segunda-feira, 3 de setembro de 2012

VIDA MODERNA: A DECADÊNCIA MORAL E SOCIAL NA SOCIEDADE DE CONSUMO .

Começo,a partir de hoje a publicar aqui alguns artigos sobre o tema acima,emitindo a minha opinião,e creio que é também de outras pessoas,sobre as mudanças de comportamento dos seres humanos,no começo desse nosso século,no qual a sociedade está caminhando para um rumo muito perigoso,sem volta,por causa das  atitudes e do modo de agir de várias pessoas,que não mais se prendem aos princípios éticos e morais e de uma vida cristã.
Primeiramente quero salientar que é uma opinião pessoal,com base nos meus princípios,formação escolar e experiência profissional e  de vida,tal qual aprendi também ensinamentos bíblicos que pude absorver até hoje.
Vivemos atualmente numa sociedade onde a maioria dos valores são inversos.Por exemplo: Dá-se mais valor a animais do que ao ser humano. 
Ontem vi uma reportagem na TV onde uma "psicóloga" que se disse Analista Comportamental de Animais,estava comparando a "personalidade" do animal com a de seu dono,evidenciando que seria "vantagem" do dono, "se parecer" com o seu animal...nas atitudes,aparência,etc. Isto sem falar na importância que está se dando aos animais,a ponto de já se estar construindo apartamentos  de metragem mínimas,com 42 metros quadrados,para um casal e seu cachorro...Ou gatos,conforme o caso.
-E os filhos ? Onde serão criados ?
Os filhos não mais respeitam os pais,como deveriam e algumas famílias,preocupadas com "status"e por não ter tempo,"se livram" de seus pais,avós, etc. , ao invés de os terem por perto,inclusive para cuidar dos mesmos e aprenderem com suas experiências.
As famílias estão sendo destroçadas,pois muitas destas começam pela gravidez indesejada da mulher,que se envolveu sexualmente com uma pessoa que conheceu há apenas alguns dias, e se casam por "obrigação" ou se "juntam" por sexo,quando  se sabe estes dois itens não "seguram" o casamento de ninguém. 
Daí surgem os filhos indesejados,"feitos" por desejo ou paixão,sem amor algum,o que faz com que certas "mães" queiram se "desfazer" ou "se livrar" destes filhos rapidamente, abandonando-os nas ruas, no lixo, jogando nos rios,como já aconteceu . Ou entregando-os a terceiros. E muitas o fazem porque simplesmente não têm tempo para criarem estes filhos,pois precisam trabalhar,manter o "padrão" de vida.Ter liberdade para "transar" com qualquer um,como muitas fazem...
E para terminar este "ponto" de hoje, ressalto o aumento dos crimes violentos e agressões  que estão acontecendo,envolvendo casais,tais como os crimes"passionais",onde mulheres matam seus maridos,namorados,amantes ou ex-maridos..ex-amantes,ex-namorados... 
Ou quando estes matam suas atuais companheiras, suas mulheres,namoradas, ou as ex-mulheres, ex-amantes ou ex-namoradas,que o rejeitam. Dizem que querem liberdade,separação,divorcio,etc. Ou porque não mais precisam um do outro,ou simplesmente porque não mais se sentem "amados". Há casos violentíssimos,em que se mata também por causa de dinheiro,seguro de vida, traição,etc. Sempre houve,mas  atualmente os casos estão aumentando.
Estes crimes aumentam também porque estas "uniões" se baseiam apenas no egoismo,no sexo ou na necessidades primárias de alguns dos envolvidos. 
- Na verdade,não há e nunca houve amor entre eles. 
E após estas tragédias familiares,ficam os filhos,sem pais ou sem mães,com um deles morto e outro preso pelo crime que cometeu. Uniões que começaram erradas e terminaram assim.
São acontecimentos corriqueiros,no nosso dia a dia  estes crimes, e outros piores,onde pais matam filhos ou vice-versa,com a banalização da morte,já que a vida "não vale mais nada",para alguns.
Saliente-se ainda, no aumento destes crimes um componente comum nos nossos dias :as drogas.
Continuaremos aqui a relatar estas atitudes selvagens e às vezes criminosas dos homens e mulheres de nosso tempo.

ALG - 03/09/2012.
...........................................................................