segunda-feira, 24 de julho de 2017

"GOIÂNIA ESPORTE CLUBE"

Em meados dos anos de 70 em diante saí de meu Estado natal e passei a morar em Goiânia,GO. E anos depois,após terminada a Copa do Mundo de Futebol de  1974 , eu comecei a ir sozinho a assistir jogos de futebol no Estádio Olímpico, da Avenida Paranaíba. 
Eu era bem jovem, e nem tinha terminado o 2º grau ainda,e estava naquela "fase das responsabilidades",tirar documentos,etc. Não havia o Estádio Serra Dourada ainda,pois este foi inaugurado em 09 de março de 1975.
Não sei porque, mas simpatizei com o time de futebol daqui, chamado "Goiânia Esporte Clube",popularmente chamado de "Galo Carijó". O uniforme principal  do "time" era preto e branco...E ainda é ! 
Fui muitas vezes ao Estádio Olímpico, talvez, influenciado pelo Zé Luiz,meu irmão mais velho,que torcia pelo Botafogo do Rio de Janeiro,que também tem as cores em preto e branco,me influenciaram a torcer pelo Goiânia Esporte Clube. Mas, também por meus gostos anteriores,pois era fã do Santos Futebol Clube, da Cidade de Santos, São Paulo, cujos jogos eu ouvia só no rádio, e depois pude ver na TV. Também as cores do Santos Futebol Clube são preta e branca.
Sempre ouvi e vi jogos de futebol. No rádio e até no cinema,que passava no "Canal 100". 
Somente a partir 1973 pude ver na TV, já que foi neste ano que tivemos nosso primeiro aparelho de televisão em casa. Aparelho que eu mesmo comprei em sociedade com minha irmã  "Milia".
Em 1974,o Goiânia Esporte Clube foi o  Campeão Goiano de Futebol. Era a grande fase do time que tinha o artilheiro BILL, como principal jogador e que se tornou uma "figura" quase folclórica no rádio goiano,por suas "tiradas" engraçadas.
O certo é que,de 1974 até 1980,eu ia sempre ao Estádio Olímpico da Avenida Paranaíba, ver jogos do Goiânia Esporte Clube. Fui também no Estádio Serra Dourada,após este existir. Mesmo morando longe e tendo de "pegar" três ônibus, na época,fui ver o Goiânia Esporte Clube  jogar várias vezes. 
Depois,mudei totalmente minha vida.  
Passei a estudar na faculdade e deixei de ir nos jogos do Goiânia. Então eu só ia jogos da Seleção Brasileira e alguns,quando eram do Campeonato Brasileiro de Futebol,convidado por amigos .
No ano de 1976 também,montei,com uns amigos, um time de futebol para nós,no setor onde eu morava. Mas, por influência deles,nosso time se chamava Colorado Atlético Clube e tinha uniforme vermelho,listrado de branco .(Tinha muitos vilanovenses no bairro onde eu morava e não pude convencer eles a ter uma camisa preto e branco).
Nosso time durou até 1986, quando alguns de meus amigos se mudaram,casaram e/ ou pararam de jogar no nosso "time". Teve dois amigos meus desse nosso time que morreram. E o ânimo pelo nosso futebol de várzea ,esfriou. 
Nos anos de 1980 em diante o time de futebol do Goiânia Esporte Clube caiu em decadência,não ganhou mais campeonatos e ficou com poucos torcedores. Mas não acabou. Chegou a participar dos Campeonatos Brasileiros,ficando sempre em segundo plano. 
-Se destacou mais nas categorias de base. Sempre participou,e participa até hoje,da Copa São Paulo de Futebol  Júnior (ou Sub 20).
E nesse meio tempo apareceram mais na mídia o Goiás Esporte Clube,o Vila Nova, e o Atlético Clube Goianiense.
Agora,em 2017,vejo o Goiânia Esporte Clube às vésperas de disputar o campeonato Goiano da "Divisão de Acesso" de novo, tentando RENASCER das cinzas. Tudo com muita dificuldade para renová-lo,tirá-lo do ostracismo em que se encontra.  Ouço no rádio e fico sabendo das dificuldades do Goiânia Esporte Clube. E da abnegação de seus diretores,entre eles do novo Diretor de Futebol , o Sr. Raimundo Queiroz, que já foi até Diretor de Futebol do Goiás Esporte Clube, e até Presidente, uns dez anos atrás. 
-Torço para que isso aconteça. 
Só fico triste em saber que o Goiânia Esporte Clube ,por não ter seu próprio Estádio,fica na dependência de jogar no Serra Dourada ou em campos de outros times. E agora em 2017 terá oportunidade de Jogar no Estádio Olímpico, da Avenida Paranaíba,que foi totalmente refeito.
Ora,um "time" da cidade de Goiânia,GO, deveria ter apoio, inclusive da Prefeitura da cidade,pois representa a Capital. Mas não tem. Vive da ajuda e colaboração de alguns abnegados,da família do Sr. Ibrahim Arantes,dos herdeiros do Sr. Vicente Arycan e do trabalho e ajuda de outros diretores e simpatizantes. 
Fiquei sabendo, na semana passada, que neste ano específico de 2017,por ocasião do Campeonato Goiano da 2ª Divisão,chamada de divisão de acesso, o Técnico do Goiânia Esporte Clube será o Rogério Mancini,que é casado com minha sobrinha, Lilian Ivanovas Mancini. Isso será mais um incentivo para que  eu continue torcendo para o Goiânia Esporte Clube,chamado de "Galo Carijó" pelos torcedores e simpatizantes. 
Espero que muitos torcedores venham a apoiar o Goiânia Esporte Clube nesta nova empreitada.E vá ao campo de futebol ver o "Galo" jogar !
Espero que tenham muitos jogos do Goiânia no Estádio Olímpico,que antes se chamava Estádio Olímpico Pedro Ludovico( homenagem ao fundador de Goiânia),mas que agora deram um outro nome para homenagear um Arquiteto. 
Porém,para mim,ele será sempre o Estádio Olímpico Pedro Ludovico da Avenida Paranaíba.
-Coisas do Futebol ! 
E dessa vez pretendo ir no Estádio quando o Goiânia jogar.
Eu sempre gostei de Futebol, de ir nos Estádios. Hoje vejo mais pela TV .
Acompanho até o futebol da Europa,pela TV,claro !. 
E por uma dessas coincidências da vida,acabei mais "ligado" ao futebol ainda,pois ,trabalhei na ACEEG (Associação dos Cronistas Esportivos de Goiás) ,por 08 anos consecutivos,com o Ex- Presidente da entidade, o Sr. João Pedro de Souza,que me convidou em 2003 para ser lá o Assessor Jurídico. Fiquei lá até junho de 2011.Fui eu que fiz e assinou,como advogado que sou, a reforma do novo Estatuto Social da ACEEG,em 2003-2004.
Agora, acompanho pelo rádio, as dificuldades do Goiânia Esporte Clube, que participará este ano,mais uma vez, do Campeonato Goiano da 2ª Divisão (de Acesso),estou confiante de que o "Galo Carijó" poderá "Renascer" das cinzas. 
É o que desejo. Ou seja, estou torcendo para isso !
O Goiânia,fundado em 1938 tem e sempre teve grandes torcedores. E muitos ilustres políticos, empresários,desembargadores e até gente de Cartório, de TV e pessoas abnegadas já foram dirigentes do Goiânia e que investiram no time. Desejo que de agora em diante o Galo possa aparecer mais na Mídia e ganhe novos adeptos,torcedores como eu,que nunca mudaram de time. 
Desejo boa sorte ao Goiânia Esporte Clube nesta nova empreitada em busca do acesso à Série "A" do Campeonato Goiano de Futebol. 
Todos os torcedores e simpatizantes  do Galo deveriam ajudar...Pois se o "Galo" subir para a Série "A" do Goianão e vier a participar de campeonatos brasileiros,(mesmo que seja a série "D" inicialmente), poderá se manter de pé.
Quem ganha é cidade de Goiânia,já que é o time de futebol que a representa. E deveria ter mais ajuda do Poder Público Municipal. Mas,infelizmente,não tem de jeito nenhum.
A aviso aos que teimam em torcer pelo Goiânia como eu: Torcer para o Goiânia Esporte Clube é mais difícil do que torcer para o Vila Nova de Goiânia, onde também tudo é muito difícil.
-O Sofrimento é ainda maior.
Mas mesmo assim ,vamos prestigiar o Goiânia, no Campeonato Goiano da 2ª Divisão (Divisão de Acesso), nesta sua nova fase.
Agora,no dia 23 de julho de 2017, o Goiânia se classificou para o quadrangular final. Se ganhar uma partida e empatar outra já será um dos dois finalistas e poderá,no ano que vem,participar do Campeonato Goiano da Divisão Especial . Um prêmio ao Goiânia Esporte Clube,que completará 80 anos neste ano próximo de 2018
-Vamos para frente Galo Carijó !

................................................

(Mais informações no site do Goiânia Esporte Clube : www.goianiaesporteclube.com )  
Texto original e reedição de Antônio L.Gomes                                   
Reedição : 24 de julho de 2017.