Vila", e outros de "Setor". E tais nomes não significam exatamente  o tamanho ou localização do mesmo.
Este bairro específico  no qual eu estava se chama Vila Bela. Fica perto da Vila Alpes e situa-se ao lado da Vila União.  
Na região Sudoeste da cidade. 
Quem mora em Goiânia há mais tempo sabe bem onde se localizam. Nestes locais normalmente as pessoas são donas dos imóveis e moram ai há muito tempo.
-Muitos se conhecem .
Ninguém que mora por ali é muito rico e  também não existe nenhuma pobreza. E a rua onde eu estava é uma rua tranquila,de pouco movimento.
  -Mas que é uma rua diferente ,isto é.
De um lado chama-se Rua das Baunilhas, e do outro lado, Rua Jequitibá...  
Em algumas placas está escrito Rua Bahuinas, e em outras "das Baunilhas",mas provavelmente foi erro de grafia, por informação errada,no começo do loteamento...
 Será que tais erros  só acontecem aqui em nossa cidade de Goiânia ?  
-Cidade na qual moro há mais de 40 anos....
E agora, intrigado, resolvi escrever este texto,não sem antes procurar, inclusive no Google Maps. Mas,para meu espanto, no Google só consta um dos  nomes da rua, mas mostra uma outra rua acima,no mesmo setor e com o mesmo nome de Rua da Baunilhas.
-É,no mínimo, estranho isto... E há duplicidade de nomes em outras ruas,como a Rua Flemignton,que atravessa a T-09.
Quem quiser conferir é só ir até a Vila Bela, ao lado da Vila União, na Região Sudoeste de Goiânia, Capital do Estado de Goiás.
Acho que a Prefeitura Municipal errou, quando da legalização do bairro, numeração das ruas, ou do loteamento... 
-Ou foi falta de fiscalização mesmo?
Eu que já tive imóvel assim em bairro,só entendo que pode ser um caso de lote que tem o fundo para uma rua e a frente para outra.Ou seja, não faz fundo com outro imóvel mas com outra rua.
-Mas a rua do fundo ter o mesmo nome da rua da frente,é novidade para mim. 
-E lá tem isso..
-Ou então foi um lapso de quem loteou e colocou estes nomes na mesma rua. De um lado, Rua Baunilhas, ou das Baunilhas, de outro lado, rua Jequitibá...
Quem quiser conferir é só descer pela Rua A-7 ,na Vila Alpes, e entrar na citada rua Jequitibá...
E mais curioso ainda, nessa região os setores ou vilas, são bairros bem pequenos. Nem mesmo se fosse uma rua dividindo o bairro  "Vila Bela"  da "Vila União" justificaria tal erro.
Além disso,a principal avenida que leva ao centro   a conhecida Rua T-4, ou T-7,que mais acima ,na chamada Vila Aurora se chama C- 12... No  setor Sudoeste ela é chamada de C-17 ou Rua Araxá.
-Pode uma coisas destas ?
- É a mesma rua com várias denominações. 
-E ninguém arruma ?
-Vai ficar sempre assim?
Realmente é uma coisa muito estranha.. 
E, confesso: Esta rua com dois nomes deve ser a única no mundo
Um gaiato que ia passando, ao qual  perguntei o nome certo da rua , me disse:
-"Depende para que lado você vai" ....  
-Ele ainda me disse que, "se for for indo para o lado da Avenida Alpes, é um nome... Se você entra pela A-7 e vai rumo à T- 9, é outro nome".
Bem abaixo, nas quinta-feiras há uma feira. De lá,ouvi duas mulheres com sacolas, que moram no  mesmo bairro e que seguiam na mesma rua caminhando. Uma diz: 
- "Eu moro bem aqui, na Rua Jequitibá" ! A outra diz: 
-"E eu aqui do outro lado da rua, só que na Rua das Baunilhas,que é a mesma rua".
-Pode isto Arnaldo ?
Me senti um completo idiota,na hora! E nem tive coragem de perguntar a elas, o endereço que eu procurava...
E imaginei a cara de um carteiro, procurando endereços, diante dessa "aberração urbana" !
 -Interessante, não?
Achei que o bobo seria eu...
Mas, acho que bobos somos todos nós, que aceitamos estes erros, como se fossem coisas normais. Isto sem falar que quase não há calçadas nestas ruas. Só um corredorzinho estreito, onde ficam os postes de energia elétrica.
-É feio e sem nenhuma acessibilidade.
-Com a palavra os Urbanistas, os Técnicos, Arquitetos ou Administradores da Prefeitura da Cidade de Goiânia,Goiás .


ALG - 14 de setembro de 2013.

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

HUMOR NEGRO ? OU REALIDADE ...

Num destes dias passados,veio até meu local de trabalho uma moça, devidamente uniformizada, com craxá e tudo,  e me ofereceu um terreno no Cemitério. Ela, obviamente estava fazendo o seu trabalho.   
Eu, pessoalmente, acho que vender terrenos no cemitério é tão difícil como vender lotes na Lua.
 Para não parecer chacota ou fazer propaganda negativa,deixo de mencionar o nome da moça e da Empresa que ela representava. O certo é que ela era simpática, bem falante e havia assimilado muito bem o treinamento da firma para vender o tal terreno. Não tinha rosto sombio ou triste.Estava apenas cansada de tanto andar.
A promessa dela  era de um lugar tranquilo,bem arborizado,fora do perímetro urbano e com muito verde,passarinhos cantando e suaves prestações para eu pagar "a perder de vista" . Tudo planejado para "agradar" o  defunto, ou seus parentes, provavelmente...
Afinal, defunto não quer nada,não reclama de nada, e não volta ao mundo dos vivos!
Achei interessante, bonito mesmo, o panfleto ou "folder" que ela me mostrou. Nele, um campo verde,árvores ao redor,e alguns túmulos já comprados por outros com lápide bem feita,e jarros com flores... 
Sem desmerecer seu trabalho,lhe disse que eu não tinha pressa em morrer,pois afinal eu nasci  no Dia de Finados   (02 de novembro) e na minha opinião,eu renasço a cada dia, já que nasci vivo, no dia em que se comemora o dia dos mortos.
Ela não entendeu,a princípio. Depois,caiu a ficha, e ela riu discretamente. Achou diferente a minha conversa, disse...
Eu ainda lhe perguntei : Para quê flores para os mortos, se não lhe perfumamos a vida ?
Lhe falei também que,quando era menino,no dia do meu aniversário,minha mãe sempre ia ao Cemitério,na cidade em que nasci. Eu achava que era  um presente esse "passeio" , mas ela me explicou depois que ela estava visitando seus parentes mortos e que alí estavam enterrados e coincidentemente era o dia do meu aniversário. Culpar quem por isso ?
Até hoje, neste dia,não há festa ou qualquer comemoração em minha casa. Simplesmente uma reflexão e a alegria de estar, oh! milagre, vivo.
Não gosto desse dia,pois hoje,ao invés de comemorar,sempre tenho que ir,ou pelo menos vou ,de vez em quando visitar pai,mãe e irmão, já falecidos.
Não é um dia legal esse Dia de Finados,no qual nasci. Muitos parentes se reunem,lembram dos mortos,visitam cemitérios.E não há alegria ...
Porém, voltando à vendedora,já desanimada à tarde,sem vender nenhum terreno no cemitério naquele dia ,eu lhe disse que esta era a "mercadoria" mais difícil de vender,pois nem sempre as pessoas estão preocupadas com esta realidade. É para lá que vamos um dia.  Mas ninguém quer pensar nisso.
Eu,por meu lado,não tenho pressa.
Mas,por via das dúvidas,lhe falei,e é verdade, que eu já tenho o terreno comprado num Cemitério de Goiânia, e fiz isto quando minha mãe ainda era viva,por interesse dela,para que alí ficasse os restos mortais do meu irmão Jorge Luiz.  
Depois,infelizmente,ela, a minha mãe,também foi enterrada no mesmo local. Meu pai foi antes e na época não tívemos a idéia de comprar um terreno para ele. Mas ele foi para o mesmo Cemitério.
 Repito, não tenho pressa de ir para lá. Há quem diga que é "perigoso" , premonitório comprar tais Terrenos.
A moça que queria vender o terreno para mim,apesar de não ter conseguido,descansou um pouco nos 20 ou trinta minutos que conversou comigo,nessa sua empreitada difícil. Pelo menos ela ficou mais consciente dessa nossa jornada aqui na terra:
E disse  - " A vida é já muito difícil para todos, porém é a vida.  E pensar na morte, antecipadamente, é, no mínimo mórbido"...
.-Mesmo assim, é melhor que morrer! Lhe disse eu.
Os mortos não têm futuro, como  dizia o jornalista paulista Aparício Torelli,o famoso "Barão de Itararé ".
Devemos pensar muito nessa certeza de nossa vida e lembrar de um provérbio Russo que diz: " Dos Impostos e da Morte,ninguém escapa".
O certo,pelo menos penso assim, é tentar viver da melhor maneira possível,sabendo que o corpo vai para o cemitério,mais cedo ou mais tarde. Resta a esperança de uma vida futura para a alma.
Acredito mesmo na  Vida além da Vida...Não aqui, no Planeta Terra,mas num Plano Espiritual.
E quanto à moça vendedora de terrenos,pelo menos conforme me disse,gostou da conversa comigo.
E,mais pensativa ainda, me confirmou que logo  iria vender "outras coisas", outras mercadorias mais interessantes. Coisas que as pessoas vivas  pudessem  utilizar  nesta Vida Material... em cima da terra ainda !
-Terreno em Cermitério ? ,lhe disse eu, é coisa para defuntos... e ela riu.  E disse :
-" É ,mas alguém tem de vender tais terrenos."..
E eu aceitei sua afirmação, e retruquei:
Compra quem realmente pode e tem dinheiro sobrando. Ou então, logo após morrer um parente,pois temos de fazer essa parte da última cerimônia oficial da vida.
Da  última realidade da  vida...
ALG - 04 de setembro de 2013.

sábado, 8 de junho de 2013

Alguns Jornalistas Brasileiros São Mal Informados (Ou Mal Formados ?)

Não é despeito de minha parte não ,pois tive oportunidade para estudar jornalismo.
Porém,após fazer meu primeiro curso superior, tive de trabalhar,o tempo foi passando e não fiz este curso. Mas já escrevi para alguns jornais.  E até hoje colaboro com um pequeno jornal de Goiânia, GO.      
- Obviamente, que posso errar também, pois sou humano. 
 Porém , creio que são poucos os erros. Atualmente existem até "programas" de computadores,que nos corrigem, principalmente quanto à grafia das palavras, e acentuação. Embora existam "erros" por falta de conhecimento do digitador. Então,neste caso,o texto fica errado mesmo !
Assim, fico chateado ao ouvir noticiários de Rádio e de TV,nos quais nos passam informações erradas. Erram coisas básicas. Tais como números, siglas de Estados brasileiros, nomes de pessoas e até com relação ao cargo ou posição da pessoa na sociedade. Isto , para mim é desinformação.
Estes dias vi um repórter da Globo trocando Milhões por Bilhões,e ele não se  corrigiu até o fim do noticiário. Era preciso a correção,pois não caberiam tais valores na notícia dada.
Lembro que, tempos atrás,ao dar a notícia da morte do Sócrates,uma repórter da TV,jornalista formada, disse que ele ficou conhecido como Doutor Sócrates porque fez política nos anos 80 e tinha facilidade com as palavras.
Ora! Todos nós sabemos,até mesmo pelas jornadas esportivas, que o Sócrates era médico mesmo,pois se formou em medicina ainda quando jogava em  Ribeirão Preto, São Paulo. 
-Por isso.ele realmente merecia o título de DR.!
E num  outro dia, ao dar uma noticia de uma Kombi(VW), que capotou causando a morte de 13 pessoas perto de  João Pessoa na Paraíba, a legenda do Jornal Hoje, da Globo , colocou a sigla PA, sendo que esta é para identificar o Estado do Pará. Será que ninguém lá da equipe técnica,dos que colocam as legendas,viu esse erro ?
- Para o Estado da Paraíba, a sigla  é  PB.
Isso se aprende no ensino fundamental!
Aqui em Goiânia, já há algum tempo atrás, um jornalista esportivo disse que o Jogador fulano,do Atlético Clube Goianiene,de Goiânia, Goiás, ia para a Europa,quando na verdade este jogador foi jogar no Vietnam (Sudeste da Ásia). 
-Aliás,neste meio dos jornalistas esportivos,que eu conheço bem, há muita notícia "plantada". De vez em quando,por falta de novidades,"plantam" uma notícia sobre a venda de um jogador,transferência de outro.Tudo mentira! É só para agitar e dar "ibope",para a emissora de Rádio ou de TV...
Fazem "chamadas" escandalosas na TV (a TV Record, do Brasil é mestra nisso),e repetem notícias"velhas",para encher "espaço", e horários de programas,estas coisas. Alguns programas não merecem credibilidade. Fora as "porcarias" que existem por aí. É o tal Jornalismo de "desespero",na qual a Record se especializou...
-Quem aguenta ouvir e ver o Marcelo Resende ?
E também em outra reportagem, agora no SBT, numa reportagem sobre a votação do plebiscito que ia ocorrer num domingo, para a divisão do Estado do Pará, o repórter disse que os eleitores paraenses iriam escolher a "criação" de TRÊS  novos Estados.... Incluindo o Pará !
ORA !  O Pará já existe. E seria dividido, se esta fosse a vontade dos eleitores. Os eleitores iriam escolher a criação de outros dois (02) Estados: Carajás e Tapajós. 
No final,não deu certo e tudo ficou "dantes" ,no quartel dos Abrantes...
Esse povo precisa ler mais,se informar mais. Está aí a Internet para ajudar... É só pesquisar. (Com cuidado,pois na Internet, também há informação errada ).
Errar é humano! Porém,como os noticiários são para todo o Brasil, e os repórteres e jornalistas são, muitas vezes,formadores de opinião, devem se preocupar em acertar mais.
E  nós,ouvintes,telespectadores,devemos ter muita cautela com uma notícia, pois a TV edita imagens e sons,dá notícias erradas e omite muita coisa. Há uma política de interesses por detrás da Notícia. Nem sempre a verdade é o que nos mostram. Há muita mentira,erros propositais e maquiavelismo no meio jornalístico. E há as reportagens que são "editadas", manipuladas. Muitas são feitas a pedido de grupos financeiros, governos,políticos,etc.  
-Inclusive nos jornais escritos. Principalmente em época de eleição! Estes jornais,muitos avulsos, ganham dinheiro dos políticos para publicar notícias de seus interesses.
Vejam só a polêmica que vem causando as declarações do famoso BONI,(José Bonifácio de Oliveira) que era o "Todo-Poderoso" da Globo...Em seu livro ele conta estas "tramóias" televisivas,  inclusive para eleger o Collor,em 1989. 
-Depois,fizeram de tudo para derrubá-lo.
E a conclusão que chego é de que os meios de comunicação "manipulam" a maioria das notícias e que os jornalistas brasileiros são mal informados !
-Ou mal formados ?
Nos meios esportivos então, nem se fala ! Tem repórter, cujo "vocabulário" é tão curto, que se precisar falar ao vivo mais que um minuto, eles se "enrolam todo.
 -Ou seriam eles mal formados ?
- Não todos,claro !
Mesmo assim,precisamos analisar e selecionar as informações. É preciso ter cuidado com que vemos e ouvindo todos os dias.
 Portanto, não devemos acreditar em tudo que vemos e ouvimos...
E aos nobres jornalistas eu digo:
-Vamos ler e pesquisar mais, gente!!!

ALG  Re-edição em 08 de junho de 3013

quarta-feira, 29 de maio de 2013

AS DROGAS E OS "ZUMBIS" DA SOCIEDADE MODERNA.

Estamos vivendo um verdadeiro "caos" social no Brasil atual por causa do excessivo consumo de drogas,principalmente por parte dos nossos jovens. A perspectiva para um futuro bem próximo é bem sombria e não há uma política de recuperação de viciados por parte das Autoridades ligadas à Saúde Pública. O que se vê são iniciativas privadas de "Ongs",  de algumas Igrejas e alguns profissionais abnegados,que,conscientes desse mal do século XXI, estão tentando fazer alguma coisa. 
A Justiça e a Polícia,às vezes,buscam coibir o uso das drogas, quando apreendem estas substâncias nocivas à saúde,as destroem, ou quando prendem alguns traficantes. Mas o problema é de ordem social e de saúde pública, muito mais do que um problema policial. 
-Hoje já se vê "Cracolândias" em várias cidade  do País. Goiânia não foge à esta "regra".
Há todo um comércio  ativo e livre de substâncias tóxicas,que movimentam milhões e que envolvem pessoas no mundo inteiro. Gente que viu na venda das drogas um negócio lucrativo e de retorno rápido,onde não se paga imposto, nem se precisa ter  um estabelecimento comercial legalizado. Apesar de que há locais de aglomeração de pessoas,como festas,jogos de futebol, shows musicais,pecuária e boates, onde normalmente se comercializam estas substâncias entorpecentes.
O Brasil,infelizmente, já está em primeiro lugar no uso de"crack" dizem os noticiários da TV.
As consequências disso já se vê em todos os lugares: "Zumbis" humanos perambulando pela ruas, sem vida,sem trabalho,sem futuro..
Inclusive daí,destas situações, surgiram as palavras "noiado" e "zumbizado",que servem para qualificar as pessoas dependentes de drogas.
São milhares de jovens e adultos vivendo "sem destino" , roubando e, muitas vezes, matando,para manter o vício. 
Isto sem falar no aliciamento de jovens para o consumo e  a para venda destas substâncias tóxicas, inclusive pelas"Redes Sociais",como mostrou a TV dias atrás..
 E,atualmente,  pela nossas leis, os " usuários"  já não podem mais serem presos. 
- Aliás, no Brasil, enquanto policiais querem prender traficantes e impedir o aumento das drogas na sociedade, o S.T.F. libera manifestações a favor do uso da maconha. 
-Dá para entender ?
E , na verdade, todos nós já sabemos que os mesmos usuários de  agora são  os chamados "pequenos" traficantes. São os "titulares" de uma venda domiciliar,que se espalhou por todo o Brasil. São eles a "ponta" de um comércio varejista de drogas que  já está em todos os lugares. Na rua,na chuva,na fazenda...
Enquanto isto, os políticos fazem a festa democrática da "pedição" de votos,prometendo isso e aquilo. Mas já não prometem apenas um "vestido" para a Maria ou um "roçado" para o João,como diz a música do Gil. Agora prometem Creches, Centros de Reabilitação para Drogados, Internações Compulsórias e muito mais. Coisas que não irão cumprir mesmo. Eles sabem disso...
Prometeram construir os "CREDEQ" para ajudar no tratamento de viciados. Isto há dois anos. E até agora,nada...
O "montante" destes "Zumbis", e "Noiados",vítimas das drogas, só não aumenta mais porque os próprios traficantes matam os viciados que lhes devem e não pagam. É uma mercadoria perigosa a Droga. Quem está neste "mundo" só tem duas alternativas : a Cadeia ou a Morte. Mas a cadeia não recupera nem socializa o indivíduo viciado. Pelo contrário, lá é uma "Escola do Crime"...
Já os mortos "são homens sem futuro"como dizia o Barão de Itararé.
É preciso fazer alguma coisa urgente.O Governo Federal tem de priorizar este problema. Basta ter "vontade" política pois dinheiro há. E ter muito cuidado com os políticos corruptos,que desviam dinheiro destes "programas",antes mesmo deles serem implantados de verdade.
É um problema de difícil solução,mas temos de fazer alguma coisa. Cada um de nós tem sua parcela    de contribuição para ajudar a combater esta "invasão"  das drogas . 
-A união faz a força.
 Ou o Brasil acaba com as drogas, ou estas acabam com a vida e com o futuro de nossos jovens; e consequentemente,com o futuro da Nação.
Tem de se atacar o problema em todas as frentes. Principalmente usando uma legislação mais dura com os traficantes.
Queremos ver estes "zumbis" humanos só em filmes, e assim mesmo,só de vez em quando...

ALG  - 29 de maio de 2013

terça-feira, 23 de abril de 2013

Gilbert Becaud -" NATALI"

DIA MUNDIAL DO LIVRO - IMPORTÂNCIA DO LIVRO - DEFINIÇÕES .


" Dos diversos instrumentos inventados pelo homem, o mais espetacular de todos é, sem dúvida, o livro.  Os demais são extensões de seu corpo. O microscópio, e o telescópio são extensões de sua visão; o telefone é a extensão de sua voz; em seguida temos o arado, e a espada,extensões de seu braço. Os livros,porém,são outra coisa: os livros são a extensão da memória e da imaginação " -(JORGE LUIS BORGES)


LIVRO ABERTO
"Um livro aberto é um cérebro que fala.
Fechado,um amigo que espera.
Esquecido,uma alma que perdoa.
Destruído,um coração que chora!" - (ANTÔNIO VIEIRA)


OS LIVROS
"Há duas espécies de livro:
uns que os leitores esgotam,
e os outros que esgotam os leitores" - (MÁRIO QUINTANA)

Compilação :A.L.G.
Goiânia, GO 23/04/2013



ALCEU VALENÇA RECITA ASCENSO FERREIRA-Programa do Jô( Cultura Nordestina com Origens em Portugal)

segunda-feira, 8 de abril de 2013

AS CONTROVÉRSIAS DO CASAMENTO !

 Segundo os entendidos, o homem passa alguns anos da sua vida em busca de uma mulher perfeita, para se casar com ela . De preferência que se pareça com sua mãe,nas atitudes e no interesse por ele. E que ele a ache bonita.Pelo menos ele tem de achar ela bonita,claro! 
 Claro que ele não consegue encontrar tal mulher! Mas mesmo assim se casa,quando se apaixona! Ou sob pressão,conforme a situação,quando,depois de namorar por cinco ou mais anos, não tem como "escapar" da família da noiva...
Há os que se casam,como disse um amigo meu "para ter sexo seguro"..Será?
Um outro me confidenciou :"Vou me casar e vou ter sexo com a minha esposa todos os dias !" 
-E eu pergunto: -Todo dia ?
. Coitado!..Ledo engano !  Depois de um certo tempo, sexo vira coisa de luxo no casamento..."Só lá de vez em quando", como dizem os goianos. 
E eu confirmo,não é só sexo que mantém o casamento ... Há muito mais coisa envolvida entre os parceiros que coabitam sob o mesmo teto.
E há muitos outros interesses tais como os financeiros,de filhos, de patrimônio,família,sogra!
-Sogra ?
 Há um provérbio chinês que diz: "Você, ao se casar, não se casa com uma só pessoa,seja homem ou mulher Você se casa,também, com a família do outro,ou da outra,conforme o caso. "
Alguns prometem viver juntos por toda a vida...
-É muito tempo, não? 
Hoje em dia as uniões duram pouco. Com o tempo os relacionamentos vão se desgastando. Há casais que mal se olham, após certo tempo.Aliás,após certo tempo querem dormir em camas separadas.Conheço casais assim.
 Há divergências de todos os tipos nos casamentos: origens das pessoas, religiões, briga com a família do cônjuge,etc. E há as mentiras, as traições e ódios,que surgem durante os anos. Há casos de casais que nem mais se suportam. Mal começa uma conversa,sai briga. E então,com poucos anos de casados, começam a planejar o Divórcio,etc. 
No caso de homens mentirosos, que sempre enganaram a parceira,em certas situações começam a tratá-la melhor, para esconder um caso,uma amante... Tem muito marido assim.  Os traidores contumazes dão muito presentes às suas esposas...Até elas descobrirem as traições.
Depois, passam mais outros tantos anos tentando "se livrar" dessa mulher,sem ter muito prejuízo! Agora ele começa a visualizar sua mulher como uma "megera", já que ela está parecendo com a sogra,quando ele conheceu ambas. 
-Dia fatídico este !
 A mulher,também, passa alguns anos procurando um homem perfeito! Quer um homem educado, rico e bonito De preferência um que se pareça com seu pai, principalmente que tenha a mesma profissão, atitudes e consideração para com ela. Não consegue. Mas mesmo assim se casa com o homem por quem se apaixona, ou pensa que está apaixonada.Nessa circunstância tanto faz se o cara é rico, trabalhador,bom ou bonito. E também porque instintivamente,ela quer ter filhos, ser mãe. Se o casamento acabar,ficam os filhos...pensam algumas.
Em alguns casos, se o "principe encantado"" não virar sapo logo,ela espera ter os filhos,se formar e arrumar um emprego. Com conta bancária,um carro,um apartamento e os filhos na escola  e uma pensão paga pela marido,ela quer se separar. Diz que está cansada da "relação",que quer "dar um tempo",ou que agora "vai viver a vida".
-Vai nada... Quer é a liberdade mesmo.
Mas não abre mão de uma pensão"gorda" do marido,se este tem boa renda. Nesta situação,ela faz tudo para acabar com o casamento .É capaz até de"arrumar" um amante...ou uma amante ! Conheço mais de um caso assim...Nem sempre terminam bem tais situações.Alguns terminam em morte... E há maridos que,depois de certo tempo,trocam a esposa por um "companheiro"...
-Isso mesmo ! O mundo mudou.
Calma ! Nem todos os casamentos terminam assim. Alguns dão certo mesmo....
Quando o marido é fiel ,bonzinho,faz tudo para a mulher,concorda com ela fazer faculdade depois de casada, lava a louça para ela e ainda fica em casa meio período "olhando as crianças", (pois ela não quer empregada ou babá, por economia ou por ciúme do marido bonitão) , este casamento agrada às mulheres modernas.
- Às vezes dá certo.
E aí,para completar a "felicidade" da mulher, esta traz a sua mãe para morar com ela e o marido,num apartamento onde, assim que acorda,o marido vê a sogra com a cara de pó ou creme, de "bobs" no cabelo e achando ruim fazer o café ou dar mamadeira para os meninos. A "véía"  quer só ficar sentada vendo noticiários da TV. Se o marido briga ou reclama, ela ameça  se separar. Aí quer os bens todos e mais uma pensão...Como de praxe.
O marido,sem ter para onde correr,aguenta a barra,e de vez em quando,vai jogar bola ou jogar cartas ,ou pescar com os amigos,para desabafar e beber umas pingas(tomar uns goró) também,que ninguém é de ferro!... 
E pior,no fim da noite ela vai "checar" se o marido bebum chegou e grita:
-"Benhêeeee" cê chegou ? Ói ai, ô sujeito, num suja o tapete nem vomita no sofá não, viu seu cachorro!!!"
- É O AMOOOOOOR !
 Difícil  é que, depois de alguns anos,carinho só para os filhos, gatos, cachorros, papagaios,etc...
 Me lembro que no dia em que eu ia "dar os nomes" no cartório para me casar no civil, vi numa banca uma revista de Psicologia que dizia :" Nasceu o filho ! E agora,quem vai"cuidar" do pai ?
 -Comprei a revista na hora..
Minha futura esposa,à época estava junto comigo...e aí mesmo já começamos as diferenças de opinião, que duram até hoje. Somos bem diferentes em tudo. Assim, depois,vivi na prática,tal teoria!
 "Se casamento fosse bom, não precisava de testemunhas."..Dizem!
Quando eu era solteiro, e não entendia nada de casamento, vi no para-choque de um caminhão, a frase:  "FELIZ FOI ADÃO,QUE NÃO TEVE SOGRA NEM CAMINHÃO"...
 -E agora lembrei : Eu nunca tive caminhão,mas tive sogra ! 
Minha sogra já partiu,"antes do combinado"...Mas nunca tive nenhum problema com ela. Ela ,no começo do meu casamento ia duas vezes por ano na minha casa: A primeira,quando nascia um filho meu, que obviamente, era filho da filha dela. E a segunda vez ela ia no Natal. Assim,nos anos em que nasceram os meus três filhos, ela ia duas vezes por ano, lá em casa. Depois,ia só no Natal. Com o tempo,e por causa de sua memória fraca ,ela se esqueceu de ir também nos Natais. Depois esqueceu também que existia Natal ! E com o tempo, só lembrava dos netos quando via eles...(Ela gostava mais de gatos que dos netos). 
Passados mais uns anos,minha sogra não mais me conhecia...  Tanto que ao me ver,na última vez que veio para minha casa,a primeira pergunta que ela me fez foi : -"QUEM É VOCÊ ?!!!
-Boa pergunta esta,eu disse...
Porém,nunca me deu trabalho ou me passou raiva. Assim,quatro anos atrás, quando ela já estava doente,veio ficar os últimos dias conosco.Dos três meses ,contados da data que veio até o "dia final" dela, passou uns 25 dias ou mais no hospital.E faleceu em minha em casa...Fui eu mesmo que assisti e confirmei sua morte. Embora não seja médico,tenho esta experiência,infelizmente...
-Afinal,já vi morrer alguns parentes meus,em casa.
Ela descansou.
Conforme li em um livro, o homem,se casa por vários fatores :
 a)Ter uma mulher,no sentido físico da "coisa". O corpo da mulher,aqui,é o objeto de desejo.
 b) Para ter filhos,pois quer ter alguém para deixar a herança (se algum dia tiver o que deixar);
c)-Para dar uma"satisfação" à sociedade,que cobra do homem esta atitude: "Se casar !"
 (Se ele não se casa,é Gay,ou pode ser chamado de gay)..
Mas,pensando bem ,até os Gays agora já se casam! Só que se casam com pessoas do mesmo sexo (eu,pessoalmente,sou contra);
d)- No caso de homem mais pobre, este se casa para que tenha alguém que faça comida para ele,lave sua roupa e "lhe encha o saco", de vez em quando. Há mulheres que aceitam esta tarefa ou "sina"...
-Muitas são "especialistas" em encher o saco...
 Eu, na minha opinião, acho que muitos destes homens se casam,também,para que a mulher lhes "esvazie o saco", (de vez em quando,claro!)se é que me entendem...
Já para as mulheres que não se casam , hoje é indiferente, porque a sociedade já aceita bem as solteiras.. E até as mães solteiras!....O problema delas agora não é se casar. O problema é ficar velha,sozinha e sem filhos...Aliás,esse também é um problema difícil para o homem.
E há,também o problema do homossexualismo feminino. Uniões mais discretas...Porém,ao meu ver,estas mulheres homossexuais não querem constituir famílias,salvo raras exceções...Penso .
Certa vez um senhor de idade, lá no nordeste me disse:
- "Olha,não entendo por que "fulano" vai se casar ! É livre,tem uma vida boa,namora a mulher que quer e ainda assim vai se casar...Vai perder a liberdade !" ...Perde mesmo. Há casos em que a mulher controla o cara de tal maneira , que ele nem pode sair sozinho na rua. Até a roupa dele é ela que escolhe. É bobagem agir assim, digo eu. Até nestes casos,se o sujeito quer trair, trai mesmo. 
A mulher controladora é a última a saber...
Ocorre o mesmo quando é o homem que controla tudo ,por ciúme, inclusive. Conheci um que só deixava a mulher dele sair sozinha para ir na Igreja. E somente no dia em que ele ia no Estádio ver futebol. Ele quase não ia na Igreja dela, pois era de outra religião.Quando abriu os olhos (e a mente),a mulher tinha um"caso" com o Pastor ....
- E, pouco tempo depois, ela fugiu com este "religioso" !...
O grande problema,nos dias de hoje, é que há muita traição,muita briga interna, competição entre os cônjuges. Inclusive pela divisão em casa,do dinheiro que ganham, sobre contas a pagar ,etc. E ainda, falta de confiança nos parceiros,entre os casados. Conheço mulheres que separam-se hoje em dia ,e pouco mais de dez dias depois, já possuem outro companheiro. Estes,muitas vezes,já estavam "de olho" nelas. Ou vice versa. 
Por outro lado,homens que se casam, e querem continuar a mesma vida de solteiro. Não dá certo! Se arrumam uma "namorada" ou uma amante,um dia a mulher descobre. Aí a"casa"cai. E a Separação é inevitável !
Raríssimos são os casos em que há traição,seja de um ou de outro cônjuge, e o casamento continua.
Um amigo meu, récen-casado, num certo dia em que almocei na casa dele me disse,em frente à sua mulher,jovem e bonita, que :
- "O ideal, às vezes, é o homem ter uma amante, para manter o equilíbrio no casamento...".  Mal ele terminou a frase e ela disse: " E quando a esposa descobre tal amante, nunca mais ele se equilibra!"... Só tive que rir dessa situação ...
-Afinal,qual mulher vai aceitar seu marido ter uma amante?
Já um outro amigo, colega de faculdade, 48 anos, estudava num curso superior,onde todos os outros alunos e alunas eram mais jovens que ele,inclusive eu...
Ele começou a dar carona a uma colega,que tinha 19 anos de idade. Morena,bonita e livre. Com os dias se passando e ele "galanteando" a jovem,pensou que "ia rolar" alguma coisa. E começou a mudar sua aparência . Raspou o bigode,começou pintar os cabelos, passou a usar roupas esportes e trocou de carro. Sempre arrumava uns compromissos extras, para dar atenção à jovem, colega de classe. A esposa dele desconfiou, e descobriu o idílio. Assim, exigiu que ele abandonasse a faculdade (era o segundo curso superior dele), e ameaçou se separar caso ele não voltasse a ser o antigo maridão: de cabelos grisalhos,de bigode,etc.
 Por causa de tudo o que envolve um casamento, como os bens,os filhos, pensão,etc.,ele desistiu do Curso e da colega jovem da faculdade. Nunca deu nem um beijo na "danada"... 
Voltou a ficar,de novo, de chinelão em casa, à noite,sendo,praticamente, "obrigado" a assistir a novela das 9:00 com a esposa,45 anos de idade,mãe de seus 2  filhos, gordona e satisfeita,esparramada no tapete da sala,sobre as almofadas... Parecia uma "tigrona" deitada, olhando a cara dele e censurando-o se ele elogiasse muito as atrizes da novela. Às vezes ela falava:"Aquela tal atriz é bonita." Se ele disser que é, tinha briga na hora... Ou então ele fala que a outra tal atriz é mais bonita.Aí sai briga,do mesmo jeito....
Aí "é duro",penso.
-Foi o que ele me disse...
De vez em quando ,"para quebrar o galho" dele, ela o deixa ver o jogo de Futebol na TV grandona da sala! Se não, tem que ver numa pequeninha,no quarto...(ou no radio mesmo).
- Êta vida boa...(é o "preço" do casamento).
E aquela estudante, pivô de tudo isso,uns dois anos depois se casou, dentro dos conformes,na forma da lei,com um antigo namorado, uns dois anos mais velho que ela, e  que era também já conhecido dos pais dela. Ainda chamou o meu amigo para ser padrinho de casamento dela!...
E ele foi . 
Finalmente, conheço a história de um senhor, até meio aparentado meu,que,após uns trinta anos de casado,resolveu namorar sua empregada, que era bem simpática, jovem e sem filhos. Conheci e convivi ,certo tempo,com ambos. Depois de um certo tempo,esta moça,sua empregada, começou a "ter" filhos com ele. Teve três. E este senhor "Dom Juan" (embora fosse nordestino), para "ajeitar" as coisas,resolveu construir uma casa onde dividiria a mesma casa entre a antiga esposa, (já de idade)  e com a amante (ex-empregada).
E elas concordaram... Aceitaram !
-Passaram a morar todos na mesma casa.
A amante "combinava" bem com a antiga esposa desse meu parente (primo de meu pai). E assim,as duas iam à feira juntas, e viviam,ambas às custas desse "garanhão",comerciante, mantenedor da casa. Os filhos e filhas dele, do casamento oficial,com a verdadeira e antiga esposa, aceitavam bem essa situação. Não falo seus nomes aqui,por respeito a todos..
 Hoje , nem sei mais onde residem...
E apesar de todos estes altos e baixos,a maioria das pessoas continuam se envolvendo, namorando, noivando, casando,se amasiando"ficando",e até, se "enrabichando"(enrabichando?). 
 -E não necessariamente nesta ordem!
Obviamente que,se separando muito também.
E, assim as pessoas, tendo filhos ou não,continuam se amando ! ...
-Pois a vida continua! 
São casos e causos das relações humanas...
E, apesar de tudo, acho que as pessoas devem continuar acreditando,sonhando.
E tem ainda a festa do casamento,que sempre vale a pena ... 
-A  festa do casamento,às vezes,é tudo que restará de bom,para lembar!
Fui num casamento em que o noivo chorou de emoção...Festa bonita,vinho ,champanhe,wisky para os convidados,mulheres bem vestidas ,piano tocando ao vivo...Tudo muito bom e bonito. Todos muito alegres,inclusive os pais da noiva.
O Casamento mesmo, não durou nem dois anos...
Outros,sem tanta "Pompa ou Circunstância",como o meu por exemplo, só no cartório ,já passam dos vinte anos (um recorde,hoje em dia!).
E como sou otimista, digo a quem estiver sozinho, insista,não desista !
E como diz aquela música do Jobim: 
" Fundamental é o amor...  É impossível ser feliz sozinho!" 
E como dizem no interior do nordeste:
- "O AMÔ É "LINDRO !" 


ALG - 08/04/2013

sábado, 6 de abril de 2013

CORINTIANOS,BOLIVIA E AS LEIS NO BRASIL !

Todos nós,que gostamos e acompanhamos futebol no Brasil,estamos a par das notícias de que há 12 torcedores brasileiros,especificamente torcedores do Corinthians,presos na Bolívia,esse nosso país vizinho da América do Sul.
E estes torcedores estão presos por lá desde 20/02/2013, quando o time paulista, estreou  na  cidade de Oruro, pela Copa Libertadores da América.
E foram eles presos porque estiveram envolvidos em um "disparo" de um sinalizador,feito por um torcedor brasileiro (que segundo consta,não está entre os presos), e que por infelicidade,atingiu o Jovem Boliviano Kévin Beltran Spada de 14 anos de idade, que veio a falecer por causa desse artefato.
O problema já envolve a Diplomacia brasileira,com advogados do clube,e até políticos tentando libertar os torcedores presos.
A bem da verdade(se é essa a verdade) o verdadeiro culpado por acionar o artefato que causou a morte do torcedor boliviano, ao que me consta,está no Brasil e é também menor de idade.
E aí está o problema: O Brasil não tem tratado de extradição com a Bolívia. As nossas leis protegem o menor dito culpado ,enquanto que na Bolívia a decisão é de que somente com a prisão do  menor brasileiro que confessou ter acionado o sinalizador, seriam soltos os Corintianos que estão presos na Bolívia. E a Delegada do caso,na Bolívia,queria que o menor culpado fosse entregue às Autoridades bolivianas. O que não se fez até agora.
-Acho que não acontecerá...
-Aí está o impasse !
E neste problema todo aparece uma situação inusitada e triste para nós: A constatação de que a Bolívia,um pequeno pais criticado por todos pela sua flexibilidade, tem leis melhores e mais rígidas que nós brasileiros. Ou melhor dizendo,não temos leis no Brasil para punir menores. Eles,têm..
Lá, 15 anos de idade é a maioridade penal. Aqui menores de 18 anos de idade,furtam, matam, roubam,traficam drogas e praticam outros crimes,e ficam soltos.
- Ou seja,somos o país da impunidade.
Não concordo com torcedores agressivos,violentos e perigosos,como são alguns. Acho que campo de futebol é lugar de divertimento e não de barbárie. Por isso,quando se comete um crime como esse,que causou morte, o culpado deve ser entregue às autoridades, para que a Justiça seja feita.
 E neste caso específico, os 12 "inocentes" torcedores estão pagando pelo "pecador" que está no Brasil, amparado e protegido por nossas leis esdrúxulas, fajutas e ultrapassadas.
Se a pessoa aqui ,com 16 anos de idade,pode votar,então também deve ser responsabilizada criminalmente. E no mundo de hoje, ninguém mais é  ingênuo com esta idade. 
Devemos também lutar e nos mover para que o tal de ECA-Estatuto da Criança e do Adolescente,seja modificado,pois este também está a proteger estes menores ditos infratores,que invariavelmente nunca se recuperam.
Os nossos políticos,que fazem parte do Poder Legislativo, ( os "fazedores de leis") devem tomar vergonha na cara, e elaborar leis mais severas,mais duras,para casos como estes.
O Brasil não pode mais conviver com estas leis frouxas,que protegem a maioria dos bandidos que atormentam a população.
Este episódio que envolveu a morte do torcedor Boliviano e que prendeu os torcedores Corintianos nos deu uma lição: Mostrou que apesar da grandeza territorial,somos um pais sem leis...
-Ao contrário da Bolívia de Evo Morales. Parece que a Justiça de lá é mais ampla, melhor aplicada,mais séria.
E serviu de lição também para os Torcedores Corintianos:  De que o  campo de futebol é local de divertimento e não  uma praça de guerra...
"Salve o Corinthians... O Campeão dos Campeões...."...

sexta-feira, 1 de março de 2013

Orquestra Sinfônica Brasileira - .

UMA NOITE ESPECIAL.

Aquele ano não tinha sido legal até, então.Tive problemas de todo jeito:um colega de sala que me deu prejuízo,a morte de meu irmão,num acidente de moto e aquela pessoa  por quem eu me interessava,não me queria. Sempre só, eu saía do trabalho e ia às vezes ao cinema, ou na casa de um amigo ou simplesmente voltava para casa. Bem jovem, eu já estava formado e trabalhava com um colega lá no Edifício Bradesco,na Rua 03,com a Goiás.
Deste ano todo,só tive como recordação boa,um dia do mês de novembro .
Foi quando ví um anúncio de um Concerto de música clássica e planejei ir assistí-lo ,no Ginásio Rio Vermelho,em Goiânia,GO. Era uma apresentação especial da Orquestra Sinfônica Brasileira,e na época o regente era o Isaac Karabtshewsky. Era um promoção de um Banco,da Agência aqui de Goiânia e eu ganhei dois convites do próprio gerente,meu conhecido...Não havia ingressos.
Convidei uma colega,do mesmo prédio onde eu trabalhava, para ir comigo ,mas ela estava comprometida com alguém e achou por bem não ir. Mas eu queria mesmo ir àquele concerto,pois sempre gostei de música clássica e até então não tinha visto uma orquestra sinfônica completa. Cheguei em casa,chamei uma sobrinha que morava conosco neste tempo,a Bete,mas a ela não quis ir. Era dia de semana,ela tinha trabalhado ,estava cansada. Então,fui sozinho assim mesmo.
Lá chegando,entrei na fila para adentrar ao Ginásio. Era um noite limpa,de lua,e eu estava tranquilo e contente, pois iria ver um Concerto de verdade.E embora só,eu estava com os dois convites no bolso da camisa. Não havia ingressos.Quem tinha o convite do Banco entrava.
Quem não tinha ficava de fora. De repente um jovem casal bem simpático me pergunta como eles conseguiriam um outro convite, já que eles estavam apenas com um. Já haviam perguntado a todos na fila.Mas os casais tinham apenas dois convites e quem estava só,tinha um só convite...Eu era a exceção.
Sorte deles,pois me dispus a dar o convite que sobrara e que estava comigo.Afinal eu estava sozinho mesmo. Mas o rapaz que queria o convite ficou tão contente de ter aquele convite,  que me compensou com o equivalente hoje a 100 reais.E ainda me convidou para ficar com eles, mas recusei porque não os conhecia e ,infelizmente,eu estava tão acostumado a ir nos cinemas,shows,festas,sozinho... 
E, além disso,eu só queria apreciar cada momento das,sinfonias,árias,etc..
Entrei,sentei e fiquei a observar os músicos afinando os instrumentos.O Maestro,brincalhão, pedia para alguns músicos mostrar suas habilidades,enquanto esperava a hora do começo do espetáculo,ou melhor dizendo,do Concerto.
De repente,passa uma moça em minha frente,procurando um lugar para sentar.Não havia cadeiras numeradas,mas sim espaços ainda nas cadeiras. Ela passou,foi até à frente e voltou. Só então eu a reconheci e ela também me reconheceu,e pediu para sentar ao meu lado. Eu poderia recusar tal convite ? Logo eu que já estava indo aos lugares sempre sozinho há muito tempo.....
Ela era a Sonia ,uma colega do tempo da faculdade, só que de outro Curso. Ela  já era bem amiga,pois eu a conhecia há mais de sete anos.  E fazia uns três anos que não nos víamos.Ela tinha ido sozinha também a esse Concerto.Foi por causa da música,como eu... 
E assim,ficamos juntos toda esta noite do Concerto especial da Orquestra Sinfônica Brasileira.   E dessa vez não fiquei sozinho. E como se diz: "Quem encontra um(a) amigo(a) encontra um tesouro!"...
 Não "rolou" nada além dessa noite , pois em verdade éramos bem amigos. Embora digam que não há amizade entre um homem e uma mulher,no nosso caso havia...
E como disse um estadista,político americano: "A Amizade é uma planta de lento crescimento.." E é verdade,pois eu e a  Sonia somos amigos até hoje !
 E  fiquei muito contente de estar ali acompanhado por aquela jovem,ouvindo músicas de Vila Lobos, (Trenzinho do Caipira);  Ernesto Nazaré,(Odeon); Carlos Gomes (O Guarani) Beethovem, Lizt, Mozart, entre outros,etc. O repertório do Maestro era bem eclético.
 E foi esta a única vez que assisti a um concerto da Orquestra Sinfônica Brasileira,ao vivo e a cores,acompanhado ...e de graça. Ou melhor,ainda fui recompensado pelo casal ao qual dei o convite.
Foi uma noite e tanto,da qual não esqueci até hoje. E creio que a Sonia também não esqueceu.
Foi uma noite especial !
Destas raras noites que temos durante a vida. Por isso,vale a pena relembrar...
Recordar é viver !

A.L.G.

Goiânia,GO - 1º de março de 2013.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A "ELIMINAÇÃO" DIÁRIA DE SERES HUMANOS - ( Ou, A Criminalidade Crescente que Tomou Conta do Brasil.)

Quando eu ainda era bem jovem, e quando meu pai   era vivo, eu , trabalhando com ele, ouvia dele algumas frases feitas, que depois viria a confirmar,ou através dos livros ou através da vida real. Entre estas, estava a frase : "O mal por si,se destrói".
Demorei a entender esta,pois na juventude eu não era tão observador assim. Porém,com o tempo,pude ver esta frase sendo realizada ao vivo e a cores,nas notícias e nos casos de crimes e mortes que via e ouvia no dia a dia. E que continuam acontecendo...
Atualmente,com o aumento da criminalidade em todo o País, esta frase está mais real do que nunca, quando nos deparamos com a matança generalizada que existe entre os criminosos,que em busca de desenvolverem os seus "negócios", especificamente o das drogas,estão brigando por "pontos" de venda, e também, devido à concorrência, e acabam se matando.
Isto sem falar nas mortes encomendadas,nas quais os traficantes, mesmo estando presos, ordenam que sejam eliminados os viciados que lhes devem dinheiro,ou seus "concorrentes". 
É uma espécie de "eliminação" natural (?) de seres humanos, o que vem acontecendo todos os dias,como se a vida humana não tivesse valor algum.
Matam por qualquer coisa. Se você deve R$ 10,00 a um traficante,sua vida está em perigo. Já comentei isto aqui em outro artigo. Os traficantes são "comerciantes" diferenciados, pois somente eles matam seus fregueses. É bem melhor dever para um banco,para uma loja ou para uma pessoa de bem. Se você dever qualquer quantia para um traficante,pode encomendar o caixão...
-Sua vida está em perigo constante!
E isto está acontecendo em todo o Brasil,sendo que a Polícia e a própria Justiça não têm muito o que fazer. Aliás,para a Polícia,quando um criminoso mata outro, é um Inquérito a menos a "dar trabalho". Isto porque,conforme o próprio Código Penal Brasileiro,em seu artigo 107, "Extingue-se a punibilidade pela morte do agente" . Agente aqui é sinônimo de autor do delito,de réu,de criminoso. Logo,cada um dos bandidos,viciados ou traficantes que é morto,se este tem "passagem" pela polícia ou Processos na Justiça, todos estas imputações a ele feitas,se acabam,pois os mortos não tem culpa, ou crime a serem apurados... 
E repetindo o antigo "dizer" do Barão de Itararé (Jornalista Aparício Torelli), "Os mortos são homens sem  futuro".
-E digo eu, para quem morreu, não há possibilidade de retorno !
Esta "eliminação" cotidiana de seres humanos,que tem acontecido todos os dias, acaba por "ajudar" a diminuir a quantidade de bandidos,pois eles estão se matando entre si,pelos motivos já ditos acima. Para as estatísticas policiais é um "aumento da criminalidade", porém, indiretamente, para a sociedade dos homens e mulheres de bem,é um alívio saber que este ou aquele bandido,criminoso morreu.
- Dizem os meus colegas do Direito : " É um  bandido a menos". Afinal, são eles que estão soltos,enquanto nós nos trancamos em casa.
Não que sentimos prazer com a morte de quem quer que seja, mas ,numa sociedade violenta como a nossa,é melhor saber que o bandido morreu do que saber que ele cometeu outros crimes e continua solto. Isto porque a Justiça e as nossas Leis,não conseguem  mais "segurá-los" nas prisões.
Estou "cansado",por assim dizer,de saber de crimes praticados por bandidos que, por suas condutas anteriores,deveriam estar presos,condenados. Todos os dias vemos e ouvimos notícias de assassinatos,roubos e furtos, cometidos por estes bandidos, ,viciados ou traficantes e que já são reincidentes. 
E se a Justiça não consegue puní-los, agora são seus comparsas e "concorrentes" que fazem este "trabalho sujo". Mesmo porque se a Polícia mata, esta é investigada, denunciada, e vem toda aquela estória de "Direitos Humanos",etc.
Contudo,se a matança é feita entre as diversas facções ou bandos,esta apenas é notícia por uns dias,e logo se "põe uma pedra em cima",como também o meu pai dizia.
Enquanto não acontece um  milagre,para que possamos viver em paz, e com segurança, vamos aqui torcendo e rezando,para que nada de pior aconteça,conosco e com nossa família.
Vivemos num mundo do "Salve-se quem puder !"
E que Deus ajude todos nós,para que possamos ficar vivos...
SOCORRO !

ALG 15/12/2013