sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

JOSÉ LUIZ DATENA: É O "JURISCONSULTO" E "JURISPERITO" DA TV BRASILEIRA ?

Na minha opinião, a TV brasileira tem alguns apresentadores insuportáveis. 
-Mas, são três os piores deles. 
Em primeiro lugar está a "Dona" Ana Maria Braga, no seu programa de manhã na Globo, (  o  tal de "Mais Você"), onde ela conversa com tal de "Louro José". Eu nunca vi um programa dela todo. Primeiro porque não tenho tempo. Segundo porque não gosto de sofrer tanto assim na frente da televisão. 
-Ver ela conversando com aquele "papagaio" empalhado é de matar.
Contudo,como muitas vezes vejo o telejornal da Globo,o BOM DIA BRASIL,e como assim que ele termina, ela entra no ar, sei muito bem quem é ela e como desenvolve esse seu programa "sofrível".
Já ouvi até piada nos meios policiais de que um Delegado exigiu de um presidiário,enquanto ele esteve no Distrito, no sentido de obrigar ele a assistir o programa da Ana Maria Braga todo. O réu preferiu trabalhos mais pesados, tal como limpar o pátio da Delegacia,por exemplo.
Em segundo lugar, como o apresentador de TV mais chato e insuportável do Brasil, temos o MARCELO RESENDE, da  TV Record, a  Emissora do "Bispo" Salomão da IURD(A Universal)...
(Deus que me perdoe). 
Esse Marcelo Resende é de doer, contando as histórias policiais de uma maneira que, se o sujeito não tiver um saco bem grande, não aguenta. Eu não vejo .
Às vezes ligo lá porque quero saber as notícias policiais, à tarde... 
Porém, não aguento, e logo mudo de canal.
E se estou em casa e quero ver outras notícias policiais,ligo na BAND. E então me deparo com o JOSÉ LUIS DATENA (que não sei ao certo se o Luis dele é com "S" ou com "Z"). Ai é duro ver a arrogância dele, ao criticar de forma deselegante sua equipe,exigir do diretor de TV toda hora e repetir as  palavras, quando não está gaguejando. 
-Mas,esta não é a pior parte dele.
O pior de tudo é ele se arvorar como um "conhecedor" exímio do Direito, principalmente o Penal e o Processo Penal,e questionar Delegados, Promotores e Juízes,quando os entrevista. E faz isto com mais algumas pessoas,como se ele fosse detentor de todo o saber jurídico. Quando ,na verdade, não  é.
Pelo que sei, ele nunca esteve numa faculdade, nem de Direito nem de Jornalismo..
- Pelo menos eu nunca soube disso.  
Sei que ele foi repórter esportivo há muito tempo atrás,lá em São Paulo...
Ele é da "turma" do Jorge Kajuru, do Faustão, etc. Estes caras que se sobressaíram na televisão por falarem muitas asneiras. 
-E dizerem que são corajosos !
O certo é que,quando ele está entrevistando alguém,principalmente Delegados e Delegadas de Polícia, ele coloca todo o seu "linguajar camoniônico" para fora e quer demonstrar conhecimentos do Direito Penal,e do Processo Penal até mais dos que os profissionais da área do Direito ,como são os Promotores de Justiça,os Juízes e os Delegados. 
Ele questiona algumas decisões judiciais de várias Instâncias,comenta os assuntos políticos,mas fala muita bobagem. 
Estes dias atrás ele entrou no campo da medicina legal,analisando um caso, e falou besteiras demais. Quando ele fala de perícia médica ou de atendimento médico então,Deus me livre.
Um dia destes o Samu de São Paulo estava atendendo um cidadão que foi esfaqueado na rua.  A turma do SAMU estava "empacotando" o cara   para o IML vir pegar (pois o sujeito já estava morto) e ele falava que estavam salvando a vida do cara. Como as imagens e a reportagem eram "ao vivo", ele "pagou o mico " ao vivo também. 
E muitas vezes ele fala que a vítima  tal morreu,quando na verdade a vítima está viva,e ainda aparece no mesmo dia no programa, e logo dá até entrevista, após a fala dele. 
A impressão que me dá é de que ele chega na Emissora para apresentar o programa sem nenhum conhecimento das matérias que irão para o ar...  
-E eu pergunto: 
-Por quê não colocar uma pessoa da área do Direito para comentar,por exemplo: Um advogado Criminalista. 
-E também por quê não colocarem  um Perito,( um médico-legista ou perito criminal aposentado),para assessorar ele. Para lhe dar uma assessoria técnica. -Pelo menos na hora do programa.
É difícil aguentar ele falando tantas bobagens durante mais de duas horas. 
Chamei ele de "Jurisconsulto" e "Jurisperito", pois estas eram as denominações de alguns especialistas, (palavras oriundas do Direito Romano) ,dada a notáveis conhecedores do Direito ou da Medicina Legal e da  Psiquiatria Forense,etc. 
-Obviamente que o fiz num sentido de deboche,pois o Datena está longe,muito longe de ser um destes.
Confesso que a equipe de reportagem da BAND é muito boa. Tem boas, competentes e até bonitas jornalistas,que fazem muito bem o trabalho delas. E assim o são também os jornalistas e repórteres homens da Band.
-Mas,convenhamos, ouvir o José Luis Datena é "dose para leão".
Eu, que sou um simples advogado, escritor e blogueiro nas horas vagas ,e que me formei em Direito em 1980 e de lá para cá, atuei como advogado militante por mais de trinta anos,nunca vi tanta bobagem ser dita na televisão quando se trata de assuntos Penais e de Criminologia ,como ele fala. 
Infelizmente deixo de assistir o programa exatamente por causa do apresentador. 
-Sem falar que é difícil de aguentar ver ele  naquela posse de chefe mafioso, devidamente engravatado e com seus ternos pretos,  limpando o nariz de cinco em cinco minutos .
-Acho que é tique ou mania mesmo.
Quando é o Joel (filho dele) ou outro apresentador  da BAND ,mais "light" ,dá para ver o programa Brasil Urgente. 
-Com ele é difícil.
É a minha opinião.
..............................

A.L.G. 
Reedição : 10 de fevereiro de 2017.