domingo, 21 de agosto de 2011

O DESAPARECIMENTO DO "YULO"

Já são passados mais de dez dias desde que o Yulo desapareceu.
Ele era o "xodó" da Débora,do Luis Antonio e da mãe deles. A Ana Luiza até que gostava dele,mas não era tanto assim não.
Esse Yulo,é o último gato privilegiado que morou aqui em casa. Espero! E adiante, explico porque.
 Esse gato,que não sei de qual raça é ,ou era ,parece com o Garfield,aquele gato do filme.Parece até na cor . E ele tem (ou tinha) privilégios em minha casa que eu nunca tive. Era um gato inteligente,pedia comida,água,para abrir a porta.etc. Sabia,pelo barulho,quando chegava alguém,antes dessa pessoa adentrar a casa.Era um gato "raciado"com cachorro,pois ouvia bem,além de ver muito,como é comum aos gatos. Queria dormir até na nossa cama.Nunca deixei. Só  faltava   falar!(Ou seria latir?)
E agora sou até acusado de ter contribuído com o "sumiço"  dele. Mas afirmo não fui eu.
Aliás,esse gato já foi motivo de brigas aqui em casa,e sempre era eu o "vilão" da história.
Em uma ocasião ameacei sumir com o gato. Fui ameaçado até de denúncia contra minha pessoa se "tirasse" o gato daqui de casa. Uma filha minha,que estagiava no MPF me ameaçou denunciar,usando a lei de Proteção aos Animais. Eu, por mim, falei : -  Pode denunciar até para a Brigitte Bardot !  Não é ela a Presidente  de uma Sociedade Mundial  Protetora dos Animais? -( "Fondation Brigitte Bardot").....Mas não fizeram nada contra minha pessoa.
Na hora ri,mas o assunto era sério. Ficou muito ruim a "situação" aqui em casa. E eram 04 contra 1 (eu).
Pensei, pôxa,valho menos que um gato? Ou era apenas a opinião firme deles em querer manter o gato aqui?
Agora,desde sexta-feira,dia 12 de agosto,que o Yulo "não dá mais as caras". Passamos o Dia dos Pais sem ele aqui. E falei :  ...Será que ele  foi visitar os filhotes? Ele tem muitos espalhados por aí.... Era um gato reprodutor!
Ou pode ter ido atrás de uma "gata" especial. Acontece com os gatos também !
-Falei para os meus filhos  :  Ele me deu uma "folga",desde o dia 12....
.... E não voltou até hoje!
Assim, o clima agora é de brincadeira de minha parte. No entanto,os "meninos" estão me acusando que que "dei fim" ao gato!
Mas não fui eu,garanto.
Se eu quisesse tirá-lo de casa,já tinha feito desde a primeira briga,pois o meu filho tem alergia e sempre que "pega" demais no gato sua bronquite(ou tosse alérgica) aumenta. Ele já foi até internado em hospital por causa disso. Eu sempre insisti de que os pelos do gato,que ficavam no sofá,seria a causa. Todos discordam. Nos exames que meu filho fez, o médico falou de poeira,tapetes,etc. Não fui eu que o acompanhei na consulta,senão tinha pertguntado ao médico sobre alergia a gatos.
 Mas perguntei  a um  médico Estoniano,amigo da minha filha Débora, que esteve aqui em casa há uns 30 dias atrás. Ele afirmou,sem nenhum exame,que gatos podem causar problemas sim,para quem já tem alergia...Me deu uma certa razão.
Mas a polêmica continua. Ou melhor,duas: a de saber se gatos causam "problemas" ao meu filho  que tem alergia... E se fui eu que deu "sumiço" ao Yulo.
-E agora,serei acusado formalmente?
- E terei de me defender ?
Então,como vou provar que não fui eu,sendo que sempre eu falava que ia "tirar" o Yulo daqui?
Vai ficar a minha palavra contra a dos filhos,pois não tenho como provar que não fui eu.
-Por outro lado,eles não têm como provar que fui eu....
Fica este impasse,e o suspense. O certo mesmo é que o Yulo sumiu desde sexta-feira,dia 12.
Contudo,se qualquer horas destas ele aparecer,tô tranquilo....
Mas vou resolver de vez esta situação :
 Se ele aparecer,vou doá-lo para alguém e acabar a polêmica... Matar gatos não mato não. (Dizem que são sete anos de azar.... Eu hein?)
Acho que estou fazendo o bem para o meu filho que tem alergia, a não querer mais gatos aqui em casa.
Gato agora só na foto,no Facebook da Débora, nos computadores,etc.....
Enquanto não acontece nem uma coisa nem outra,vou "levando" na brincadeira as acusações contra minha pessoa. Enquanto não houver processos,vou levando na brincadeira. Rindo  e aceitando...Se houver processos,sei como me defender.  Afinal, já tenho "uns" anos de estrada,nos caminhos do Direito!
Mas, repito mais uma vez: Não fui eu que tirou o Yulo daqui de casa...
Sou inocente !
O Yulo virou um "personagem" dessa nossa "novela". Tem até outro amigo da minha filha, o Lucas,que está na Estônia,que  vem perguntando por este gato,via Facebook. Pode uma coisa desas?
Agora o bichano ficou internacional? Só porque sumiu?
-Tô com a consciência tranquila. Não fui eu.!....Talvez fizeram "mal" a ele. Deram veneno...não sei!
E, como  tem um "churrasqueiro" aqui perto de casa,já se cogitou até dessa possibilidade...(Churrasco de gato ?)
E se ele aparecer ,minha verdade estará provada.
Se não aparecer mais,ficará sendo lembrado por ter sido o último gato daqui de casa..
Não quero mais gato aqui não.
Ou eu,ou o gato.
E "estamos combinado".
Serei "crucificado" por isso!?
Saudações felinas, para quem gosta de gatos :
 MIAU!

Goiânia,GO , 21 de agosto de 2011.