sábado, 27 de maio de 2017

"Alguém Atrás da Porta"- Com :Charles Bronson , Anthony Perkins e Jill Ireland. Legendado em Português(BR)

"GOIÂNIA ESPORTE CLUBE"

Em meados dos anos de 70 em diante saí de meu Estado natal e passei a morar em Goiânia,GO. E anos depois,após terminada a Copa do Mundo de Futebol de  1974 , eu comecei a ir sozinho a assistir jogos de futebol no Estádio Olímpico, da Avenida Paranaíba. 
Eu era bem jovem, e nem tinha terminado o 2º grau ainda,e estava naquela "fase das responsabilidades",tirar documentos,etc. Não havia o Estádio Serra Dourada ainda,pois este foi inaugurado em 09 de março de 1975.
Não sei porque, mas simpatizei com o time de futebol daqui, chamado "Goiânia Esporte Clube",popularmente chamado de "Galo Carijó". O uniforme principal  do "time" era preto e branco...E ainda é ! 
Fui muitas vezes ao Estádio Olímpico, talvez, influenciado pelo Zé Luiz,meu irmão mais velho,que torcia pelo Botafogo do Rio de Janeiro,que também tem as cores em preto e branco,me influenciaram a torcer pelo Goiania Esporte Clube. Mas, também por meus gostos anteriores,pois era fã do Santos Futebol Clube, da Cidade de Santos, São Paulo, cujos jogos eu ouvia só no rádio, e depois pude ver na TV. Também as cores do Santos Futebol Clube são preta e branca.
Sempre ouvi e vi jogos de futebol. No rádio e até no cinema,que passava no "Canal 100". 
Somente a partir 1973 pude ver na TV, já que foi neste ano que tivemos nosso primeiro aparelho de televisão em casa. Aparelho que eu mesmo comprei em sociedade com minha irmã  "Milia".
Em 1974,o Goiânia Esporte Clube foi o  Campeão Goiano de Futebol. Era a grande fase do time que tinha o artilheiro BILL, como principal jogador e que se tornou uma "figura" quase folclórica no rádio goiano,por suas "tiradas" engraçadas.
O certo é que,de 1974 até 1980,eu ia sempre ao Estádio Olímpico da Avenida Paranaíba, ver jogos do Goiânia Esporte Clube. Fui também no Estádio Serra Dourada,após este existir. Mesmo morando longe e tendo de "pegar" três ônibus, na época,fui ver o Goiânia Esporte Clube  jogar várias vezes. 
Depois,mudei totalmente minha vida.  
Passei a estudar na faculdade e deixei de ir nos jogos do Goiânia. Então eu só ia jogos da Seleção Brasileira e alguns,quando eram do Campeonato Brasileiro de Futebol,convidado por amigos .
No ano de 1976 também,montei,com uns amigos, um time de futebol para nós,no setor onde eu morava. Mas, por influência deles,nosso time se chamava Colorado Atlético Clube e tinha uniforme vermelho,listrado de branco .(Tinha muitos vilanovenses no bairro onde eu morava e não pude convencer eles a ter uma camisa preto e branco).
Nosso time durou até 1986, quando alguns de meus amigos se mudaram,casaram e/ ou pararam de jogar no nosso "time". Teve dois amigos meus desse nosso time que morreram. E o ânimo pelo nosso futebol de várzea ,esfriou. 
Nos anos de 1980 em diante o time de futebol do Goiânia Esporte Clube caiu em decadência,não ganhou mais campeonatos e ficou com poucos torcedores. Mas não acabou. Chegou a participar dos Campeonatos Brasileiros,ficando sempre em segundo plano. 
-Se destacou mais nas categorias de base. Sempre participou,e participa até hoje,da Copa São Paulo de Futebol  Júnior (ou Sub 20).
E nesse meio tempo apareceram mais na mídia o Goiás Esporte Clube,o Vila Nova, e o Atlético Clube Goianiense.
Agora,em 2017,vejo o Goiânia Esporte Clube às vésperas de disputar o campeonato Goiano da "Divisão de Acesso" de novo, tentando RENASCER das cinzas. Tudo com muita dificuldade para renová-lo,tirá-lo do ostracismo em que se encontra.  Ouço no rádio e fico sabendo das dificuldades do Goiânia Esporte Clube. E da abnegação de seus diretores,entre eles do novo Diretor de Futebol , o Sr. Raimundo Queiroz, que já foi até Diretor de Futebol do Goiás Esporte Clube, e até Presidente, uns dez anos atrás. 
-Torço para que isso aconteça. 
Só fico triste em saber que o Goiânia Esporte Clube ,por não ter seu próprio Estádio,fica na dependência de jogar no Serra Dourada ou em campos de outros times. E agora em 2017 terá oportunidade de Jogar no Estádio Olímpico, da Avenida Paranaíba,que foi totalmente refeito.
Ora,um "time" da cidade de Goiânia,GO, deveria ter apoio, inclusive da Prefeitura da cidade,pois representa a Capital. Mas não tem. Vive da ajuda e colaboração de alguns abnegados,da família do Sr. Ibrahim Arantes,dos herdeiros do Sr. Vicente Arycan e do trabalho e ajuda de outros diretores e simpatizantes. 
Fiquei sabendo, na semana passada, que neste ano específico de 2017,por ocasião do Campeonato Goiano da 2ª Divisão,chamada de divisão de acesso, o Técnico do Goiânia Esporte Clube será o Rogério Mancini,que é casado com minha sobrinha, Lilian Ivanovas Mancini. Isso será mais um incentivo para que  eu continue torcendo para o Goiânia Esporte Clube,chamado de "Galo Carijó" pelos torcedores e simpatizantes. 
Espero que muitos torcedores venham a apoiar o Goiânia Esporte Clube nesta nova empreitada.E vá ao campo de futebol ver o "Galo" jogar !
Espero que tenham muitos jogos do Goiânia no Estádio Olímpico,que antes se chamava Estádio Olímpico Pedro Ludovico( homenagem ao fundador de Goiânia),mas que agora deram um outro nome para homenagear um Arquiteto. 
Porém,para mim,ele será sempre o Estádio Olímpico Pedro Ludovico da Avenida Paranaíba.
-Coisas do Futebol ! 
E dessa vez pretendo ir no Estádio quando o Goiânia jogar.
Eu sempre gostei de Futebol, de ir nos Estádios. Hoje vejo mais pela TV .
Acompanho até o futebol da Europa,pela TV,claro !. 
E por uma dessas coincidências da vida,acabei mais "ligado" ao futebol ainda,pois ,trabalhei na ACEEG (Associação dos Cronistas Esportivos de Goiás) ,por 08 anos consecutivos,com o Ex- Presidente da entidade, o Sr. João Pedro de Souza,que me convidou em 2003 para ser lá o Assessor Jurídico. Fiquei lá até junho de 2011.Fui eu que fiz e assinou,como advogado que sou, a reforma do novo Estatuto Social da ACEEG,em 2003-2004.
Agora, acompanho pelo rádio, as dificuldades do Goiânia Esporte Clube, que participará este ano,mais uma vez, do Campeonato Goiano da 2ª Divisão (de Acesso),estou confiante de que o "Galo Carijó" poderá "Renascer" das cinzas. 
É o que desejo. Ou seja, estou torcendo para isso !
O Goiânia,fundado em 1938 tem e sempre teve grandes torcedores. E muitos ilustres políticos, empresários,desembargadores e até gente de Cartório, de TV e pessoas abnegadas já foram dirigentes do Goiânia e que investiram no time. Desejo que de agora em diante o Galo possa aparecer mais na Mídia e ganhe novos adeptos,torcedores como eu,que nunca mudaram de time. 
Desejo boa sorte ao Goiânia Esporte Clube nesta nova empreitada em busca do acesso à Série "A" do Campeonato Goiano de Futebol. 
Todos os torcedores e simpatizantes  do Galo deveriam ajudar...Pois se o "Galo" subir para a Série "A" do Goianão e vier a participar de campeonatos brasileiros,(mesmo que seja a série "D" inicialmente), poderá se manter de pé.
Quem ganha é cidade de Goiânia,já que é o time de futebol que a representa. E deveria ter mais ajuda do Poder Público Municipal. Mas,infelizmente,não tem de jeito nenhum.
A aviso aos que teimam em torcer pelo Goiânia como eu: Torcer para o Goiânia Esporte Clube é mais difícil do que torcer para o Vila Nova de Goiânia, onde também tudo é muito difícil.
-O Sofrimento é ainda maior.
Mas mesmo assim ,vamos prestigiar o Goiânia,em seu primeiro jogo no Campeonato Goiâno da 2ª Divisão (Divisão de Acesso), nesta sua nova fase, neste domingo,dia 28 de maio de 2017,no Estádio Olímpico da Avenida Paranaíba, às 10 horas da manhã.
-Vamos para frente Galo Carijó !

................................................

(Mais informações no site do Goiânia Esporte Clube : www.goianiaesporteclube.com )  
Texto original e reedição de Antonio L.Gomes                                   
Goiânia,Go, 27 de maio de 2017.

quarta-feira, 24 de maio de 2017

BRASIL POLÍTICO : ANTES E DEPOIS DA "OPERAÇÃO LAVA-JATO" !

Como sabemos, de dois em dois anos temos que votar nas eleições que acontecem em todo o Brasil. Em períodos alternados, neste espaço de tempo, votamos em Vereadores e Prefeitos, e depois em Deputados Federais, Senadores e até para Presidente da República.
E somos obrigados a votar, pois no Brasil o voto é obrigatório. E é por isso que temos de votar, senão muitos de nós não iria fazer essa bobagem. E é com nossos votos que, às vezes, elegemos alguns políticos desonestos e corruptos. Alguns são ladrões mesmo! Infelizmente essa é a verdade. E, como não adivinhamos e por isso somos enganados por eles, depois que tomam posse em seus cargos.
Esses ladrões de colarinho branco e de paletó e gravata (alguns nem usam estas vestimentas antes das eleições), mais conhecidos como "políticos", têm-nos decepcionado mais e mais a cada ano. A Justiça Eleitoral e a Justiça Federal têm trabalhado muito, para processar e julgar muitos destes políticos que nós, os "eleitores otários", ajudamos a eleger! E o fazemos, muitas vezes, porque acreditamos nas promessas deles. E porque queremos ver melhorar nossas Cidades, nossos Estados e o nosso País.
Atualmente, em todo o Brasil, do Oiapoque ao Chuí, temos milhares de políticos praticando fraudes e se locupletando, com desvio e “lavagem" de dinheiro. 
São Prefeitos, Vereadores, Deputados, Presidentes de Câmaras de Deputados, de Vereadores e Assembleias Legislativas Estaduais, e até Presidentes da República, que nos últimos anos têm sido denunciados por essa prática desonesta, que vem solapando o dinheiro dos cofres públicos, em detrimento da aplicação correta destas verbas na Saúde, na Segurança e em obras públicas relevantes para a população brasileira, como creches, postos de saúde e escolas.
Nos últimos 15 anos, políticos do PT, PMDB, PP e de outros partidos, se uniram aos Empresários para desviar dinheiro, aceitar e pagar propinas, fraudar documentos e formar quadrilhas, juntamente com lobistas e intermediários desonestos, que em escândalos como "Mensalão" e "Petrolão”, movimentaram bilhões, enganando o povo e fraudando empresas estatais e órgãos dos Governos Federal e Estaduais.
Daria uma lista imensa se eu fosse nominar todos os políticos e empresários desonestos que hoje estão sendo processados na Justiça Brasileira. Desde compra de votos, caixa 2, passando por desvio do dinheiro da merenda dos estudantes, até chegar no desvio de bilhões de reais da maior empresa brasileira (Petrobrás).
Nestas últimas "operações" da Polícia Federal, iniciadas com a operação chamada de "Lava-Jato”, se mostrou quantos políticos brasileiros estavam envolvidos nesta imensa roubalheira que assola o País. Foram presos vários deles. Todos os dias acontece uma nova prisão de políticos ou empresários desonestos.
Entre estes, de ex-Ministros, Deputados, Senadores e Tesoureiros de partidos políticos, que, de uma forma ou de outra, colaboraram para estes escândalos bilionários, que se iniciaram a partir do "Mensalão”, no primeiro Governo do famigerado larápio-político conhecido como LULA .Este é o chefe da Máfia do PT que ajudou a acabar com nossas finanças.
Aliás, para mim este Lula é o nosso maior ladrão. O mais conhecido mundialmente. Junto dele, Al Capone (mafioso de origem italiana que vivia nos E.U.A.) e o Ronald Biggs (do Trem Pagador Inglês), são pintinhos...
E o que nos entristece é que ainda tem muita gente defendendo esse senhor ladrão dos nossos bilhões. Esse infeliz que, usando do maior cargo público do País, o de Presidente da República, acabou com nossas finanças, a ponto de corromper muitos outros políticos e empresários; e de contaminar até a sua sucessora, a "idiota" DILMA, que foi a "inocente" útil para os objetivos escusos da quadrilha dele.
Já quando estávamos prestes a terminar o ano de 2016, vários Estados brasileiros estavam sofrendo com a ação nefasta desses políticos desonestos. Agora estamos à beira da falência. A fraude destes políticos, em conluio com certas empreiteiras, acabou com nossas reservas financeiras. Uma das provas disto é que, após o Governo Temer ter aprovado a repatriação desse dinheiro desviado e enviado para o exterior por estes larápios ricos, já arrecadou mais de 40 bilhões de reais, só com impostos e multas. Mas, ainda há muitos políticos e empresários desonestos com muito dinheiro aplicado em paraísos fiscais e bancos internacionais. Dinheiros "sujo" que não conseguiram "lavar" no Brasil.
Porém, com o surgimento da famosa "Operação LAVA-JATO" muito bem conduzida pelo Juiz Federal Dr. Sérgio Moro, de Curitiba, Estado do Paraná, as coisas começaram a mudar no Brasil. Com as investigações da Polícia Federal, e a grande atuação do Ministério Público Federal, e com apoio do Relator desta Operação no STF, o Ministro Fachin, as coisas começam a mudar...
Ressalte-se que os reflexo destas fraudes está aparecendo toda hora. Os últimos episódios graves de todas estas fraudes foram as prisões de ex-governadores do Rio de Janeiro, o  ("Garotinho" e Sérgio Cabral), e do Ex-Presidente da Câmara dos Deputados (Eduardo Cunha), e também do Ex-bilionário, Eike Batista, que era o "homem mais rico do Brasil" e hoje está preso no Rio de Janeiro. Além disso, apareceram os casos das falências declaradas de Estados como o Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, que não estão dando conta nem de pagar seus funcionários.
Todas estas notícias verdadeiras de corrupções, desvios de dinheiro, propinas, “caixa 2”, compra de votos e safadeza política, tem-nos decepcionado mais e mais a cada dia, nos levando a compreender que somos nós que elegemos esta raça de gente, que depois de eleitos, e já nos cargos públicos, roubaram e continuam roubando o dinheiro do Brasil. E causaram este sucateamento que estamos vendo em todos os lugares do País: funcionários públicos sem receber, órgãos públicos que não funcionam, greves e todas estas situações de revolta e anarquia que estamos vivenciando neste começo de 2017.
Esperamos que, com a atuação da Operação Lava-Jato, ocorram grandes mudanças no Brasil, com uma "limpeza" neste mundo da política suja que estamos vivenciando, surgindo a médio prazo uma Nação menos corrupta. Inclusive com a prisão do chefe de todos eles, o Ex-presidente Lula.  Este mesmo bandido que se diz inocente e que vive falando aos quatro ventos que será candidato a Presidente da República, de novo, no ano que vem. Contudo, se for condenado em segunda instância, em qualquer um dos processos nos quais foi indiciado, não poderá ser candidato, por causa da Lei da Ficha Limpa, que foi uma conquista de todos os brasileiros.
Precisamos apagar esta nossa péssima "fama" internacional de que o Brasil é "O País dos Ladrões".
E a grande “Operação Lava-Jato” está contribuindo para que isto aconteça...
------------------------------------------------------------------------------
Reedição: 24 de Maio de 2017
Texto Original de Antônio Luiz Gomes -Escritor Associado ao Clube de Autores www.clubedeautores.com.br

Filme Novo ; "Nossos Amantes"- Ano : 2017 - (Produção Franco-Espanhola)-Filme Completo Dublado em Português (BR) - HD

segunda-feira, 22 de maio de 2017

DUDU,DILAU E CIA ! (Lembranças e Homenagens).

Hoje dia 22 de maio de 2017, eu soube por uma amiga e prima (Ana Cristina), que faleceu em Taguatinga,D.F, a Sra. Maria José Brito de Souza,exatamente a mãe dessa minha parente,que conheço desde criança.
E com esta notícia triste me veio à lembrança uma das melhores épocas de minha vida,nos finais dos anos 60 e início dos anos 70,quando eu estava ainda na idade entre a infância e adolescência. 
Foi uma época em que toda a nossa família original(meu pai,minha mãe e meus 5 irmãos),morávamos na Praça Carlos de Freitas,na Cidade Jardim,em Goiânia,GO.
Neste local que moramos a partir de 1965,meu pai construira duas casas nos fundos de dois lotes grandes, que eram ligados um ao outro,sem muros. E o espaço era bem grande mesmo, que dava até para a gente brincar muito. Jogávamos até umas peladinhas de futebol no terreiro,de tão grande que era.
Essa era a época que meu pai trabalhava na feira,vendendo roupas feitas,de produção dele mesmo,numa confecção simples,caseira,na qual era ajudado pelos meus irmãos mais velhos, a Nita e o Jorge, a Milia, e eu também. Isto inicialmente,pois em 1966 a Nita se casou e foi morar em Guarulhos,São Paulo. 
Nestas feiras,meu pai sempre me levava,para eu ajudá-lo. E foi na feira de Vila Nova (bairro conhecido e famoso de Goiânia),que num belo domingo de sol que ele viu o Dilau. Este nome "Dilau" era o apelido do meu primo em 2º grau o Ladislau José Brito de Souza,exatamente o pai dessa minha prima Ana Cristina, e um dos filhos do "Seo Dudu". Na feira, o meu pai o reconheceu antes mesmo que o Dilau o visse. 
Dilau era o marido de D. Maria José. Ele faleceu antes dela.Salvo engano em 2012.
Ness dia da feira de Vila Nova,meu pai se chegou de mansinho por trás do Dilau e começou a cantar no ouvido dele um refrão que ambos conheciam desde criança. Este refrão cantado dizia assim:
- "Seo Dudu quebrou o cu,na ladeira de Caruaru". 
Acho que era por causa de uma queda que o pai do Dilau(Dudu) dera,em Caruaru,bem perto de onde todos nacemos.
Nem bem terminou este refrão,o Dilau se virou para ele e meio sorrindo e  ao mesmo tempo com lágrimas nos olhos gritou :
-"Nequinho,que estás fazendo aqui ? "
"Nequinho" era o apelido  pelo qual os amigos de infância conheciam meu pai,que se chamava Manoel.
O Dilau,que naquele tempo morava em Brasília,D.F era primo primeiro de meu pai e eles eram conhecidos desde infância,pois eram oriundos da mesma região de Pernambuco,onde nasceram.
Naquele domingo eles se reencontraram e eu vi tudo,pois eu ia sempre com o meu pai para a feira de Vila Nova. 
Eu estava para completar 13 anos de idade.
E meu pai que tinha uma camionete Ford-F 100, (aquelas antigas ainda feitas nos EUA),convidou-o para vir até nossa casa, mas o Dilau disse que estava de carro e com a família dele,que na época era ele,a Maria José e suas duas filhas,da época, a Ana Cristina e a Dayse .Acho que depois disso tiveram outro filho. Esta Maria José é a que eu citei na segunda linha dessa minha narrativa. 
E assim,orientados por meu pai,eles foram parar na nossa casa,onde almoçaram conosco.A meninas,filhas deles logo se "enturmaram" comigo,que era o mais novo da família naquela ocasião. E queriam brincar comigo toda hora.Para elas eu era uma criançona... Embora eu estivesse para completar 13 anos e elas tinha entre 6 e 4 anos de idade,respectivamente.
Dilau nos disse que quando saíra de Pernambuco,no começo dos anos 60 tinha ido para o Rio de Janeiro onde estudou e se tornara enfermeiro. Foi lá que ele conheceu a Maria José, que era professora,um pouco mais novo do que ele. E ele, com 30 e poucos anos de idade,tinha passado num concurso público federal e se tornara enfermeiro do STF. Por isso ganhava razoavelmente bem. Com a mudança de todos os òrgãos federais de comando,e da Justiça para Brasília,D.F, ele também se mudaram para lá.
A sua esposa,Maria José,mãe dessa minha prima que me avisou da morte dela,era uma carioca morena. Já o Dilau,que era descendente de Portugueses, tal qual meu pai,era branco,e de olhos azuis-esverdeados.
Durante uns 4 ou cinco anos seguidos, num domingo sim,noutro não,e eles iam parar lá em casa. Vinham de Brasília passear aqui em Goiânia e passavam o sábado e o domingo lá em casa. Traziam carne seca,doces, muitas frutas,melancias,etc. Outras vezes, em feriados,vinham também. Eu gostava muito destas visitas deles...
Me lembro bem que entre os anos de 1965 a 1968 eles fizeram estas visitas para nossa família. Depois, tendo em vista nossa mudança para Pernambuco,perdemos o contato com eles.
Dessas vindas deles em nossa casa, nessa época, me marcaram quatro coisas, das quais nunca me esqueci:
1- A Ana Cristina,loirinha dos olhos esverdeados, era muito apegada a mim. Ela era uma graça. E é bonitona até hoje,quando já passou dos 50 anos de idade.
2- Os carros importados que o Dilau possuía e nos quais vinha nos visitar, ou era um Austin,ou um Plymouth,ou um Oldsmobile. Ele dizia que comprava estes carros baratos,quandos os Embaixadores de outros países trocavam de carro e os vendia mais baratos.
3- A festa de aniversário que eles fizeram para mim,na minha casa,quando fiz 14 anos de idade.Me lembro bem da iniciativa de D. Maria José na feitura do bolo. Foi a única festa de aniversário que tive em minha vida. E eu quase não comemoro meu aniversário,pois nasci Dia de Finados. 
-E este não é um dia para festas mesmo.
4- A vez que ele levou eu e minha irmã Mília e as filhas dele a passear por Goiânia no seu carro conversível Oldsmobile.
Nos "separamos" nessa época, no ano de 1968. Passei 41 anos sem saber deles. Ou melhor sabia que moravam em Brasília,D.F,mas não em que lugar específico,endereço etc. Um outro parente de meu e primo deles também,nos dissera em 1984 que eles moravam em Taguatinga.D.F.  E foi só.
No ano de 2009,quando eu já tinha Internet e computador em casa,vi no site ou rede social ORKUT, a foto da Ana Cristina. E como eu gravara bem sua fisionomia quando ela era criança,logo soube que era ela. E mandei uma mensagem para ela,perguntando se ela era aquela garotinha que nos visitava em Goiânia. Ela lembrou de tudo. E nos falamos por telefone,também.Desse tempo em diante mantivemos contato. Hoje sei o endereço dela,e a adicionei ao rol de amigas no Facebook. Atualmente mantemos contato também por telefone, como Whatsapp. Em 2016 mandei dois de meus livros para ela e para a mãe dela,esta que faleceu hoje.
Já em 2010 e 2011 pude falar com ela e com o Pai dela por telefone Prometi visitiá-los,mas não fui.
E infelizmente soube hoje, através de um Grupo familiar no WhatsApp,do qual participo, e por intermédio da Ana Cristina, que a D. Maria José Brito de Souza, que essa senhora que era casada com meu primo Dilau, e mãe dessa minha amiga, falecera hoje,em Taguatinga D.F, onde morava com esta filha.
-Está no descanso eterno
-Que Deus tenha o seu espírito em um bom lugar,pois este permanece vivo.
E que todos filhos e netos de D. Maria José suportem essa perda de maneira sábia,pois todos nós vamos morrer um dia.
A.L.G.
..........................
Edição em 22 de maio de 2017.