domingo, 14 de maio de 2017

DIA DAS MÃES -HOMENAGEM À MINHA MÃE

Mãe, através de ti,tive a vida,
E pude ver e viver no mundo...
Agora, só restam meus olhos,
O passado e o presente estão neles desnudados,
Sozinhos , e com medo do futuro !

Mãe,toda sua vida foi dedicada a nós,os filhos,
Que vieram,cresceram e se foram.
Dois deles, antes do combinado !

Agora,mãe, sua vida se resume num único dia:
O Dia das Mães !
Embora para mim,sua presença seja constante:
Pelo menos espiritualmente !

O tempo passou lentamente,
16 anos são passados sem você,
Mas para nós ficou o exemplo e a lembrança :
Pois,para você ,não havia nada além de nós !

... E você nunca precisou perguntar,
Se eu gostava de você.
Hoje,minha resposta saiu em forma de lágrimas.

Agora tento culpar o mundo,
Mas o mundo,tal como está, mãe,
Parece não ter rumo...
Senão a solidão dos meus pés!

Sonhando, vislumbro tua companhia,
Num novo mundo:  Espiritual...
E podes ,de novo,acalentar-me !

Em vida, ultrapassastes os limites da calma, 
do amor,e do tempo,
Por isso,miro-me em ti,
Como num espelho!

E me pergunto :
 - Quem inventou a ternura desse nome ?
Que,embora tão nobre,
Hoje é apenas festa comercial...

Porém, importante é ser,ou ter a mãe,
E lembrar sempre dela...sempre !
 Ou ,pelo menos, neste dia.

Minha vida sem você,mãe,
ficou "nublada",sem graça ...
Hoje a minha alegria é triste.

Mãe,
Sua descrição não caberia em todas as letras de um livro,
Porém,se resume numa só palavra:
AMOR !
......................................
A.L.G.

Goiânia,GO ,14  de  maio de 2017 - Reedição

(Homenagem póstuma à minha mãe, Ana Herculana de Sales,que partiu para a Pátria Espiritual em 03/01/2001.