quarta-feira, 17 de maio de 2017

SOMOS NÓS QUE ELEGEMOS E SUSTENTAMOS OS MAIORES LADRÕES DESTE PAÍS

Muitos anos atrás, na Inglaterra algumas mulheres mais liberadas (algumas eram prostitutas mesmo) foram à um parque, na época do verão, e com biquínis não tão pequenos como os das brasileiras, exibiram nas  suas calcinhas,na parte do fundo a bandeira da grã-bretanha,(Reino Unido) e na parte da frente os dizeres: "Nós sustentamos a Inglaterra". 
À primeira vista se pensou que elas queriam dizer que seriam as mulheres livres que sustentavam a Inglaterra. Mas,aos poucos, se deduz também que eram as mulheres, e qualquer mulher,que com sua sabedoria e trabalho e esperteza, sustentavam a Inglaterra, pois são mais econômicas e inteligentes que os homens. 
-Principalmente as Inglesas,claro.
E a maioria dos homens de verdade, sempre precisam de uma mulher sábia,para lhes orientar no dia a dia ,desde a sua própria  mãe, até aparecer uma esposa. 
-Certo ?
Fazendo uma comparação apenas literária, eu agora pergunto: 
- Afinal de contas,nós,os eleitores otários, que votamos e elegemos estes políticos ladrões, somos os culpados por esta roubalheira toda que está assolando o País ?
-Somos nós que elegemos os maiores políticos  ladrões e  os  políticos corruptos deste País ?
Não é possível que,por força de uma obrigação constitucional, tenhamos que votar de dois em dois anos e com isso estaremos elegendo em todas as eleições,um monte de ladrões (leia-se políticos) para nos enganar e roubar durante seus mandatos.
Só esta última semana ouvimos notícias de vereadores presos em duas cidades. Numa delas todos os vereadores foram presos por fraudes e corrupção. Parece que eles nem mais se importam de terem seus nomes na imprensa nacional,de verem seus rostos na TV, exatamente porque fraudaram e roubaram. 
-A ladroagem dos políticos virou rotina no Brasil.
Estamos cansados de tanta roubalheira. 
-Chega !
Sempre pensamos que aquele candidato no qual votamos seria o melhor,mais honesto. No entanto,é só eles tomarem posse que começam a desviar verbas ,aceitarem e pagarem propinas, contratar funcionários fantasmas para poderem tirar mais dinheiro dos cofres públicos,etc. 
-Isto sem falar naqueles que roubam mesmo.
Uma vez,em 1998 eu escrevi um artigo para um Jornal diário de Goiânia,GO, com o seguinte título: 
"Somos nós que elegemos os nosso maiores ladrões: Os Políticos". 
O Editor do jornal alegando falta de espaço não quis publicá-lo de jeito nenhum. 
Mas, na verdade, não era por falta de espaço nas folhas do jornal, é que eles, os diretores e proprietários do Jornal, ligados à uma grande Empresa de Comunicação de Goiás, já estavam "vendidos aos políticos"...E "pendiam" para uma determinada legenda,que no caso era o PMDB.  
Estavam tão "vendidos" que publicaram pesquisas encomendadas pelo Político corrupto e candidato desse Partido político, que dava dinheiro para eles. E informaram na primeira página do Jornal,dois meses antes da eleição, que o candidato deles iria ganhar, com uma diferença de mais de 30 pontos. 
A pesquisa era do IBOPE,outro "povo custoso", cujo dono vendia até a mãe por dinheiro. Acho que hoje este Instituto de Pesquisas mudou de dono. 
Deu zebra,o candidato que era considerado fraco e que perdia nas pesquisas foi o que ganhou a eleição. E por coincidência,passou ano e entrou ano,este candidato do PSDB,ganhador desta eleição. É  o que está no poder atualmente em Goiás.
Mas ele não é santo não. Já teve acusações de caixa dois contra ele. E agora tem outro jornal daqui que é "puxa-saco" dele. 
-Coisas da política mesmo ! 
O fato acima citado ocorreu em 1998. Mas, o jornal que favorecia o candidato que perdeu, mesmo tendo publicado a pesquisa falsa e do Ibope,ganhou o dinheiro dele do mesmo jeito!... 
Depois "mudou de camisa" e passou a "torcer" para o candidato que ganhou. Por uns tempos,pelo menos. Tudo são negócios.Tudo visa o poder e o dinheiro. A mídia de hoje vive assim.Todo mundo tem um "lado". Esse negócio de ideologia política já era. Agora quem manda mesmo é o dinheiro. 
-Quem der mais...
Esse povo da política faz ,obviamente,o "jogo do poder "!
-Enquanto isto,nós os eleitores-otários, que ainda somos obrigados a votar por força de lei,ficamos agora vendo todos os dias nas TVs e nos Jornais,os grandes escândalos desses políticos-ladrões, corruptos e bandidos com mandato , a nos roubar, desviar dinheiro, receberem e pagarem propinas, para se enriquecerem ainda mais. 
São os chamados "ladrões de colarinho branco", de paletó e gravata, que estão "afundando" as finanças do Brasil.
Com o fez o Lula e seus asseclas do PT, PP e Cia.
Além de todos estes políticos que estão sendo investigados e presos no "Mensalão" e "Petrolão" da vida, que tiraram mais 60 bilhões de reais dos cofres públicos.
-Ou mais !Tudo está sendo investigado ainda. Alguns foram presos. 
E os cofres públicos,para quem não sabe,são abarrotados  todos os anos, com quase dois bilhões de reais de impostos. 
Impostos que pagamos todos os dias. O dinheiro é nosso,pois o Governo,seja ele qual for, não fabrica dinheiro. Eles são especialistas em criar e cobrar impostos.
E o pior de tudo é que somos nós que ainda sustentamos esses políticos, pagando mais impostos, para que eles recebam seus polpudos salários. Ganham bem para nos enganar e nos roubar. Ou "lavar" dinheiro,como agora é muito comum entre eles.
Agora, feito e descoberto o rombo, querem impor a nós mais impostos para cobrir o buraco financeiro que eles mesmos fizeram.
-Seríamos mesmo nós os culpados?
E se não fôssemos obrigados a votar ?
Mesmo assim existiriam ladrões,principalmente políticos,pois essa "praga" é pior que gafanhoto. E não fabricaram ainda um veneno eficaz que possa extirpar da sociedade os políticos corruptos. 
-Por isso, a cada ano, eles se multiplicam.
Estamos fritos!..
E que Deus tenha piedade de todos nós,os eleitores otários, que, por força da lei,somos ainda obrigados a eleger essa "corja" de mafiosos.
-Quando votamos não adivinhamos que o candidato por nós escolhido vai ser corrupto. Sempre pensamos que ele vai fazer algo por nós.
-Votar leis que beneficiem toda a sociedade.
Temos agora de fazer de tudo para que a Justiça puna eles. Sejam os da "Operação Lava Jato" Presidida pelo Juiz Sérgio Moro, ou  de outra "operação" policial qualquer.  
-Todos os dias surgem outras "operações policiais" que prendem corruptos no Brasil.
O que não podemos é deixar aumentar ainda mais a quantidade destes "insetos engravatados", a roubarem o nosso dinheiro, o dinheiro do Brasil, o que  eles estão fazendo já há algum tempo, do Oiapoque ao Chuí. 
Temos ladrões-políticos nas Câmaras Municipais; nas Prefeituras dos Municípios mais longínquos, como lá no Amapá; e até nos Estados;nas Assembleias Legislativas ; nas Secretarias de Grandes Órgãos Públicos; nos Palácios; na Câmaras de Deputados,  no Senado Federal e até na PresidÊncia da REpública,como foi o caso do LULA.
Muitos deles já são ricos, mas a medida da ambição deles não tem limites.
Vejam por exemplo o que fez o Palocci, o Anthony Garotinho,o Eduardo Cunho,o Sérgio Cabral,o Vaccari do PT e muitos outros, que já estão sendo presos e alguns deles já foram até condenados,como o José Dirceu,o João Vaccari, do PT outros.
E vem aí muitos mais,como o Renan, a Gleisse Hofmann, o Romero Jucá...
-Todos envolvido,de uma forma ou de outra com propinas, corrupção e lavagem de dinheiro.
Temos que exigir a punição deles e a devolução do dinheiro que roubaram ou desviaram. 
-Esse dinheiro saiu de nosso bolso. 
Precisamos que esse dinheiro suado que ganhamos e com o qual pagamos mais e mais impostos,(desde a água que bebemos, até na conta de energia,do gás,da comida diária) possa ser utilizado na Saúde,Segurança e Educação. 
E tudo que comemos e compramos tem imposto. 
E esse dinheiro sai do meu e do seu bolso,meu leitor amigo.
Se  não tiver uma Lei mais dura para eles,vão conseguir o intento mais sinistro a que se propõem: Ficarem bilionários e o País falido,cheio de eleitores pobres e endividados.
Basta de corrupção !
Cadeia para todos os Ladrões-Políticos, ou para os Políticos Ladrões !
A lei deve ser para todos.
É o que está escrito na Constituição Federal vigente.
.........................................
A.L.G.  Reedição :  17 de maio de 2017