quarta-feira, 23 de maio de 2018

JUSTIÇA CEGA,FRIA E AGORA INVISÍVEL

Nos últimos 30 anos venho me utilizando da Justiça,para realização de meu trabalho diário,e sempre achei os procedimentos judiciais muito vagarosos,demorados mesmo! Em alguns casos,a demora é tanta que acabamos por ver Injustiças.
Entretanto,como é assim em vários países do mundo,acabamos por aceitar estas situações,sempre a espera de uma solução em nossos processos. Algumas decisões são boas,corretas e acabam por contemplar os interessados,outras nunca acontecem... 
-E a vida continua.
Nos últimos dez anos,contudo,com o avanço da tecnologia e da informática,também a área do judiciário resolveu se informatizar de vez,surgindo então o Processo Digital. É um avanço ,por certo,em alguns casos. No entanto,os profissionais da atividade jurídica, não estão concordado e não se adaptaram a estas mudanças. 
-Estamos tentando... 
-Mas ainda estamos meio perdidos...
Eu,pessoalmente,não concordo com algumas mudanças,pois esta Justiça Digital prejudica o cidadão comum,que além de não entender de direitos,tem agora de lutar para ver o seu processo,que está totalmente dentro dos computadores. 
A Justiça,no afã da informatização,simplesmente oculta os dados do processo,os documentos e atos ocorridos no mesmo,que somente quem sabe manusear os segredos da informatica têm o " acesso",e a informação que precisa. Assim mesmo com uma senha,devidamente cadastrada anteriormente. Isto,para alguns advogados,juízes e promotores,que trabalham nos gabinetes com ar refrigerado,têm secretárias e outros funcionários,pode parecer fácil. Porém,para a população em geral,é um desastre ! 
-FICOU MUITO PIOR.
Um outro dia,fui até um desses juizados para "ver" o andamento de um processo. Encontrei um ambiente frio,um prédio vazio,sem calor humano... tudo muito silencioso. E uma única atentendente, que simplesmente me disse que eu não poderia ver os documentos que haviam sido juntados ao processo do qual eu era parte... 
-Ou pior, eu não poderia nem mesmo "ver" o processo que envolvia meu nome,minha pessoa!... Só através do computador e com uma senha,que eu não tinha. 
-Então comentei com ela :
- A JUSTIÇA QUE ERA CEGA, ficou FRIA, (um pouco por causa do ar condicionado naquele prédio vazio).Mas, também pela "frieza" mesmo da atividade-fim... e que  agora era INVISÍVEL ! 
A moça atendente,sozinha naquele prédio vazio,concordou. E a mim,só restou sair dali,pensativo,vigiado por câmeras de vídeos,sem ninguém mais para eu poder reclamar...
Fiquei muito tempo parado,olhando aquela frieza ambiental,própria dos prédios da Cidade Grande. 
E me lembrei de duas obras literárias que li alguns anos atrás :"ADMIRÁVEL MUNDO NOVO",de A.Huxley;  e "1984" de George Orwell. 
-Concluo : Estamos solitários,perdidos. Porém,vigiados num mundo sem futuro,vivendo exatamente no presente tecnológico que tanto o homem procurou .
E penso eu: 
-Até para os advogados perdeu a graça,pois não têm mais aqueles processos físicos, cheios de papel, com capa e tudo mais ,que  eles podiam,inclusive,levar para seus Escritórios.
E para protocolar um processo então. É um das coisas mais difíceis que inventaram para a atividade jurídica.
Que me desculpem os defensores da tecnologia e da digitalização, mas é esta a minha opinião:
-A Justiça sem papel,perdeu a a graça !
................................................

Texto Original de Antônio L. Gomes 
Reedição 23 de maio de 2018

sexta-feira, 18 de maio de 2018

QUEM ERA "LETÍCIA" ?

Cláudio e Edivânia formavam um casal moderno... 
Ele com 40 anos de idade e ela com 35. Quinze anos de casados e sem filhos. Moravam em um bom apartamento no centro da cidade. Saíam muito.Carlos tinha um pequeno comércio e Edivânia era dona de casa, e vendia destes produtos de beleza conhecidos, apenas para poder ter uma outra atividade. Ela tinha o carro dela e dependia pouco do Carlos nestas vendas.
Mas, eles iam muito a festas,teatros,cinema e futebol,no carro de Carlos. Não havia tempo ruim para eles.
Carlos trabalhava muito,mas eles aproveitavam a vida,por assim dizer. Só faltava ter filhos.Mas a mulher não podia ter filhos.
E num belo dia de outubro do ano de 2015,resolveram ir ver um filme no Shopping Araguaia ,que fica anexo à grande Rodoviária da cidade.
Eles procuravam nos jornais e marcavam qual filme iriam ver. E neste dia, o filme que queriam ver só estava sendo exibido naquele cinema. E viram. Com direito a pipoca, refrigerante e tudo mais.
Depois saíram e foram ver as vitrines das lojas do shopping onde também fica o Cinema e muitas outras lojas bonitas, que mostram todas as novidades e coisas interessantes para se comprar. 
Ficaram muito tempo por ali. Tomaram um sorvete comeram alguma coisa e depois,lá pelas 11 horas da noite saíram rumo ao veículo do casal,que ficara estacionado por perto.
Eles viviam sempre assim: trabalhando e se divertindo juntos,como se fossem dois namorados. Eram muito unidos mesmo. Como se poderia dizer,cada um tinha encontrado sua alma gêmea...
-Pelo menos parecia.
-Seria o casal perfeito ?
E ao saírem do Shopping naquela noite,indo de encontro ao carro,que estava estacionado, se depararam com uma jovem moça,de no máximo uns 18 anos de idade, que perambulava por ali,como se estivesse desorientada,falando palavras sem nexo. Estava ainda pintada,com pouca roupa,e um cheiro de álcool muito grande,que dava para sentir de longe. E tal comportamento chamou atenção do casal,que se aproximou dela.Ela não era uma "moradora de rua",por assim dizer. Era muito bonita, limpinha. Bem diferente destas pessoas mal-tratadas e sofridas que ficam  nas calçadas da vida,nas cidades grandes
Tentaram conversar com ela ,perguntaram de onde era,porque estava alí daquele jeito,mas a moça só balbuciava algumas palavras sem nexo,como se estivesse alcoolizada e dopada.Como se tivesse consumido drogas mesmo.
Perguntaram se ela tinha celular,se ela sabia onde morava, se podia dizer  o nome de alguém da família,para que eles entrassem em contato,essas coisas.Mas ela nada disse de forma compreensiva..
As outras pessoas que viram a moça ali apenas achavam que ela estava esperando alguém. Como é comum por perto das Rodoviárias,mesmo do lado de fora. E ali é sempre muito movimentado,com táxis ,carros e gente caminhando de um lado para o outro. Só que era tarde,estava frio e a moça estava muito estranha...sozinha,sem lenço e sem documento.
Carlos e Edivânia resolveram levar a moça para o carro deles. Ela estava cambaleando,andando com dificuldades, em cima daqueles sapatos de salto alto.
O Carlos que era mais ativo para estas questões,pensou em comunicar à Polícia. Só que a moça que encontraram não tinha documentos,e estava com pouca roupa (uma pequena a apertada blusa colorida e uma saia bem curta), e poderia comprometer eles. Eles temiam sobre o que a moça poderia dizer depois na Delegacia, nesta ou e em outra ocasião, quando se recuperasse. Ela poderia acusá-los de alguma coisa,pois com a confusão mental em que estava,tudo poderia acontecer. 
Então Carlos combinou com a esposa de levá-la para casa. Afinal eles eram um casal sem filhos e tinham um quarto extra com cama arrumada para alguma visita. Edivânia,com atitude normal de mulher nestas horas,viu aquela moça tão jovem, sozinha, bonita e naquela situação,como se fosse uma filha precisando de ajuda. Uma filha que ela nunca tivera !
E "tombou" a cabeça dela em seu colo no banco de trás do carro,tratando-a com carinho,a ponto da moça adormecer em seus braços,dentro do carro. 
E assim foram para casa.
A moça,que não sabia dizer o nome dela para o casal naquela noite de domingo, dormiu até a segunda-feira dez da manhã. E acordou ainda sonolenta ,porém ainda muito confusa. E depois de tomar um banho e vestir umas roupas da Edivânia ,das que serviram para ela,foi tomar um café com o casal. Como Carlos estava curioso sobre a moça, embora sempre saísse cedo para o trabalho,esperou  em casa esta hora deste "café",um pouco mais tarde, da manhã  de segunda-feira. Afinal ele precisava saber alguma coisa mais sobre  ela,que iria ficar com sua esposa dentro do apartamento.
A estranha moça tinha uma pequena pulseira dourada no pulso onde se lia um nome gravado : "Letícia" ! 
-Este deveria ser o seu nome.
Perguntada, a moça disse que este deveria ser mesmo o nome dela.E que só lembrava que viera de uma outra cidade  do interior visitar uma amiga,cujo nome não se lembrava agora,nem onde morava,com quem foi até um Show em uma boate. E foi lá conheceu um rapaz que deu muita bebida para ela, e a levou para um motel onde deu ainda mais drogas para ela usar.Ela já havia bebido em festas,mas nunca tinha usado drogas antes. E disse que mesmo meio drogada não se sujeitou a se envolver sexualmente com o rapaz, que insistiu com ela durante toda a noite. Este depois de tentar agredi-la no motel,saiu com ela no sábado à noite pela cidade,levou ela para um lugar estranho onde ela ficou numa cama,adormeceu. Mas não sabia dizer onde fica esta casa. 
E disse ainda que o rapaz  a agrediu nesta casa,  e  depois a  deixou na rua,na tardezinha do domingo,perto da Rodoviária,sem lhe entregar a sua bolsa com documentos,celular e algum dinheiro que tinha. Era só o que ela lembrava. Talvez ela tenha perdido os documentos também,não se lembrava direito.Continuava confusa.
Deu sorte,pois muitas outras mulheres,na situação dela,são mortas. Mas,ela tinha apenas umas marcas nos braços, uns arranhões,como se tivesse sido segurada,com muita força. 

E foi assim que ela estava ali perto da Rodoviária, onde o casal a encontrara.
Decerto ela tinha planos de voltar para sua cidade,mas estava sem dinheiro e sem documentos, e totalmente "grogue",tonta e com amnésia,por vezes sentada no chão, ora  caminhando por ali,por perto da Rodoviária,onde também se situa o Shopping onde o casal tinha ido ver o filme. 
-Foi o que deduziu o Carlos e a Edivânia também...
E  eles,desse dia em diante, passaram a tratar "Letícia" como se fosse uma filha.Uma filha que não tinham. Davam todos os mimos para ela,compravam roupas e estavam até pensando em pôr ela para trabalhar no comércio do Carlos. Mas a mulher tinha ciúmes do marido,que no entanto,até então não tinha "passado dos limites" no tratamento com a moça E ela era bem bonita,com seus cabelos louros encaracolados olhos verdes e semblante bem jovem.
Havia um porém ainda. Após passados alguns dias,Letícia não se lembrava da Cidade de onde viera e também não quis ir com o casal até uma Delegacia fazer uma ocorrência e tentar tirar outros documentos. Além disso ela estava se acostumando ali,com o casal, e não falava em ir embora. Para o Carlos estava tudo bem. Porém, a Edivânia,apesar de gostar da companhia diária da moça,tinha muito ciúmes do marido. Era só ele chegar e ela ficava vigiando os passos dele, se ele estava olhando demais para a moça...essas coisas do ciúme feminino.
Quando saíam na rua diziam que era um prima da Edivânia,que viera do interior.
O tempo foi passando e Edivânia já pensava em arrumar um emprego para Letícia. Dizia para ela voltar a estudar ,etc.
Os dias passaram depressa. Chegou março,abril,maio e chegou junho. A moça de pouca conversa falava em ir embora,só que não falava para onde.  Dizia que realmente não se lembrava de onde viera. E não apareceu notícias do desaparecimento dela na TV.
Acostumado com ela ali,o casal não queria que ela fosse embora. Diziam que ela precisava de documentos.
Preocupado,Carlos procurou um amigo advogado para aconselhar-se daquela situação. O amigo lhe disse que era complicado até ele ir na Delegacia,pois poderia ser entendida aquela situação com "cárcere privado",e eles não tinham o endereço, o nome completo ou mais informações da moça,etc. 
E a Letícia não iria saber dizer muita coisa na Polícia,pois continuava confusa.
Assim preferiram "dar mais um tempo" ,como se diz.
E o mês de junho de 2016 passou ainda assim,nesta mesma situação: Letícia na casa deles,ficava sendo "cobaia" dos produtos que a mulher vendia. Ela conversava pouco,dormia muito.E ia nos locais onde a Edivânia ia. Até na Igreja ! E ajudava nas tarefes domésticas.
Letícia sempre calada,pensativa, e esquecida.
E ficava sempre em casa. Só saia com a Edivânia. Não falava com mais ninguém,não namorou com ninguém durante todo o tempo em que esteve no apartamento do casal aqui citado.
Edivânia tinha se apegado tanto a esta moça que a via como uma filha mesmo. Dava muitos conselhos para ela. Letícia só ouvia,não discordava de nada.
Enfim,para encurtar a história,chegou o mês de julho,as férias que muita gente tira. E o Carlos ia fazer uma pescaria longe,na qual a Edivânia não queria ir. E não foi mesmo.

Ele saiu lá pelo dia 10 de julho dizendo que voltaria até o dia 20.Foi longe,para uma região onde tinha parentes que têm fazenda. E neste meio tempo Edivânia foi para casa de sua mãe, que morava em um sítio ,em outra cidade. Foi com Letícia.Lá contou toda esta história para sua mãe, que a aconselhou a procurar uma Delegacia.
Sua mãe,mais experiente, lhe disse para ter cuidado,pois a moça poderia denunciar Edivânia,como se esta estivesse usando-a como uma empregada doméstica sem salário, quando acabasse este período de "esquecimento".
Dia 21 de julho, uma quinta-feira estavam todos em casa de novo. No apartamento bem aconchegante de Carlos e Edivânia.
E no dia 23,sábado, Edivânia foi fazer compras na feira. Era uma das poucas vezes em que a Edivânia não saiu com a Letícia, esta ficou sozinha. 
Ela gostava de ouvir rádio e "arrumar" o apartamento.
E foi neste dia que Carlos chegou e "pegou" a Letícia telefonando para alguém,usando o telefone fixo,que tinha uma extensão até o quarto. Assim que a viu falando ao telefone,com certa desenvoltura,ficou meio sem graça,mas nada perguntou. E saiu até o corredor do  prédio e ligou no celular da esposa,sem Letícia ouvir. 
-Contou este fato.
-Comentaram tal situação.
E no dia 24, um domingo,Carlos saiu cedo. Ia para um futebol socyte, num local perto de onde morava. Edivânia,que era cristã praticante,dessa vez foi à Igreja sozinha,pois ia ter uma reunião após o culto e pediu para Letícia fazer o almoço. Ela já tinha feito isto antes.
Depois da Igreja Edivânia foi comprar algumas coisas no Supermercado. 
Chegou às 11:30 horas. E dessa vez não encontrou Letícia em casa.Nem almoço pronto,nem nada. Do apartamento nada foi levado. Apenas as roupas que a Edivânia tinha comprado e dado para a Letícia não estavam mais no guarda-roupa.
Imediatamente ela ligou para o marido Carlos,que estava se trocando no vestiário do campinho de futebol,se preparando para beber com a turma. Ele ficou bem assustado. Voltou depressa para casa,dispensou a "cervejinha com os amigos".
Saíram os dois e procuraram por todos os locais onde eles já tinham ido com Letícia. Na feira,na padaria,e nos vizinhos. Nada dela. Nenhuma notícia dela.
Falou com o Síndico,viu as gravações das câmeras do prédio. E viram Letícia saindo pelo corredor,e no elevador. Ela estava apenas com uma sacola grande e as roupas simples.As mesmas que ela estava no mesmo dia que a encontraram.
Saiu pela portaria a pé,virou a esquina e sumiu.
Até hoje não mais apareceu.
E nem Carlos,nem Edivânia tiveram coragem de contar toda esta história na Delegacia.
E agora, passados quase dois anos desde o dia que encontraram Letícia,eles não tinham o nome completo dela.Não sabiam de onde ela veio. Não podiam dar queixa dela,pois ela  em nada prejudicou eles.
-Será que ela se aproveitou de toda a situação para ficar na casa deles por um tempo ?
Contaram esta história para este simples escriba,que agora repasso aos nobre leitores.
De onde veio Letícia ?
Para onde foi Letícia?
E reforço estas perguntas,com outras perguntas:
-Quem era esta "estranha" Letícia ?
Tão meiga,tão pura,tão calma..
-Que mal tão grande ela sofria em sua Alma ?

........................................
P.S. História com base em fatos reais.  Os nomes das personagens foram trocados,para resguardar suas intimidades .

OBS.. Este conto será parte integrante de meu livro "Crônicas da Vida Real" a ser publicado ate dezembro de 2018.
Texto Original de : Antônio L. Gomes
Reedição: 18 de maio de 2018.









sábado, 12 de maio de 2018

SÓ MÚSICAS DE QUALIDADE : UMA VIAGEM NO TEMPO ''''' ANOS 50' 60' 70' '''''

SOMOS NÓS QUE ELEGEMOS E SUSTENTAMOS OS MAIORES LADRÕES DESTE PAÍS ?

Muitos anos atrás, na Inglaterra algumas mulheres mais liberadas (algumas eram prostitutas mesmo) foram à um parque, na época do verão, e com biquínis não tão pequenos como os das brasileiras, exibiram nas  suas calcinhas,na parte do fundo a bandeira da grã-bretanha,(Reino Unido) e na parte da frente os dizeres: "Nós sustentamos a Inglaterra". 
À primeira vista se pensou que elas queriam dizer que seriam as mulheres livres que sustentavam a Inglaterra. Mas,aos poucos, se deduz também que eram as mulheres, e qualquer mulher,que com sua sabedoria e trabalho e esperteza, sustentavam a Inglaterra, pois são mais econômicas e inteligentes que os homens. 
-Principalmente as Inglesas,claro.
E a maioria dos homens de verdade, sempre precisam de uma mulher sábia,para lhes orientar no dia a dia ,desde a sua própria  mãe, até aparecer uma esposa. 
-Certo ?
Fazendo uma comparação apenas literária, eu agora pergunto: 
- Afinal de contas,nós,os eleitores otários, que votamos e elegemos estes políticos ladrões, somos os culpados por esta roubalheira toda que está assolando o País ?
-Somos nós que elegemos os maiores políticos  ladrões e  os  políticos corruptos deste País ?
Não é possível que,por força de uma obrigação constitucional, tenhamos que votar de dois em dois anos e com isso estaremos elegendo em todas as eleições,um monte de ladrões (leia-se políticos) para nos enganar e roubar durante seus mandatos.
Só esta última semana ouvimos notícias de vereadores presos em duas cidades. Numa delas todos os vereadores foram presos por fraudes e corrupção. Parece que eles nem mais se importam de terem seus nomes na imprensa nacional,de verem seus rostos na TV, exatamente porque fraudaram e roubaram. 
-A ladroagem dos políticos virou rotina no Brasil.
Estamos cansados de tanta roubalheira. 
-Chega !
Sempre pensamos que aquele candidato no qual votamos seria o melhor,mais honesto. No entanto,é só eles tomarem posse que começam a desviar verbas ,aceitarem e pagarem propinas, contratar funcionários fantasmas para poderem tirar mais dinheiro dos cofres públicos,etc. 
-Isto sem falar naqueles que roubam mesmo.
Uma vez,em 1998 eu escrevi um artigo para um Jornal diário de Goiânia,GO, com o seguinte título: 
"Somos nós que elegemos os nosso maiores ladrões: Os Políticos". 
O Editor do jornal alegando falta de espaço não quis publicá-lo de jeito nenhum. 
Mas, na verdade, não era por falta de espaço nas folhas do jornal, é que eles, os diretores e proprietários do Jornal, ligados à uma grande Empresa de Comunicação de Goiás, já estavam "vendidos aos políticos"...E "pendiam" para uma determinada legenda,que no caso era o PMDB.  
Estavam tão "vendidos" que publicaram pesquisas encomendadas pelo Político corrupto e candidato desse Partido político, que dava dinheiro para eles. E informaram na primeira página do Jornal,dois meses antes da eleição, que o candidato deles iria ganhar, com uma diferença de mais de 30 pontos. 
A pesquisa era do IBOPE,outro "povo custoso", cujo dono vendia até a mãe por dinheiro. Acho que hoje este Instituto de Pesquisas mudou de dono. 
Deu zebra,o candidato que era considerado fraco e que perdia nas pesquisas foi o que ganhou a eleição. E por coincidência,passou ano e entrou ano,este candidato do PSDB,ganhador desta eleição. É  o que está no poder atualmente em Goiás.
Mas ele não é santo não. Já teve acusações de caixa dois contra ele. E agora tem outro jornal daqui que é "puxa-saco" dele. 
-Coisas da política mesmo ! 
O fato acima citado ocorreu em 1998. Mas, o jornal que favorecia o candidato que perdeu, mesmo tendo publicado a pesquisa falsa e do Ibope,ganhou o dinheiro dele do mesmo jeito!... 
Depois "mudou de camisa" e passou a "torcer" para o candidato que ganhou. Por uns tempos,pelo menos. Tudo são negócios.Tudo visa o poder e o dinheiro. A mídia de hoje vive assim.Todo mundo tem um "lado". Esse negócio de ideologia política já era. Agora quem manda mesmo é o dinheiro. 
-Quem der mais...
Esse povo da política faz ,obviamente,o "jogo do poder "!
-Enquanto isto,nós os eleitores-otários, que ainda somos obrigados a votar por força de lei,ficamos agora vendo todos os dias nas TVs e nos Jornais,os grandes escândalos desses políticos-ladrões, corruptos e bandidos com mandato , a nos roubar, desviar dinheiro, receberem e pagarem propinas, para se enriquecerem ainda mais. 
São os chamados "ladrões de colarinho branco", de paletó e gravata, que estão "afundando" as finanças do Brasil.
Com o fez o Lula e seus asseclas do PT, PP e Cia.
Além de todos estes políticos que estão sendo investigados e presos no "Mensalão" e "Petrolão" da vida, que tiraram mais 60 bilhões de reais dos cofres públicos.
-Ou mais !Tudo está sendo investigado ainda. Alguns foram presos. 
E os cofres públicos,para quem não sabe,são abarrotados  todos os anos, com quase dois bilhões de reais de impostos. 
Impostos que pagamos todos os dias. O dinheiro é nosso,pois o Governo,seja ele qual for, não fabrica dinheiro. Eles são especialistas em criar e cobrar impostos.
E o pior de tudo é que somos nós que ainda sustentamos esses políticos, pagando mais impostos, para que eles recebam seus polpudos salários. Ganham bem para nos enganar e nos roubar. Ou "lavar" dinheiro,como agora é muito comum entre eles.
Agora, feito e descoberto o rombo, querem impor a nós mais impostos para cobrir o buraco financeiro que eles mesmos fizeram.
-Seríamos mesmo nós os culpados?
E se não fôssemos obrigados a votar ?
Mesmo assim existiriam ladrões,principalmente políticos,pois essa "praga" é pior que gafanhoto. E não fabricaram ainda um veneno eficaz que possa extirpar da sociedade os políticos corruptos. 
-Por isso, a cada ano, eles se multiplicam.
Estamos fritos!..
E que Deus tenha piedade de todos nós,os eleitores otários, que, por força da lei,somos ainda obrigados a eleger essa "corja" de mafiosos.
-Quando votamos não adivinhamos que o candidato por nós escolhido vai ser corrupto. Sempre pensamos que ele vai fazer algo por nós.
-Votar leis que beneficiem toda a sociedade.
Temos agora de fazer de tudo para que a Justiça puna eles. Sejam os da "Operação Lava Jato" Presidida pelo Juiz Sérgio Moro, ou  de outra "operação" policial qualquer.  
-Todos os dias surgem outras "operações policiais" que prendem corruptos no Brasil.
O que não podemos é deixar aumentar ainda mais a quantidade destes "insetos engravatados", a roubarem o nosso dinheiro, o dinheiro do Brasil, o que  eles estão fazendo já há algum tempo, do Oiapoque ao Chuí. 
Temos ladrões-políticos nas Câmaras Municipais; nas Prefeituras dos Municípios mais longínquos, como lá no Amapá; e até nos Estados;nas Assembleias Legislativas ; nas Secretarias de Grandes Órgãos Públicos; nos Palácios; na Câmaras de Deputados,  no Senado Federal e até na PresidÊncia da República,como foi o caso do LULA.
Muitos deles já são ricos, mas a medida da ambição deles não tem limites.
Vejam por exemplo o que fez o Palocci, o Anthony Garotinho,o Eduardo Cunho,o Sérgio Cabral,o Vaccari do PT e muitos outros, que já estão sendo presos e alguns deles já foram até condenados,como o José Dirceu,o João Vaccari, do PT outros.
E vem aí muitos mais,como o Renan, a Gleisse Hofmann, o Romero Jucá...
-Todos envolvido,de uma forma ou de outra com propinas, corrupção e lavagem de dinheiro.
Temos que exigir a punição deles e a devolução do dinheiro que roubaram ou desviaram. 
-Esse dinheiro saiu de nosso bolso. 
Precisamos que esse dinheiro suado que ganhamos e com o qual pagamos mais e mais impostos,(desde a água que bebemos, até na conta de energia,do gás,da comida diária) possa ser utilizado na Saúde,Segurança e Educação. 
E tudo que comemos e compramos tem imposto. 
E esse dinheiro sai do meu e do seu bolso,meu leitor amigo.
Se  não tiver uma Lei mais dura para eles,vão conseguir o intento mais sinistro a que se propõem: Ficarem bilionários e o País falido,cheio de eleitores pobres e endividados.
Basta de corrupção !
Cadeia para todos os Ladrões-Políticos,ou para os Políticos-Ladrões  !
Temos que mudar essa "onda" de que todo político pode roubar. Todos devem ser punidos.
A lei deve ser para todos.
Até para o Paulo Maluf !
É o que está escrito na Constituição Federal vigente.
.........................................
A.L.G.  Reedição :  12 de maio de 2018

domingo, 6 de maio de 2018

TRAGÉDIA NA POLÍCIA CIVIL GOIANA COMPLETA 06 ANOS

Todos nós que residimos em Goiás,soubemos da Tragédia que se abateu na Polícia Civil de Goiás há dois anos,quando o helicóptero em que viajavam 2 peritos,dois pilotos e 3 Delegados de Polícia caiu perto da Cidade de Piranhas,Goiás,no dia 08 de maio de 2012.  Nele também estava o preso Aparecido de Souza Alves, de 22 anos de idade, dito como psicopata,que dez dias antes havia assassinado 7 pessoas numa fazenda no município de Doverlândia distante uns 330 km de Goiânia,GO.
Foi uma tragédia atrás da outra, já que os Policiais,no ímpeto de fazer a reconstituição do Crime perpetrado pelo preso Aparecido de Souza Alves (acusado dos 7 homicídios) acabaram pagando com a vida,num acidente que causou comoção na Polícia Goiana. 
Morreram no acidente,além do preso Aparecido, que estava sob a custódia da Polícia, os Delegados da Polícia Civil, Antônio Gonçalves Pereira dos Santos, Jorge Moreira,de Goiânia, e o Delegado Vinícius Batista, de 32 anos de idade, que era titular de uma Delegacia da Cidade de Iporá,GO,responsável pelo Inquérito Policial que investigava os crime praticados pelo  Aparecido .
 Além destes três Delegados,morreram ainda o Piloto Osvalmir Carrasco Melati Júnior e o Co-piloto Bruno Rosa Carneiro,além dos Peritos  Fabiano de Paula Silva e Marcel de Paula Oliveira que eram primos. 
Ressalto aqui que conheci pessoalmente o Delegado Jorge Moreira,que fez um curso na Academia de Polícia,ainda nos anos 90, do qual cheguei a participar no começo, e também porque resolvendo um problema de um parente próximo, fui num Distrito,também nos anos 90,e falei com ele,que me ajudou a resolver tal problema.
E também sabia bem quem era o Dr. Antônio Gonçalves, o Delegado que resolveu o problema do Caso"Pedrinho" envolvendo a Sra. Vilma que falsificara documentos e sequestrara este menino ainda pequeno. Um caso que ficou conhecido nacionalmente.
 Esta tragédia foi um acidente,como ficou provado,mas que deixou grandes dúvidas, Falou-se em falha humana,falha técnica e até falta de combustível. Houve acusações contra a empresa que fazia a manutenção da aeronave e até que o Piloto titular teria se precipitado em retirar o avião antes de ser feita a tal manutenção. 
Tudo agora ainda é motivo de investigação do Cenipa e dos Órgãos de Segurança Pública  do Estado de Goiás.
O certo é que a própria investigação do crime acontecido na fazenda ficou prejudicada, pois com o principal acusado morto e até a perda de partes do processo,que se queimou no acidente do Helicóptero,difícil está se apontar outros culpados. Além disso, com o principal acusado morto, a lei prevê a extinção da punibilidade em relação a ele ,com o posterior arquivamento do processo. 
Restou para os parentes da vítimas,as ações judiciais para se receber Indenizações, que obviamente as famílias dos Policiais e também do preso acusado do crime(chacina) irão pleitear do Estado. Isto porque o Seguro obrigatório da Aeronave,foi pago em pouco tempo, para as famílias dos falecidos. Até a mãe do preso receberá sua parcela,pois o seu filho ,o Aparecido, embora tenha cometido a chacina,estava no helicóptero e sob a custódia do Estado.
O que agora se vê,passado tão pouco tempo, é que toda essa tragédia, já está caindo no esquecimento, superada a notícia inicial, que agora já se vê substituída por outras de maior interesse da população.
 É assim no mundo de hoje,no mundo da Mídia... Logo que surgem escândalos, principalmente envolvendo políticos, a TV, os Jornais e as emissoras de rádio, passam a dar um "tratamento" especial a estas notícias novas,colocando outras no esquecimento.
Obviamente que,para as família dos Policiais mortos, esta tragédia não será jamais esquecida.
E agora resta a todos, principalmente para os Policiais da ativa, da Polícia Civil Goiana, que uma "lição" tão cara como esta,sirva de alento,para que se tomem as precauções necessárias,quando houver outra situação idêntica ou parecida.
..............................................

A.L.G.

Reedição : 06 de maio de 2018

sábado, 28 de abril de 2018

FILME : "Trem Noturno Para Lisboa" (2014) - Dublado em Português- Com : Jeremy Irons

28 DE ABRIL :O DIA DA SOGRA

Segundo o calendário comercial,de datas e feriados mesmo,se é que este existe,  neste dia 28 de abril é comemorado o "Dia da Sogra". Está claro que este é um dia inventado pelo comércio,para ver se algum genro ou nora se lembre de dar um presente à essa que seria a nossa "segunda mãe". 
-É o que dizem por ai,mas que discordo,pois mãe só tem uma !
E assim,antes do Dia das Mães, que será no 2º domingo de maio,criaram esse Dia da Sogra. -É nesta quinta-feira,não se esqueçam !
Eu,graças a Deus,não tive problemas com minha sogra. Ela era muito distraída, e se esquecia de me visitar. E de visitar os netos,pois passava mais de um ano sem vir à minha casa,embora morássemos aqui,na mesma cidade da América do Sul...
- Ou seja,em Goiânia,GO.
Agora ela já se foi...Descansou!
Na época em que eu namorava com a filha dela, que agora é a minha "cara-metade",a futura sogra me ignorava,a maioria das vezes (até mesmo quando eu estava na casa dela).
- Aí eu já achei que ela não seria problema para mim... E isso me incentivou a casar com a filha...
-E não foi problema  mesmo ! Além disso eu estava interessado mesmo era na filha dela e não nela. E assim,acabei casando com a filha,e não me preocupei como viria a ser o comportamento de minha sogra. 
-Ela não foi nem no meu casamento...(Acho que esqueceu)
Ela gostava mesmo era de gatos, e criava muitos bichanos. Estes sim,eram tratados"razoavelmente" bem, por ela.
E tínhamos nossa culpa,também ,pois a filha única,também não gostava muito de visitá-la. Assim,se esta que era filha dela,não a visitava, eu então,que era o genro,ficava na minha...
Mas ela era gente boa,com seus problemas de saúde,não tinha mesmo muito interesse em ficar andando por aí. E já com certa idade,veio ficar os "últimos dias" aqui em casa,ocasião em que não me conhecia mais,e eu nem me importava com isso,pois conhecia sua maneira de ser. 
Agora ela "está em bom lugar" ,e não tenho queixas a fazer dela. 
-Ela descansou, e nem me "cansou"...
 Porém, há sogras que causam separações dos filhos ou filhas...
Mas sei de casos em que a sogra tratou tão bem o genro que o "tomou" da filha ! Isto mesmo, a filha foi trabalhar um tempo fora,quando voltou a sua mãe tinha fugido com o genro. 
E soube também de sogro que ficou com a nora...Por causa de problemas financeiros do filho, a nora preferiu ir morar com o Sogro. E teve filhos com ele. Isto gera um problema familiar,pois o avô (sogro) passa a ser também pai de filhos da nora. Então ele é avô e pai de uma prole complicada. O mesmo acontece se a sogra casar ou tiver filhos com o genro.  
-A lei não prevê esses "erros" familiares...
Uma vez,um desse embrolhos familiares confundiu um sujeito de tal forma que ele pensou ser pai dele mesmo. Mas não era. Foi uma confusão mental que lhe passou, tal os erros de uniões da família.
Mas acho que é proibido casar com a sogra. Já pensou: depois de tantos problemas com a esposa,o sujeito se divorcia e ainda casar com a sogra. Este sujeito tem que ganhar um "lugarzinho" no céu...Ou um pedacinho de "céu velho" de brinde.
Já a minha mãe,que era sogra dos outros,creio que não foi das piores sogras,pois não criava problemas para ninguém. E era sábia, para não atrapalhar os casamentos dos filhos e filhas. Embora sempre sobrava alguma queixa das noras,dos genros,pelo que vi falar.
- Não deve haver uma "sogra perfeita".
Há muitas piadas com a sogra,e são muitos os casamentos que se acabam se estas interferem muito, ou dá "palpites" na vida diária dos genros e noras. 
E sei de um caso em que a "sogrona" era boazuda , "quarentona enxuta !", dizem... (Deus que me perdoe). Assim , o genro ficava de olho nela. A mulher dele saía para trabalhar em horário diferente do trabalho do marido, e o cara ficava de olho na sogra.  Um belo dia, a filha foi visitar uma amiga,demorou uns dias fora, e a sogra,uma "mocréia" assanhada , ficou sozinha na casa com o genro. E tomou umas cervejas  assistindo o futebol na TV, só com ele,  e assim,"rolou", "pintou" o clima. A "coroa",já meio grogue,pela bebida, "entregou a rapadura" para o genro ! 
 E o sujeito,sabendo que eu conhecia algumas "coisas" do Direito, ainda me perguntou se aquilo era "incesto" . 
 -Sei não  ! Até eu tenho dúvidas . 
E pergunto : - "Transar" com a sogra é incesto ? Que me respondam os leitores entendidos ou especialistas no assunto. Eu por meu lado acho que é pecado ...
E é muita coragem do genro,conforme o caso...
Dizem que tudo que é proibido, é bom ! 
-Até "garfar" a sogra ?
Este amigo meu disse que valeu a pena, até a esposa dele descobrir.
 -Disse ele que foi bom . Conheço esse sujeito. É um amoral .  
Um dia  numa briga com sua " cara-metade" o cara falou: " Sua mãe é melhor que você, na hora do "rala e rola "... (Falou mesmo !).
 Ah ! Ai o caldo engrossou. Foi separação na certa...
Depois ,separado e com saudade da esposa, veio "chorar" na minha frente.
 -Ora cara, vai chorar na cama,que é lugar quente...
-Foi o que eu lhe disse.
E há casos de sogros que ficam de olho nas noras. Isto acontece mesmo. Mas são mais raros, pois há mais sogras morando com os genros,que sogros com noras.
 -E porquê não tem o Dia do Sogro ?
-Mas que tem uma sogras bem "ajeitadas",isso tem !
Invariavelmente,a sogra boa é aquela que mora bem longe. E "a melhor delas é a que não existe ", diz um amigo meu (maldoso!).
 O que vejo no dia a dia é que as sogras sempre querem o melhor para suas filhas e filhos,e nesse interesse criam "conflitos " com os genros e noras.
E o que se vê,apesar das tentativas de marketing do CDL, é que não vingou muito essa ideia de dar presentes para a sogra... 
-Ir no shopping só para comprar presente para a sogra ? 
- "É muito difícil" - como diz o ceguinho Geraldo Magela...
Eu,como não tenho mais sogra,vou economizar "esse" dinheiro. 
Finalizando digo: 
-Não ande desejando a morte de sua sogra... 
...Contente-se em saber que ela morreu !

-Que maldade !
....................................................
Reedição: 28/04/2018
Texto original de :Antnio Luiz Gomes.

terça-feira, 24 de abril de 2018

JORGE (Homenagem).


Neste dia 24 de abril  faz aniversário,(se pode ser dito assim),do acidente de trânsito que vitimou o meu irmão mais velho,Jorge Luiz Gomes,que após três dias na UTI do Hospital Neurológico,veio a falecer dia 27 de abril .
Jorge era quase dez anos mais velho que eu e além de ser meu irmão biológico, era também um amigo,para todas as horas. Foi ele que,após a morte do meu Pai, ajudou-nos muito da forma material,pois embora já fôssemos todos adultos e já estivéssemos trabalhando, era ele o que "trazia" a ajuda financeira,enquanto nós outros estávamos procurando se "acertar" na vida.
 Foi ele quem "segurou" a barra da sustentação da casa,até eu me formar, e devo ,em parte, minha formatura à ajuda desinteressada dele. A ele e também à Rosa, e à "Milia", minhas irmãs,que sempre me ajudaram.
Jorge era um dos melhores vendedores ,no âmbito comercial,que conheci. Trabalhou desde jovem em lojas,primeiro com meu tio e meu pai,lá nos longínquos anos 60, na Bahia,onde ,juntamente com minha outra Irmã, a Nita, trabalharam com meu Tio Cícero,na Loja chamada"Lusitânia",em Vitória da Conquista,Estado da Bahia. 
Ele vendia tudo. Ninguém saía sem comprar !
Depois,já nos anos 70,em Goiânia,na feira com meu pai, ou com o Nairo,em Goiânia e Goianésia, e por fim,na mesma loja em que trabalhei,na "Cidade Jardim ",por onde passaram ,além de mim, a Rosa e a Milia. A Rosa continuou na Loja ainda durante muito tempo. Depois foi para outra  loja.
Porém ,tanto eu como a Milia, saímos,fomos para outros objetivos e Jorge ficou na Casa Silva,do "Seo" José Mago (José Alves da Silva), onde trabalhou entre 1974 e 1983...
O Acidente ocorreu num domingo, dia 24 de abril,perto do Detran,na Cidade Jardim,em Goiânia.
Ele Partiu "antes do combinado"...
Jorge gostava de futebol, e torcia para o Atlético Clube Goianiense, que foi recentemente Campeão da Série "B" e que agora está na série "A" do Brasileirão. Gostava muito  de conversar,de filmes e obviamente, de mulheres. Mas não se casou, nem teve filhos. . 
Um ano antes de falecer,"arrumou" uma namorada firme e estava com intenção de se casar,mas "não deu tempo"....
Na Cidade Jardim, nos 90 anos que foi o "timoneiro" da loja,indiretamente ajudou à família do "Seo" José "Mago" ,da Casa Silva,principalmente os filhos dele, a crescer e aprender com ele. Era um exímio vendedor e um brincalhão. Ninguém tinha raiva dele ou ficava descontente com suas brincadeiras. Sabia como ninguém vender para as mulheres,e ficou conhecido no setor todo.
Era difícil trabalhar na mesma Loja com ele,pois todos queriam comprar apenas dele. Eu mesmo passei por isto em várias situações,enquanto trabalhei lá, quando estava estudando. Enquanto ele "dobrava" os fregueses, se ficássemos ouvindo sua conversa, tínhamos que rir. E, muitas vezes , tínhamos de nos esconder,para rir e não constranger os fregueses.
Ele era realmente engraçado. São frases suas que nunca esqueço : "Aqui só aceitamos seres humanos !" . Ou "Este é um problema de muita gravidez e pouca gravidade",se referindo à freguesas que iam na loja e que  estavam grávidas. Aliás,quando uma mulher jovem dizia :
-"Jorge,estou grávida !" ,  ele logo retrucava :  
-"Quem é o pai da criança ?" 
As freguesas não apelavam,e riam destas brincadeiras.Enquanto elas riam,ele ia vendendo,vendendo..
Também gostava de dizer que "Ser pobre não é defeito,mas uma infelicidade grande".... E outra frase sua era " Para ser louco ou doido é preciso ter muito juízo !"
Me lembro também que quando uma pessoa era mais religiosa ele fazia brincadeiras com os conhecimentos bíblicos que tinha,pois lia muito aquelas Revistas das Testemunhas de Jeová,que ele "seguiu" por um tempo.Ele gostava de dizer: "Nem só de pão vive o homem..Mas com uma manteiguinha e um pouco de leite,o pão vai bem!"
E para alguns dos filhos do "Seo" José,que muitas vezes não iam trabalhar na loja,ele dizia: 
-"O problema deles é que  não têm tempo de trabalhar !"
Ele não quis evoluir no estudo do ensino formal,estes de 1º,2º grau,ou superior.Porém,tinha um conhecimento acima da média e lia muito. Era um autodidata em viver. Sabia filosofia e psicologia de tanto ler...Seu livro de cabeceira era " Ajuda-te pela Psiquiatria" de Frank S.Caprio, que eu também li e reli.
Jorge sabia cativar os fregueses,que,invariavelmente,se tornavam amigos dele e conhecidos nossos.Até hoje encontro pessoas nas ruas de Goiânia e que me viram trabalhar lá,na mesma loja que ele. Estas pessoas nem lembram meu nome,mas perguntam:
-" Você é irmão do Jorge ? "
E assim,por "tabela",também fiquei sendo um pouco conhecido...(Como irmão do Jorge!)
Mas, o destino não quis que Jorge envelhecesse. E ele se foi ...(Pelo menos  a sua vida terrena expirou ).
Foi no dia 24 de abril de 1983,num domingo,que Jorge ia em sua moto para o Estádio Serra Dourada. Ia ver um jogo entre Corinthians e Goiás, pelo campeonato brasileiro. Mas não chegou a ver o jogo. Aconteceu o acidente na Cidade Jardim,perto do Detran. Eu fiquei sabendo à tarde,por informação de pessoas da Cidade Jardim,que o socorreram,e que vieram até nossa casa avisar.Nesta tarde,  como eu também era "meio" jogador de várzea,estava com a Camisa do Flamengo onde,naquele dia, tinha participado de uma "pelada" em nosso Setor. Assim mesmo fui encontrá-lo, já inerte,no Hospital Neurológico de Goiânia,embora seu primeiro atendimento tinha sido no Hospital Santa Rosa,em Campinas,Goiânia.
 À noite ele já estava na U.T.I ,e dai não saiu mais,até o dia 27 de abril,quando veio a falecer. Traumatismo craniano foi a causa,mas ele não apresentava grandes "arranhões" ou graves hematomas.
Porém,tinha batido a cabeça. 
-A sua moto não estragou quase nada...
Tivemos de resolver tudo até o seu velório,em casa,a mesma onde morei até o ano de 2012. Muitas pessoas ajudaram e depois vieram dar o "adeus", "despedir-se" de Jorge.
Fui testemunha ocular de sua popularidade no Bairro onde ele trabalhava. Ao passarmos lá,com o carro da Funerária,milhares (isso mesmo) ,milhares de moradores,fregueses e amigos, fizeram uma passarela,em toda a Rua Gomes do Nascimento,onde funcionava a Casa Silva, e bateram palmas para o Jorge,na despedida final.Eu,que estava no carro da Funerária ao lado do motorista,no caminho para o cemitério,não pude me conter...tive de chorar.
O Motorista,acostumado a homenagens fúnebres, falou. "Nunca vi uma homenagem destas,a uma pessoa comum,de origem simples.." - Afinal Jorge nem era Político, nem rico,nem famoso....
- "Ele era muito querido!", disse o motorista ! E eu pensei ...Jorge era um puro de coração,por isso todos gostavam dele.
E sabia manter as amizades. Era um "conversador nato".Sempre tinha assunto para  os fregueses e amigos. E as mulheres eram suas freguesas cativas. Sabia como ninguém tratar as mulheres-freguesas.Com respeito,claro,mas sempre brincando!
Hoje ainda sou o "irmão do Jorge"... 
Isso mesmo, ele era o "importante" ali na loja. 
E eu sou ainda o irmão do Jorge, pois "os mortos não morrem".
Dizem os espiritualistas que ele atingiu um "estágio" muito superior aos outros viventes comuns,como eu. E que por isso,deve estar no local certo e conhecido, para tais pessoas.
- Quem pode duvidar disso ?
E assim, naquela ocasião,estávamos perdendo o convívio terrestre com ele. O velório foi triste,obviamente,mas pudemos confirmar quantos amigos o Jorge tinha feito em vida.Amigos e fregueses,que encheram nossa casa. Carros fecharam a rua,de tantos que foram nos visitar .
Gente que nem sabia onde morávamos, apareceram lá em casa !
Calado,suportei tudo aquilo até o enterro,à tardinha do dia seguinte. Aí sim, é triste ver a partida do corpo,sendo enterrado,com pessoas fazendo elogios,cânticos,rezas,choros,desabafos..(Teve até discurso de amigo bêbado,querendo pular na cova,como o "ZÉ", marido da Eva,que era irmã da Carmem,minha amiga).
Ele dizia: "Eu quero ir também Jorginho !" (Assim ele chamava meu irmão).
Eu já tinha aguentado toda aquela movimentação,durante três dias seguidos sem dormir .Correria a hospitais,cartórios,Instituto d Medicina Legal, etc. Até na hora do velório,pois fui eu quem providenciou tudo. Mas após chegar em casa, dia 27 , "caiu a ficha" e aí chorei mesmo,e cansado demais, dormi após os quatros dias de sofrimento, desde o fatídico acidente do dia 24 de abril,quando começou nossa "via sacra".
Tive muita dó de minha mãe, já  que ela  tinha "perdido" o meu pai oito anos antes e depois ver o seu filho querido ir embora,ainda jovem,sem ter tido uma vida fácil.
Jorge trabalhou muito...( logo ele ,que dizia "A gente só descansa quando morre !).
E hoje, passados tantos anos,relembro com saudade de Jorge,que,após a morte de meu pai,foi o irmão que mais conviveu comigo,na nossa casa,onde discutimos desde religião,futebol e política.E me ensinou muitas coisas sobre a vida,trabalho,paciência e sabedoria...
E aprendi a vender algumas coisas, também,pelo menos um pouquinho.
Jorge se foi,mas não o esquecemos.
Ele está agora,em um bom lugar, certamente.
-Que a terra seja sempre leve sobre seu corpo.
Que Deus tenha o seu espírito em um bom lugar !
........................

Reedição : A.L.G. 24 de abril de 2018



quinta-feira, 19 de abril de 2018

SAMBA DO LULA : "Não é nada meu" (Boca Nervosa)-Ouça e tire suas conclusões.

A LEGÍTIMA CONDENAÇÃO DO EX PRESIDENTE LULA !

Recentemente, tivemos a condenação do Ex-Presidente Luís Inácio Lula da Silva (LULA) em segunda instância, pelo TFR-4 (Tribunal Federal de Recursos) de Porto Alegre. Neste Tribunal de 2ª Instância eles não só mantiveram a condenação do Lula, que já tinha sido imposta pelo Dr. Sérgio Moro, da 13ª Vara Criminal de Curitiba, Paraná, (que foi de 9 anos e seis meses em regime inicialmente fechado) como também aumentaram a pena para 12 anos e um mês.
Todos os brasileiros que têm mais de 40 anos, pelo menos, conhecem e sabem bem quem é o Lula, e pode até ter votado nele, em 2002 ou 2006, já que ele foi eleito e reeleito. Ficou 08 (oito) anos no poder, de 2003 até final de 2010. E ainda teve reconhecimento suficiente da população para fazer a sua sucessora a Dilma Rousseff, em 2010.
Para quem não sabe ou para quem se esqueceu, o primeiro Governo do Lula,(que foi de janeiro de 2003 até  o final do ano de 2006),foi razoável,com melhoras na Economia e alguns projetos grandiosos como o Pre-Sal e os programas sociais, como o Bolsa Família e construção de algumas unidades da Escola Técnica Federal e a transformação destas em IFG, ou seja em Instituto Federal de Educação, com cursos superiores, em vários Estados da Federação.
Contudo, com o Escândalo do "Mensalão" (2005) começaram a aparecer os "podres" do Governo do Lula, com envolvimento de seus Ministros, entre eles o Palocci, e os tesoureiros do PT, entre eles o Delúbio Soares, (que é de Goiás). 
E também haviam os empresários desonestos e corruptores ,como o Marcos Valério, que levaram à falência o Banco Rural. Decretou-se então várias prisões preventivas de muitas pessoas importantes do Governo ou não, mas que, na verdade, só foram julgadas cinco ou seis anos depois, pelo STF, que na época era chefiado pelo  Ministro Joaquim Barbosa(o primeiro ministro do STF de cor negra), que fora indicado pelo próprio Lula, e que segundo dizem "blindou" o Presidente dessa investigação.
O Lula saiu ileso, apesar que Ministros bem próximos a ele foram condenados, como o José Dirceu, que era seu "braço direito". Tudo ia sendo colocado por debaixo do pano até que envolveram o  Deputado Roberto Jefferson do PTB que tinha recebido 4 milhões de propina do empresário Marcos Valério . Então ele "dedurou" todo mundo.
O Roberto Jefferson denunciou todos os outros, na CPI que foi feita no Congresso, mas o Lula, ficou de fora.
O tempo foi passando e foram surgindo várias denúncias de todos os cantos contra fatos do 2º Governo Lula, que foi de janeiro de 2007 a dezembro de 2010.  Mas, ele foi se aguentando, apesar que, Palocci e José Dirceu e também o José Genoíno, foram denunciados por terem recebido propina. Estes eram todos do PT. E alguns destes foram presos, e perderam seus cargos no Governo.
Mesmo assim, o Lula se aguentou até o fim, quando já se denunciava as Construtoras que pagavam propinas a membros do Governo. E com força ainda e um Governo razoável, com a economia ainda em franca expansão, apesar da crise governamental, o Lula se manteve e ainda teve força política para eleger a sua indicada, do PT, a Dilma Rousseff, que tinha sido sua Ministra da Energia. E esta foi eleita, sendo a primeira mulher a ser Presidente do Brasil. (Mas, ela insistia ser chamada de "Presidenta"). Ela começou seu primeiro Governo em 2011.
Porém, aconteceu um fato que iria mudar tudo então. Uma investigação sobre um doleiro que tinha um escritório num posto de gasolina e anexo,um lava-jato) e que estava trocando Reais em Dólares para vários políticos corruptos e diretores da Petrobrás, e enviando tais dinheiros a paraísos fiscais. Foi aí que começou a tal Operação Lava-Jato, que por causa da residência de alguns investigados foi ter seu foro na Cidade de Curitiba, na 13 ª Vara Federal, essa sob o comando do bom Juiz, Dr. Sérgio Moro.
Mas, tem quem diga que tudo começou com a denúncia da Venina, aquela funcionária da Petrobrás, que dedurou todo mundo. Já outros dizem que foi nos Correios, anos antes, por causa da corrupção do Diretor Geral, em Brasília.
Mas, na verdade, a "coisa" toda explodiu com as prisões,(de novo), do Palocci, do João Vaccari ( outro tesoureiro do PT) e dos Diretores de alto escalão da Petrobrás, dentre eles Paulo Roberto Costa.Porém, foi mesmo neste primeiro Governo da Dilma (entre 2011 e 2014) que começou toda a investigação pela Policia Federal e Ministério Público Federal, envolvendo a construtora OAS, a Odebrecht e outras. E começaram a denunciar todos os políticos, Deputados e Senadores,que receberam propinas e dinheiro para o Caixa 2, para a campanha eleitoral do final do ano de 2014, aparecendo ai vários políticos famosos, Ministros do governo da Dilma e que chegou até o Lula.  Este foi acusado de receber um apartamento (Triplex) num prédio "chic" no Guarujá (SP) e um sítio em Atibaia (SP). E a partir daí foi se evidenciando outros envolvimentos dele em fraudes, desvios e lavagem de dinheiro, corrupção passiva etc. E mesmo com o Lula sempre negando tudo, a partir de 2016 os processos contra ele foram chegando em Curitiba, para as mãos do Sérgio Moro.
Até no caso do Triplex, que começou pela Justiça de São Paulo,no qual se denunciou que ele tinha recebido esse apartamento da OAS, Empresa envolvida no escândalo da Petrobrás,este também, acabou com o processo indo parar em Curitiba. 
E em 2016 também teve todo o burburinho da Dilma querendo pôr o Lula como Ministro para ele ter foro privilegiado e escapar das mãos do Sérgio Moro. Mas, tudo vazou e todas as evidências vieram à tona. E ficou provado também que o Lula, mesmo fora do governo da Dilma, nos anos de 2011 a 2016 fazias as tais "palestras" para empresários, que nada mais era de que uma forma de receber propinas e agir nos meandros do Governo da Dilma, para que estes empresários fossem contemplados com obras milionárias, como ocorreu com as obras da Copa do Mundo(até 2014) e das Olimpíadas (até 2016).
Dizem alguns jornalistas de revistas famosas que o Lula tem bilhões  de reais guardados em paraísos fiscais. Que desviou milhões para seus filhos e netos. 
Lula virou réu na Lava-Jato e outros processos contra ele foram surgindo. Tem o do Triplex, pelo qual ele foi condenado e está preso. E tem ainda dois com o Juiz Sérgio Moro, três ou quatro em Brasília e acho que um ainda em São Paulo. Portanto, numa visão maior, se poderia dizer que o Lula está preso não só pelo caso do Triplex, mas pelo "Conjunto da Obra" como disse um dos Desembargadores do TFR -4 ,quando da Decisão em 2ª Instância.
Na verdade, o Lula "cresceu olho" como se diz por aí. Sua mente ficou confusa. A cachaça que ele bebe demais afetou-lhe o cérebro. Ao ponto de roubar até um faqueiro de ouro que fora doado pela Rainha Inglaterra ao Presidente Costa e Silva, ainda em 1969. Roubou também um crucifixo que lá existia e que era patrimônio do Palácio do Planalto.
Para os Procuradores do MPF,(Ministério Público Federal),entre estes o  Dartan Dalagnoll, e outros que fizeram até um PowerPoint(mapa detalhado), o Lula era o “Chefe" de toda essa máfia de políticos ,empresários e diretores da Petrobrás que roubaram seis bilhões de reais da empresa estatal. Eu disse seis bilhões e não milhões !
E agora ele está preso, desde o dia 07 de abril de 2018, numa sala da Policia Federal em Curitiba. 
Lá, toda a sua situação de presidiário, está sob a competência do Juiz Sérgio Moro. Ou seja, está preso por um dos processos, (o do Triplex), com condenação de 12 anos e um mês, mas ainda pode ser condenado nos outros processos, sendo que, destes, o que está mais adiantado é o que envolve o tal do Sítio de Atibaia, que também está sob os auspícios do Juiz Moro.
Na minha opinião o Lula está pagando pelos crimes e pelos pecados de toda sua vida. Pois ele não apenas mentiu muito, desviou dinheiro, aceitou propinas ou foi corrompido pelos Empresários desonestos, mas também roubou objetos do Palácio do Planalto, desafiou e tentou humilhar os membros da Justiça e do Ministério Público; e que, além de se dizer honesto, chegou a se comparar a Jesus Cristo, o que é uma blasfêmia.
Ou seja, ele está pagando pelos crimes e pelos pecados na minha ótica de Cristão.
E confesso que, vejo no Lula uma inteligência nata e uma esperteza fora do comum para manipular seus seguidores políticos, sindicatos e puxa-sacos vermelhos do MST, CUT e PT. Mas, toda essa sua inteligência, infelizmente foi utilizada para o mal. E por isso deve pagar.
Espero que, agora que ele tem 72 anos de idade, preso e sozinho numa cela, lendo livros e com tempo para pensar, possa  aprender mais alguma coisa e arrepender dos seus  crimes e pecados ,pois, não podendo ficar livre o seu corpo das grades da cadeia, que pelo menos salve sua alma,já que para onde ele vai, (e nós todos), não precisamos de nada ,nem de bens, nem do corpo velho sofrido. 
Precisamos apenas de uma alma limpa.
E que Deus perdoe a alma dele.
................................................................

Texto original de ANTÔNIO LUIZ GOMES
Escritor e advogado
Autor do livro "OS INOCENTES DE MÃOS SUJAS" ,publicado pela Editora Clube de Autores  www.clubedeautores.com.br